A notícia da terra a um clique de você.
 
28/06/2016 08:16

A tocha da Olimpíada foi mais um aviso para os políticos

Mário Sérgio Lorenzetto
A tocha da Olimpíada foi mais um aviso para os políticos

A morte da onça fez parcela da população urrar. Foi a patada que faltava. A maioria da população do Mato Grosso do Sul não recebeu bem a passagem da Tocha Olímpica. Para ficar com os felinos, alguns "gatos pingados" postaram-se nas ruas e avenidas para ver e aplaudir a passagem do símbolo de união dos povos através dos esportes. Mas muitos incidentes ocorreram, demonstrando a clara oposição aos gastos com os Jogos Rio - 2016.

Veja Mais
Prefeituras iniciam decretos de calamidade financeira
O ronco da barriga é o fator decisivo

A população não admite ver algo como R$ 30 bilhões saírem dos cofres públicos para prédios e acomodações suntuosos enquanto tem de enfrentar uma corrida de obstáculos contra os buracos nas ruas, uma corrida contra o tempo para encontrar algum médico e participar de uma corrida de revezamento para levar merenda nas escolas. Não há como ovacionar a megalomania e o desperdício dos governantes. Menos mal por tentarem apenas jogar água na festa, pior seria se "ovocionassem" - disputa de arremesso de ovo na tocha.

A tocha da Olimpíada foi mais um aviso para os políticos

O ovo da serpente está sendo chocado outra vez.

Grupos neonazistas crescem no Ocidente. Do Brasil à Islândia, a irritação com a democracia e os imigrantes os reúne. Os eventos patrocinados por eles são recheados de discursos ultranacionalistas e canções com letras populistas. Estão sendo replicados, principalmente nos Estados Unidos e na Europa. Enfrentam a ordem estabelecida. Tratam as minorias com palavras como "gado" e "lixo". Na Europa, associam os imigrantes a estupros. Para eles, os véus islâmicos são condenáveis. No Brasil, os homossexuais e as feministas devem ser presos.

Acreditam piamente que a imprensa é mentirosa nos dois lados do Oceano Atlântico. Na Alemanha o tema central da ultradireita está em uma canção que repete a expressão: "Lügenpresse" (imprensa mentirosa). Não é um termo qualquer, foi o mesmo empregado pelos nazistas para desqualificar os jornais, acusando-a de ser dominada por conspiradores judeus. No Brasil, os petista desnorteados, patrocinaram a mesma ação. A culpa é da imprensa que descortinou suas "façanhas". O Quarto Reich está sendo gestado. Seus líderes são sobejamente conhecidos - Trump, Le Pen, Lutz Bachmann, Boris... e o pequeno Bolsonaro. O ovo da serpente saiu do ventre. Está sendo chocado.

A tocha da Olimpíada foi mais um aviso para os políticos

Até o Papa está sabendo que o La Niña retornará no fim de agosto.

O Papa Francisco, como todo argentino, sabe das graves consequências dos fenômenos climáticos El Niño e La Niña. O Papa está preocupado não apenas com a alma de seu rebanho, mas também com a fome, com a segurança alimentar do mundo.

Recentemente, o brasileiro José Graziano da Silva, diretor da FAO, a agência das Nações Unidas para a agricultura e alimentação, alertou Francisco para os riscos que o La Niña representará para a agricultura mundial. O brasileiro explicou ao Papa que o El Niño, que está se dissipando agora, será substituído pelo La Niña no final de agosto. A previsão é que provocará efeitos tão danosos como seu antecessor, apenas com características invertidas: onde teve inundação, terá seca e vice-versa.

A tocha da Olimpíada foi mais um aviso para os políticos

Obesidade infantil leva fabricantes a retirar refrigerantes das escolas.

A Coca Cola, a Ambev e a Pepsi anunciaram mudanças importantes para as crianças. A partir de agosto, as empresas passarão a vender nas escolas apenas água mineral, suco com 100% de fruta, água de coco e bebidas lácteas. Saem da lista de distribuição escolar refrigerantes e refrescos. A ação será voltada a escolas para estudantes de até 12 anos de idade. A medida faz parte dos esforços para o combate à obesidade infantil. Uma excelente iniciativa das empresas que os governantes do país não tiveram coragem de tomar.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.