A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

02/06/2014 19:11

Trem atropela carreta bitrem carregada com 37 toneladas de minério de ferro

Caroline Maldonado
O trecho é perigoso e quando há manobras de carregamentos pedestres tem que esperar 40 minutos para atravessar a via (Foto: Capital do Pantanal)O trecho é perigoso e quando há manobras de carregamentos pedestres tem que esperar 40 minutos para atravessar a via (Foto: Capital do Pantanal)

Um trem atropelou uma carreta bitrem carregada com 37 toneladas de minério de ferro, em Corumbá, nesse sábado (31), por volta das 18h30. O trem fazia o escoamento da produção das mineradoras, na região de Maria Coelho.

O condutor da carreta, José Tadeu dos Santos, 41 anos, contou ao jornal Capital do Pantanal que quando cruzou a linha férrea não viu sinalização e nem ouviu apito do trem. Questionada pelo jornal quanto a sinalização que é obrigatória, a concessionária ALL (América Latina Logística) informou que a sinalização é por conta da empresa Vale. Nessa manhã, um guincho foi contratado pela seguradora da empresa que presta serviço para a mineradora.

O motorista da carreta, que é morador de Tupã, município de São Paulo, não sofreu lesões no acidente e não recebeu nenhuma ajuda por parte da concessionária até a manhã desta segunda-feira (2). “Estou aqui desde quinta-feira e sem lugar para dormir, comer e sem tomar banho. Não há a menor infraestrutura para quem vem fazer o carregamento na Vale. Temos colegas que ficam aqui até sete dias e só conseguem ajuda do pessoal da Vetorial, que deixa que utilizemos seu banheiro”. José Tadeu está dormindo e comendo na carreta de um amigo próximo do cruzamento da linha férrea, onde o caminhão foi arrastado.

Conforme informações de moradores ao jornal, o trecho é perigoso e quando há manobras de carregamentos pedestres tem que esperar 40 minutos para atravessar a via. Em entrevista ao jornal, a proprietária de um balneário da região lembrou que a Vale prometeu construir um viaduto no local para facilitar o trânsito, mas nenhuma obra começou até então.

A reportagem do jornal Capital do Pantanal entrou em contato com a assessoria de imprensa da Vale em Belo Horizonte que informou que a responsabilidade é da ALL. A ALL se comprometeu em responder em nota esclarecendo sobre a falta de sinalização.

Jovem morre ao ser atingido por tronco de eucalipto enquanto cortava árvore
O trabalhador Sebastião Silva Oliveira, 21, morreu atingindo por uma tora de eucalipto enquanto cortava a árvore. O caso aconteceu na tarde de ontem ...
Corpo de homem não identificado é encontrado em casa à venda
Um homem ainda não identificado foi encontrado morto dentro de uma casa que está à venda na região central de Corumbá, distante 419 km de Campo Grand...
Homem que cumpria pena no semiaberto é executado a tiros; autor fugiu
Foi morto a tiros nesta segunda-feira (20) em Rio Negro - cidade localizada a 144 km de Campo Grande - Norimar Gastão Dutra Junior, de 28 anos. O cri...
Apresentações do projeto 'Um poeta na cidade' acontecem na quinta-feira
Caarapó - cidade localizada a 283 km de Campo Grande - recebe na próxima quinta-feira (23) o projeto "Um poeta na cidade", de Emanuel Marinho. O proj...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions