A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

20/11/2011 15:49

Proprietário rural é multado em R$ 10 mil por destruir área de preservação

Ana Paula Carvalho
Valetas foram abertas sem licença ambiental (Foto: Divulgação)Valetas foram abertas sem licença ambiental (Foto: Divulgação)

Ontem, policiais militares ambientais de Dourados flagraram, durante fiscalização em propriedades rurais de Rio Brilhante, a construção de valetas para drenagem de uma várzea sem autorização ambiental.

A irregularidade estava dentro da Chácara Alvorada, às margens da BR-163. As valetas foram construídas dentro da Área de Preservação Permanente (APP) do córrego Arara, destruindo as matas ciliares.

O proprietário da chácara, de 35 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00 e as atividades foram paralisadas. O homem deverá apresentar plano de recuperação da área degradada. E também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente sem autorização ambiental. A pena para este crime é de 01 a 03 anos de detenção.




Deveria haver leis mais rígidas, nesses caso perdesse a parte desmatado para sempre, além da multa.
 
luiz alves pereira em 20/11/2011 03:59:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions