A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

21/10/2016 11:21

Reinaldo tenta convencer Délia a apoiar renovação de concessão da Sanesul

Governador recebeu prefeita eleita de Dourados nesta sexta-feira e disse que renovação vai garantir investimento da Sanesul na cidade

Leonardo Rocha e Helio de Freitas, de Dourados
Reinaldo recebeu visita de Délia Razuk, hoje cedo (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)Reinaldo recebeu visita de Délia Razuk, hoje cedo (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja pediu hoje (21) que a prefeita eleita e vereadora Délia Razuk (PR) apoie o projeto de renovação da concessão para a Sanesul continuar explorando o sistema de abastecimento de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Veja Mais
Concessão da Sanesul pode ser 1º embate entre Reinaldo e Délia Razuk
Sem maioria na Câmara, Délia diz que vai conversar com as pessoas

Em visita de cortesia da prefeita eleita a Reinaldo, na governadoria, ele disse a Délia Razuk que a renovação vai ser importante para garantir investimentos da estatal na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Anteontem, o Campo Grande News mostrou que aliados de Délia Razuk estão tentando convencer os atuais vereadores a adiarem para 2017 a segunda votação do projeto, que renova a concessão por 30 anos.

Em junho deste ano, após a Câmara aprovar o projeto em primeira votação, Délia e os também vereadores Elias Ishy (PT) e Virginia Magrini (PP) recorreram ao Ministério Público e conseguiram retirar a matéria da pauta.

A previsão é que o projeto fosse colocado em votação após a eleição, mas a pressão dos aliados da prefeita eleita pode adiar o assunto para o ano que vem.

Investimento ameaçado – “É importante que haja essa renovação, pois, senão, Dourados não terá os investimentos em saneamento que estão previstos nos próximos anos. Entre eles, está um empréstimo de R$ 100 milhões, que Dourados terá 85% disso, na área de saneamento”, afirmou o governador, após a reunião com a prefeita eleita.

Segundo o governador, com o investimento que será feito após o empréstimo, o município de Dourados terá 100% de água tratada, com planejamento para não ter problema com falta de água pelos próximos 30 anos.

Aliados de Délia contrários à votação do projeto afirmam que o governo quer usar a renovação em Dourados como garantia para obter o empréstimo e cobram contrapartida maior, como redução no valor do esgoto, que na cidade é de 60% do valor da conta de água.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions