A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


31/08/2012 11:33

Amplavisão

Manoel Afonso

‘JUSTIÇA’ Lewandowski absolveu João Paulo que ‘levou’ R$50 mil, mas condenou a 1 ano e meio de prisão o pescador de ½ quilo de camarão (R$10,00) com rede fina em Santa Catarina. O impoluto ministro tem critérios estranhos de julgar.

Veja Mais
Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
Pizzas, os políticos não abrem mão delas

DESNUDA O caso Mensalão possibilitou aos brasileiros sem intimidade com o direito uma boa chance de aferir como funciona o STF. Na postura de Lewandowski e Tóffoli estão as impressões digitais vergonhosas do PT. Lamentável.

O BRASIL se frustou pela liberdade de João Paulo. Se fosse um ladrão de galinha... Mas vale lembrar Augusto dos Anjos: “A esperança não murcha, não cansa. Vão-se os sonhos nas asas da descrença, voltam sonhos nas asas da Esperança.”

‘MEMÓRIA’ Jilmar Tatto disse na capital que o Mensalão não influenciará nas eleições. Imagine se os réus fossem adversários! Os petistas teriam ido ao STF gritando “crucifixa-o’. E aquele pescador de Sta Catarina, votará no PT?

LULA Antes do julgamento garganteou, tentou manipular o voto dos ministros. Aquele episódio com Gilmar Mendes mostrou isso. Repito: o ‘modus operandi’ do PT é fotocopia autenticada do fascismo ‘aparelhando’ até a justiça.

NA INTERNET As imagens do vídeo onde Aécio Neves aparece ‘cambaleando’ de madrugada num bar de BH vão desgastá-lo politicamente. Concorre com Lula em matéria de ‘mancadas’. Falta-lhe um bom conselheiro. Se falta!

INODORO Segundo o dicionário significa “sem cheiro, que não possui odor”. Embora pareça, não é termo usual no noticiário político, sendo mais frequente o seu emprego em referências a certos produtos de asseio e limpeza doméstica.

NA POLÍTICA é fácil observar a conduta de personagens inodoros ao longo do mandato ou nas eleições. Sem brilho, fogem de temas controvertidos, preferindo a simples concordância por razões diversas, inclusive a conveniência.

EXCEÇÕES Existem! Têm potencial, mas não sabem exteriorizá-lo. Nem sempre os que tem luz interior, possuem o dom de brilhar, ganhando visibilidade e espaço. Essas pessoas produzem mais em cargos técnicos, longe dos holofotes.

APARÊNCIA Impressiona, mas o conteúdo não pode ficar restrito ao corte do terno e ao agradável perfume. Afinal o significado da palavra ‘parlamento’ enseja atitudes e o saber das palavras, mesmo que elas não sejam unânimes à ocasião.

NA MEMÓRIA de jornalistas antigos, muitos passaram pela AL/Câmara, não foram notados, não deixaram vestígios. Discrição, timidez ou despreparo? Também! Mas faltou-lhes sobretudo a postura ativa, independentemente de siglas.

A GRANDEZA do interesse público não pode ficar subjugada aos projetos pessoais. Quem frequenta os parlamentos separa os eficientes – dos inodoros-omissos ou ainda dos demagogos especialistas em ‘jogar para a torcida’.

A PROPÓSITO Como foi a atuação do vereador que você ajudou a eleger? Quantos projetos, quantas intervenções no plenário, como foi sua postura nas comissões? Já fez essa análise para concluir se ele merece continuar no cargo?

POR ANALOGIA a mesma aferição deve ser feita nos parlamentares que disputam a prefeitura da capital. A vida pregressa de cada um – nos respectivos parlamentos - mostraria eficiência e serviria como atestado de competência?

DEPENDE... Questões pessoais (família, sexo, vícios, religiosidade) devem ser ou não ignorados no debate eleitoral? Em cada sociedade uma postura, dependendo da visão dos seus valores morais amparada na tradição e realidade.

FAMOSO o caso do ex senador Edward Kennedy que derrotou suas pretensões de chegar à Casa Branca. Ele dirigia embriagado, o carro caiu no rio e sua ‘acompanhante’ morreu. Ele foi derrotado nas prévias do Partido Democrata.

PRECONCEITOS Dick Cheney ficou de ‘saia justa’ na campanha em que se elegeu vice-presidente dos ‘States’ . Uma de suas filhas é lésbica assumida. O mesmo ocorreu com Lula ao ser acusado por Collor de tentar induzir aborto.

EXEMPLO da variação da ‘cabeça’ do eleitor ocorre em Berlim, onde o prefeito Klaus Wowereit (PSD) foi reeleito sem jamais esconder sua opção sexual (gay). Ele inclusive é um dos nomes fortes para enfrentar Ângela Merkel.

CAMPANHA eleitoral não é inquisição, mas as questões que envolvam a dignidade, por exemplo, acendem fogueiras. A opinião pública às vezes julga mais a dissimulação dos candidatos envolvidos do que o fato que lhe são atribuídos.

RESUMO: Tudo acontece: filhos são reconhecidos, admitidos publicamente, pensões pagas/ reajustadas, a sexualidade revelada. Mas sem ilusão: a dignidade das pessoas passa pelos valores da família. Filhos? São dádivas de Deus!

‘MANCADA’ Azambuja tenta vincular no horário eleitoral o aumento dos índices de violência da capital à sua administração. Mas a Constituição veda aos municípios essa atribuição de polícia, exclusiva dos Estados e União.

ESCORREGÕES como esse são típicos de marqueteiros afoitos. Teimam em generalizar situações em cidades de realidades diferentes ou ainda dispensam a orientação jurídica na abordagem deste ou daquele problema.

“O JUIZ NÃO CONDENA NINGUÉM POR ÓDIO...” (MINISTRO PELUSO)

Corporativismo político sem limites, segue a avacalhação
DESAFIO Se o presidente Michel Temer (PMDB) não vetar, caso o Senado aprove o projeto bizarro da Câmara, o país irá culpá-lo e perderá o apoio das ru...
Pizzas, os políticos não abrem mão delas
NÁUFRAGO Culpando a TV Globo e o juiz federal Sergio Moro, o ex-deputado Antonio Carlos Biffi (PT) tentou no saguão da Assembleia Legislativa justifi...
Invasores das escolas, a nova aposta do PT
LUZ AMARELA Os casos do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, com as finanças em colapso, estão sendo considerados pelo governador de Mato Grosso do Su...
Junior Mochi, ponto de equilíbrio na Assembleia
NOSTRADAMUS Não tenho seu dom, mas prevejo: o país de 2018 será outro. As delações premiadas da Odebrecht e Andrade Gutierrez cairão como meteorito n...



Admiro o nobre articulista porém está na hora de um pouco de "coragem" para a imprensa local ela está muita ligada ao "ESTADO"...coragem.....coragem...mas afinal todos temos contas a pagar.
 
Juarez Costa em 07/09/2012 05:36:26
Acho interessante os comentários cáusticos, mas. raramente leio algo sobre o governo do Estado, por exemplo. Será que pelas bandas do Parque dos Poderes, não existe certa, digamos, "acidez", suficiente que desperte interesse ao nobre colunista e repeitoso jornalista Manoel Afonso.
 
Marco Túlio Costa em 06/09/2012 02:54:50
Caro Manoel, o que me diz da Guarda Municipal de São Paulo, cujos integrantes andam armados e efetuam prisões e até chegam a trocar tiros com bandidos???
 
Edir Viégas em 03/09/2012 09:14:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions