A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

04/12/2012 15:01

Prefeituras estudam ação contra queda nos repasses

Carlos Martins
Prefeita Sandra Cassone, de Itaquiraí: R$ 5 milhões a menos de repasse. (Foto: Rodrigo Pazinato)Prefeita Sandra Cassone, de Itaquiraí: R$ 5 milhões a menos de repasse. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A prefeita de Itaquiraí, Sandra Cassone (PT), disse hoje em Campo Grande, que o município tem um déficit nas contas de R$ 5 milhões em decorrência da queda de repasses constitucionais, principalmente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) “Com cinco milhões a menos é impossível fechar a conta”, disse a prefeita, se referindo, principalmente, ao pagamento do 13 salário, que corre sério risco.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

A diminuição da receita chega a quase 15% em relação ao orçamento que é de R$ 35 milhões. “O problema não é da Sandra, é nacional. Das 5.563 prefeituras, cerca de três mil estão vivendo esse drama”, salienta. Ela conta que nas reuniões com a Assomasul se discute a ideia de os municípios se unirem para entrar com uma ação contra o governo federal pela queda dos repasses. “A Lei de Responsabilidade Fiscal está aí. O salário de dezembro está garantido e estou trabalhando para honrar o décimo terceiro, mas está muito apertado”, admitiu a prefeita, que participa em Campo Grande do Expocidades.

A falta de dinheiro pode impedir que a prefeitura quite algumas dívidas com fornecedores. Para fazer frente a estas dificuldades, a prefeitura iniciou há 60 dias alguns cortes, principalmente nos cargos de confiança. Pelo menos 20 pessoas perderam os cargos nos segundo e terceiro escalões. Equipamentos que compõe 12 patrulhas mecanizadas já estão parados. “Foram lavados, engraxados e guardados, estamos diminuindo os serviços”, informou.

Em Camapuã, as despesas aumentaram e a receita não cresceu, segundo o prefeito Marcelo Duailibi (Foto: Rodrigo Pazinato)Em Camapuã, as despesas aumentaram e a receita não cresceu, segundo o prefeito Marcelo Duailibi (Foto: Rodrigo Pazinato)

Camapuã - Já no município de Camapuã, a situação também é de apertar o cinto, embora o 13º esteja garantido de acordo com o prefeito reeleito, Marcelo Duailibi (DEM). Com um orçamento estimado entre R$ 36 milhões e R$ 40 milhões para 2013, o prefeito viu a receita cair entre os meses de outubro e dezembro deste ano. “Em 2012 a receita se manteve estável, embora contássemos com uma previsão de arrecadar um pouco mais entre outubro e dezembro, o que acabou não se confirmando, mas o problema foi que as despesas aumentaram”, analisou.

Além da reposição salarial para o funcionalismo de 8%, o piso do magistério foi reajustado em 22%, além dos repasses de 22% para a saúde e de 31% para a ecuação36 milhões. “tudo isso impactou as contas”, afirmou.

A exemplo de Itaquiraí, o prefeito cortou despesas para se adequar a queda da receita. “Diminuímos as horas extras, readequamos contratos e pelo menos 30 pessoas foram afastadas”. Em relação a 2013, Marcelo Duailibi é cauteloso e avisa que continuará puxando o freio. Ele conta, pelo menos, com cerca de R$ 5 milhões para entrarem nos cofres do município provenientes de emendas e de recursos federais que já estão acertados e que serão aplicados no polo industrial, em um abatedouro e em obras de asfalto.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



Qualquer um sabe a receita: não pode gastar mais do que se ganha...
 
Adriano Roberto dos Santos em 04/12/2012 20:10:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions