A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

06/12/2013 12:29

Polícia prende suspeitos de envolvimento em assalto a pelotão de Antônio João

Graziela Rezende

Empenhados na prisão do bando que aterrorizou Antônio João, a 279 quilômetros da Capital, na madrugada do dia 30 de novembro, policiais efetuaram prisões nesta sexta-feira (6). Informações extraoficias dão conta de que se trata de integrantes da quadrilha, no entanto a identificação dos suspeitos não foi divulgada.

Veja Mais
PM pede apoio da polícia paraguaia na caça aos assaltantes de Antônio João
DOF caça na linha de fronteira quadrilha que invadiu pelotão em Antônio João

Segundo o delegado Alberto Vieira Rossi, as diligências e prisões “estão em andamento”, no entanto nenhum detalhe será revelado por enquanto. “Vamos manter as informações em total sigilo para não atrapalhar nas investigações”, resume o delegado.

Além de policiais civis, militares e federais do município, participam homens do Bope (Batalhão de Operações Especiais), Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), além do Dof (Departamento de Operações da Fronteira) e a Polícia Militar da Capital, que atua em apoio.

Na ocasião, os bandidos estavam encapuzados e roubaram munições, armas e coletes a prova de balas de policiais, que ficaram reféns e foram agredidos. Antes, eles ainda tentaram explodir e furtar dinheiro de caixas eletrônicos de uma agência bancária.

Denúncia – Com o crime, muitos policiais ressaltaram a fragilidade nas delegacias não só de Antônio João como de outras localizadas na fronteira. Além das instalações precárias, os policiais contam que revezam em apenas dois servidores os plantões de 48h.

PM pede apoio da polícia paraguaia na caça aos assaltantes de Antônio João
A ajuda da Polícia Nacional Paraguaia na busca pelos assaltantes que invadiram o pelotão da PM de Antônio João no sábado (30) foi solicitada pelo com...
Vendedor é esfaqueado nas costas durante briga por espaço
Uma rixa antiga, de pelo menos três meses, acabou com o vendedor de espetinho, Ramão Antônio Gomes, 42, gravemente ferido ao ser esfaqueado duas veze...



isso demonstra o abandono das delegacias na região de fronteira, onde falta tudo e tem um investigar por plantão em Antonio João para atender a população, precisamo de efetivos principalmente, a população já esta cansada de tantas promessas , promessas não garante segurança, oque garante segurança é o investimento dos milhões que são liberados para investir e nunca chegam aqui na fronteira, ate quando nós vamos ficar refém dos bandidos, precisamos com urgência de uma resposta.
 
Sara Carvalho em 07/12/2013 11:30:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions