A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


23/09/2013 07:34

Os opostos se atraem nas finanças?

Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Você conhece algum casal assim: Ele não gosta de comer em restaurantes e passa longe de shoppings. Preocupado com o futuro, sacrifica gostos pessoais para juntar o máximo de dinheiro. Ela, por outro lado, sai para comprar um par de sapatos e volta com seis sacolas. Gasta mais do que ganha e desconhece a palavra poupança. Os dois estão apaixonados hoje, mas e no futuro, este casal pode dar certo?

Veja Mais
Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?

Sim casais com perfis diferentes geralmente se completam, contanto que reconheçam suas diferenças e controlem os excessos. A fase do namoro é quando o casal se entende melhor. O gastador compulsivo sente-se mais seguro com o poupador, por ter encontrado alguém que anda nos trilhos. E o poupador aprende a ser mais flexível com o gastador, passando a viver melhor. Mas após o casamento, a tendência é que os perfis se acentuem, o que pode gerar problemas. Aquele que poupa sente-se ameaçado pelo que gasta demais, passando a poupar ainda mais. O gastador, por sua vez, acentua seus impulsos consumistas.

Se não houver diálogo, é neste ponto que surge a “traição financeira”. Ela vai além de uma pequena mentira sobre gastos por impulso. Agora, se o casal concorda no planejamento financeiro e consegue cumprir o que combina abrir uma conta conjunta é a solução ideal para ambos, na opinião do consultor. O benefício de unir as finanças é o custo menor cobrado pelos bancos e menos burocracia. Mas se um dos cônjuges não consegue ter disciplina e sempre perde o controle dos gastos, manter contas separadas é mais interessante, desde que seja uma escolha de ambos (o mesmo vale para os cartões de crédito).

Para manter uma relação saudável o casal não deve deixar de curtir a vida. Para isso, a recomendação é reservar uma verba mensal para o namoro. Inclua experiências com seu parceiro, para quebrar a rotina. Uma relação saudável e feliz também merece um grau de consumo. Se você precisa economizar, não corte os gastos pequenos. Preserve-os e racionalize com os grandes”, aconselha. O segredo é gastar menos do que ganha e investir bem a diferença. Poupar deve ser uma gincana, não uma punição. Isto significa que ao poupar para conquistar um objetivo, o casal deve permitir-se um prêmio pelo esforço.

(*) Com informações de ”Casais Inteligentes Enriquecem Juntos" - Ed. Gente

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com 

 

Analfabetismo financeiro em alta na era da informação
Vamos fazer uma viagem ao passado? Anos 70, que tal? Neil Armstrong chegará à Lua.“Um pequeno passo para o homem, um grande salto para a humanidade”....
Armadilha das promoções: qual a lógica do “tão barato”?
Semana começando! E essa, em especial, após a “black friday”! E aí? Rolando uma “black ressaca” financeira, ou você conseguiu controlar esses instint...
Não supervalorize coisas
Um experimento social muito famoso, executado em diversos países e no Brasil, relaciona dois grupos de indivíduos: o primeiro grupo ganha um objeto e...
O brasileiro nasce, cresce, põe o nome no Serasa e morre?
A pergunta do título é, na verdade, uma piada (de mau gosto) antiga que circula no Brasil. Com as taxas de juros que praticamos aqui, é muito fácil s...



Me fala o nome dessa mulher que vou ficar longe dela pelo menos uns 5 km.
 
jose carlos em 24/09/2013 16:27:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions