A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

12/02/2015 18:03

Município de MS quer elevar produção de leite e se tornar referência

Vanda Escalante
Prefeito Ricardo Fávaro Neto espera elevar a produção para  200 mil litros de leite/dia. (Foto: Divulgação)Prefeito Ricardo Fávaro Neto espera elevar a produção para 200 mil litros de leite/dia. (Foto: Divulgação)

Com um plantel de 20 mil fêmeas em lactação e uma produção em torno dos 100 mil litros/dia, o município de Itaquiraí, a 410 Km de Campo Grande, está a caminho de se tornar um polo da produção leiteira no Estado. A previsão é do prefeito do município, Ricardo Fávaro Neto (PSDB), que espera, até o final do ano, elevar a produção para cerca de 150 mil a 200 mil litros de leite/dia.

Veja Mais
PMA fecha posto de combustível e multa proprietário em R$ 50 mil
Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa

Com esse objetivo, a prefeitura está implantando o segundo projeto de produção com manejo de pasto em pequenas áreas piqueteadas – o Itaquileite –, que deve ter início no dia 1 de março, beneficiando mais 300 pequenos produtores. Os recursos que vão para o projeto estão garantidos por um convênio assinado esta semana com a Delegação da União Europeia no Brasil, que vai repassar ao município um total de 400 mil euros (o equivalente hoje a R$ 1,284 milhão). “Estamos aguardando a primeira parcela”, diz o prefeito.

O projeto está sendo implantado nos mesmos moldes do Gere Leite, que há seis messes beneficia 300 pequenos produtores locais, com recursos repassados pela Petrobras, num total de R$ 1,65 milhão. O modelo prevê o manejo de pasto em sistema de rotação em áreas piqueteadas de aproximadamente dois hectares. O projeto inclui também investimento em melhoramento genético do gado, plantio de milho para silagem, e capacitação dos produtores.

“Estamos fixando o produtor familiar no campo, dando condição para ele ter uma renda melhor, com um produto de mais qualidade, inclusive com a instalação de resfriadores”, explica o prefeito, detalhando ainda que haverá um resfriador para cada grupo de 20 a 30 produtores. A ideia é também atrair empresas e gerar mais empregos com o processamento do leite.

Ainda de acordo com o prefeito Ricardo Fávaro, o sucesso dos projetos se deve também ao comprometimento dos produtores e ao apoio técnico garantido pelas parcerias com a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) e a Aplini (Associação dos Produtores de Leite de Itaquiraí).

Homem é esfaqueado e encontrado morto em frente de casa
Almir Caetano Lima, 39, foi encontrado morto com sinais de esfaqueamento na barriga, às 7h deste sábado (3) no bairro Cascatinha II em Sidrolândia, d...
Sobrinho mata tio com facada no coração e se entrega para polícia
Elpídio Corrêa Mendes, 39, foi morto esfaqueado pelo sobrinho, Tiago Corrêa Mendes, 20, na manhã deste sábado (3) em Naviraí, distante 366 km de Camp...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions