A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

01/02/2015 13:07

Obras do hospital Auxiliadora depende de projeto e recursos, diz Azambuja

Priscilla Peres e Kleber Clajus

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou hoje, que vai tentar junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), a aprovação do projeto e liberação dos recursos para dar início às obras do Hospital Auxiliadora de Três Lagoas - distante 338 km de Campo Grande.

Veja Mais
Reinaldo diz que prioridade é reativar hospitais fechados de município
Governador suspende obras dos Hospitais de Dourados e Três Lagoas

Na primeira semana de mandato, Reinaldo suspendeu às obras do hospital alegando que o governo anterior não deixou dinheiro em caixa para a execução. "Ali foi uma obra que foi dado ordem de serviço, mas diferente do que foi dito não havia dinheiro em caixa, mas nós vamos ajudar o hospital auxiliadora".

Segundo ele, o projeto de R$ 36 milhões é financiamento do BNDES mas ainda não foi aprovado. "No dia 4 eu também irei ao BNDES para pedir a aprovação desse projeto e R$ 8 milhões de contrapartida de recursos do Estado". O governador afirma que o valor total da obra vai somar R$ 42,9 milhões.

"Assim que o BNDES autorizar vamos dar ordem de serviço, agora com recuso em caixa, e com o projeto aprovado. Esse hospital é importante, ele vai funcionar além de atendimento às pessoas é um hospital escola para os estudantes do curso de medicina da UFMS", disse ao ressaltar que a obra terá o apoio do governo do Estado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions