A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

16/11/2013 14:54

Polícia multa assentamento em R$ 24 mil por exploração ilegal de madeira

Filipe Prado
A madeira seria usada para fazer estacas para cercas (Foto: divulgação)A madeira seria usada para fazer estacas para cercas (Foto: divulgação)

A PMA (Polícia Militar Ambiental), durante fiscalização na zona rural de Nova Andradina, localizou três assentamentos que faziam exploração de madeira ilegalmente. As árvores eram usadas para fazer estacas e palanques para cercas.

Veja Mais
Em 24 horas, bombeiros são chamados para retirar três cobras de casas
Mulher fica em estado grave ao ser esfaqueada na barriga pelo irmão

A polícia trabalhava na operação República no assentamento Tejin. Eles identificaram no lote 301, 49 árvores derrubadas, sendo que 27 ainda estavam inteiras e as outras já haviam sido transformadas em estacas. O proprietário do lote foi multado em R$ 14.700.

Na vistoria a PMA também encontrou 19 estacas e dois palanques, no lote 356. Já no lote 445 foram encontradas árvores das espécies cumbaru e balsemim. Os donos foram autuados administrativamente e multados no valor de R$ 6.300 e R$ 3.000, respectivamente.

Todas as atividades foram paralisadas, e também multas administrativas foram dadas aos acusados. Os proprietários dos lotes, além de serem autuados, responderão por crime ambiental, podendo pegar pena de seis meses a um ano de prisão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions