A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

09/04/2015 10:50

Obras de drenagem funcionam e cidade acaba com alagamentos

Conforme a prefeitura, mesmo com chuvas acima do normal nas últimas semanas, inundações ocorreram apenas em pontos isolados

Helio de Freitas, de Dourados
Obras de drenagem feitas em bairros como o João Paulo II reduziram alagamentos em Dourados (Foto: A. Frota/Divulgação)Obras de drenagem feitas em bairros como o João Paulo II reduziram alagamentos em Dourados (Foto: A. Frota/Divulgação)

As obras de drenagem feitas pela prefeitura com recursos federais e contrapartida do município deram resultado e os alagamentos acabaram na maioria dos bairros de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Mesmo com o volume de chuvas acima do normal nas últimas semanas, as inundações ocorreram apenas em pontos isolados da cidade.

Veja Mais
Sistema registra 32 milímetros de chuvas e alagamentos em bairros
Chuva e vento causam alagamentos, pane em semáforo e queda de árvores

Conforme dados da estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste, a média histórica de março é de 138,3 milímetros de chuva, mas no mês passado a precipitação pluviométrica foi de 178,2 milímetros na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Segundo a prefeitura, mesmo com a chuva acima do normal, a cidade teve casos de alagamento de residências apenas em lugares onde obras de asfalto e drenagem estão em andamento.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, algumas casas do Jardim Colibri que ficam abaixo do nível da rua foram alagadas pela enxurrada. O bairro recebe atualmente obras de drenagem e asfalto. Também foram alagadas algumas casas no João Paulo II, onde a drenagem está em andamento. Além disso, o bairro tem áreas baixas e várias minas e nascentes de córregos.

A prefeitura informou que no João Paulo II as obras em andamento são para refazer a drenagem que já existia, mas não era suficiente para conter a água da chuva. Os tubos estão sendo trocados e o serviço inclui a correção de nível em vários trechos da drenagem. Bairro vizinho ao João Paulo II, a Vila Guarani também recebe obra de asfalto.

Mais obras – Conforme a prefeitura, desde 2011, quando o prefeito Murilo Zauith (PSB) assumiu o município, R$ 43 milhões em recursos federais foram garantidos para drenagem de águas pluviais. O montante é o somatório de obras que já foram concluídas ou estão em andamento. São 24 bairros da cidade que já receberam as obras. Em outros 14 as obras em andamento.

A Secretaria Municipal de Planejamento informou que pelo menos 40% dos recursos garantidos para obras de pavimentação são destinados à drenagem, para garantir a durabilidade do asfalto. “Sem a drenagem, a velocidade da água fica intensa e isso pode danificar o asfalto com o tempo”, explica Jorge Hamilton Torraca, diretor do Departamento de Infraestrutura da prefeitura.

“Com os investimentos feitos nos últimos quatro anos, Dourados não tem mais problemas como grandes enchentes e inundações, diferente de algumas cidades do Estado que sofrem com estes problemas de forma constante. Essa estrutura também evita que o problema volte a acontecer no futuro”, afirma o engenheiro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions