A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

06/02/2015 09:06

Suspeito de atirar em família durante assalto é preso em obra de rodovia

Viviane Oliveira
Adeildo foi preso e encaminhado para uma das celas da delegacia da cidade. (Foto: Maikon Leal). Adeildo foi preso e encaminhado para uma das celas da delegacia da cidade. (Foto: Maikon Leal).

Suspeito de atirar em família durante assalto, inclusive em uma criança de 3 anos, Adeildo Pereira de Amorim, 37 anos, foi preso no final da tarde de ontem (5), entre Coxim e Rio Verde de Mato Grosso. O assaltante estava de bicicleta junto com um comparsa identificado apenas como Emanuel. Os dois estavam em um obra da CCR MSVia e foram abordados pelos militares que desconfiaram da atitude da dupla. 

Veja Mais
Trio invade casa e fere a tiros pai, mãe e criança de três anos em assalto
Bandidos invadem casa, rendem famílias e matam comerciante a tiros

De acordo com o site Coxim Agora, Emanoel fugiu quando percebeu a presença da policia no local. Adeildo também tentou fugir, mas foi capturado pelos policiais e detido. Com ele, foi encontrado o revólver calibre 38 utilizado no crime, três munições intactas e uma deflagrada. Além de quatro anéis, uma aliança, uma corrente e uma pulseira que pertenciam as vítimas.

Adeildo tentou negar que tivesse sido autor dos disparos, mas depois acabou confessando que não tinha intenção de atirar, mas o revólver acabou disparando em direção das vítimas. O bandido contou ainda que o crime não foi planejado, a casa do comerciante foi escolhida aleatoriamente e por ser fácil de entrar. O suspeito foi preso e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim. Os comparsas dele ainda não foram localizados.

Assalto - Durante assalto, em que Adeildo atirou nas vítimas, foram baleados o gerente de loja de motos Elias Vieira dos Anjos, 36 anos, a esposa, Barbara Silva Lucas, 33 anos, e o filho do casal, uma criança de 3 anos. A família estava no fundo da residência fazendo churrasco, quando foi surpreendida por três homens armados no Bairro Morada Altos de São Pedro, em Coxim. O crime aconteceu na última quarta-feira (4). 

Elias foi atingido na perna, a esposa na cocha e a criança no pé. A família foi socorrida e encaminhada ao pronto socorro do Hospital Regional Doutor Álvaro Fontoura Silva. Em menos de um mês esse é o segundo caso na cidade de vítimas que são baleadas durante assalto.

No dia 21 de janeiro, o comerciante Leandro Parreira de Souza, 30 anos, morreu no Hospital Regional de Coxim, após ser atingido por um tiro na cabeça, durante roubo em sua residência, na Rua Nova Canaã, no Jardim Vista Alegre




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions