A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


11/03/2013 11:04

Quem paga aluguel, faz o que quer

Reinaldo Rosa

AINDA O ALUGUEL – Como parte do projeto político-eleitoral do vereador Coringa, em novo espaço na Difusora, sábado, podia-se ouvir frases nada recomendáveis pelo bem da educação de menores e maiores. Dentre outras coisas, avisos do tipo:  “você pode estar mandando suas indicação (sic) para o vereador através do nosso programa”. Salve Machado de Assis.

Veja Mais
Radialistas e suas relações perigosas
Profissionais de rádio se aventuram na internet

SELETIVO – Passando por cima do principal objetivo do rádio – de comunicar-se com a comunidade independentemente de credos políticos ou religiosos, tais programas deixam corados responsáveis profissionais do setor. Improvisada, na seleção musical não consta nada que seja fora do padrão gospel. A ‘cultura’ da equipe teria dificuldade em saber o significado da palavra laico.

RPM – Redatores de política -nas várias formas de jornalismo, podem cravar: vereador Bueno quer candidatar-se a deputado estadual (ou federal, ou a governador se for para o bem do partido). Aquele que parece ser locutor de rodeio, animador do horário do vereador, a cada três palavras por segundo, quatro são de abraço para alguém. Impossível quantificar.

OIAPOQUE AO CHUÍ – Abraços do vereador são mandados para todos os bairros da capital, passando por municípios do Estado. Em especial, os de maior densidade eleitoral. Claro.

ARREMATE - Da Difusora para o mundo. A pérola da manhã do último sábado, no mesmo ‘programa’ foi pronunciada pelo tal animador. “E aqui vai um abraço e um boa noite, do nosso vereador pra você que está aí no Japão”.

FUI BEM ALI – Assim como eleitores podem encontrar vereadores em rádios e produtoras de TV da Capital, os que reclamam da ausência do prefeito Bernal devem ligar para a FM Cidade, aos domingos. E dá-lhe polca.

DE VOLTA AO FUTURO – Quando Alcides Bernal impôs sua candidatura à prefeitura, uma das primeiras conseqüências contrárias ao ato (dentre tantas) foi o anúncio de sua demissão na citada emissora (publicada em coluna social). Após o resultado do último pleito, tapete vermelho foi-lhe estendido na imponente sede da rádio.

PRIMEIROS PASSOS – Rodadas do campeonato estadual de futebol, aos sábados, indicam lampejos de seriedade por parte de seus responsáveis. A continuar assim, só falta o aproveitamento de cronistas envolvidos, e a TV Morena continuar a transmitir os jogos. Seria o sonho, um sábado sem Luciano Huck. Já pensou?

CONSERTOS PARA JUVENTUDE – Com ‘s’ de consertar. Pelo fato de a Som Livre ser a responsável pela divulgação das andanças de André Rieu pelo mundo, a emissora apresentou o grande espetáculo do maestro, em São Paulo. A lamentar apenas a certeza de que recalcitrantes apreciadores de músicas de auditório de TV não queiram entender o que sejam, realmente, jóias da criação musical.

BAIXANDO O NÍVEL – Depois do alto quilate de músicas clássicas, a Globo coloca no ar um filme com Steve Seagal. Foi "pracabá".

Radialistas e suas relações perigosas
RELAÇÕES PERIGOSAS – O apresentador e agora vereador eleito Lucas de Lima emposta a voz na sua porção de conselheiro matrimonial. No programa noturno...
Profissionais de rádio se aventuram na internet
RÁDIO PRA QUEM QUISER – Amor ao rádio provoca mudança de tratamento no segmento; profissionais fora do escasso mercado radiofônico local ‘fundam’ as ...
Horário engessado limita noticiário de emissora
PLANO DE VOO – Segunda-feira, às 4h10, o ‘Plantão da Globo’ anuncia a queda do avião com a delegação do Chapecoense. Um minuto após, volta a exibição...
Crise afeta dízimo e vida de TVs de evangélicos
MILAGRE ECONÔMICO – Com a crise econômica nos últimos anos, os fiéis de igrejas evangélicas sumiram dos templos e murchou a principal fonte de pagame...



Uma pergunta e uma explicação. primeiro, a pergunta: O deputado Marquinhos Trad tem programa de segunda à sexta-feira pela manhã na Difusora Pantanal e à tarde, ele está na tv.. é claro em ambas podem ser programas gravados. mas mesmo assim.. . caso isso aconteça, a que horas que grava? Credo.. vai ter fôlego bom assim na conchinchina..... e quanto ao televisamento dos jogos aos sábados pela tv morena... e aos domingos, eu teria que assistir jogos mais ou menos tipo São Paulo e Palmeiras? Negativo.. nem pensar.. continue mostrando aos domingos o Sul-mato-grossense.. nesse por exemplo, teremos Comercial e Misto e no outro fim (E NÃO FINAL, NUNCA FINAL) de semana, Novoperário e Comercial.. SENSACIONAL!! Ou bom é São Paulo e Palmeiras? Fala sério! que venha o futebol de MS.. parabens
 
Gilson Giordano em 12/03/2013 18:34:43
eduardo leal. gostei da sua indignaçao, mas os politicos sabem q grande parte do eleitorado brasileiro eh ingenuo. e o bernal?
 
joao bosco alves em 12/03/2013 12:09:02
SABE O QUE MAIS ME ESPANTA, UM ARQUITETO NÃO PODE TRABALHAR SE NÃO TIVER O CREA, UM MÉDICO, O CRM, UM PROFESSOR, O REGISTRO, ETC... POR QUE CARGAS DÁGUA UM BOCA ABERTA QUALQUER PODE SE DECLARAR RADIALISTA, JORNALISTA, COMENTARISTA... ORA BOLAS, NO MS O SEGUNDO EMPREGO DOS POLÍTICOS É NA IMPRENSA...NÃO EXISTE CONTROLE...OU EXISTE? O QUE SERÁ QUE AS EMPRESAS DE COMUNICAÇÃO GANHAM COM ISSO... TEMOS EXEMPLOS DE POLITICOS QUE ESTÃO NA MÍDIA FAZENDO "CAMPANHA" DIARIAMENTE, E AÍ, QUANDO CHEGA REALMENTE O PERÍODO ELEITORAL, COMO COMPETIR COM QUEM FICOU ALARDEANDO O PRÓPRIO NOME DURANTE 3 ANOS E MEIO ANTES DAS ELEIÇÕES. DESTA FORMA, A DEMOCRACIA QUE VIVEMOS DEVE SER A FORMA DE GOVERNO DO "DEMÔNIO". TRÁGICO!!!! ENQUANTO ISSO OS NOSSOS OUVIDOS SÃO FEITOS DE PENICO TODOS OS DIAS...SALVE JORGE!!!!!
 
EDUARDO LEAL em 11/03/2013 13:54:40
Político deveria ser proibido de ter programas em rádio e tv, principalmente depois de eleito, o cara se dedica ao seu programa e nada de trabalhar pelo povo!
 
Junior Ferreira em 11/03/2013 12:32:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions