A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

29/09/2015 09:42

Consumo de etanol cresce 81% em agosto e é o maior do ano em MS

Liana Feitosa
Na soma do etanol hidratado com a gasolina, a venda entre janeiro e junho dos dois combustíveis chega a 584 milhões de litros. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)Na soma do etanol hidratado com a gasolina, a venda entre janeiro e junho dos dois combustíveis chega a 584 milhões de litros. (Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

A venda de etanol continua alcançando números positivos em Mato Grosso do Sul. No mês passado, agosto, o consumo do biocombustível foi o maior do ano no Estado, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo). O que demonstra esse alto índice foi o aumento de 81,82% na venda desse combustível em MS.

Veja Mais
Preço cai e vendas de etanol aumentam 58% no 1º semestre deste ano
Consumo do etanol cresce 81% e procura pela gasolina cai 5% em maio

Ainda em relação a agosto, foram vendidos 20 milhões de litros de etanol a mais em agosto, enquanto que a gasolina teve decréscimo de 13,62%.

Se for considerado o volume comercializado no acumulado do ano até agosto, o consumo de etanol hidratado chegou a 154 milhões de litros, o que representa aumento de 63,3% no comparativo ao mesmo período do ano passado.

Na soma do etanol hidratado com a gasolina, a venda entre janeiro e junho dos dois combustíveis chega a 584 milhões de litros.

Ainda segundo a agência, os preços continuam oscilando, mas nas últimas 37 semanas o valor médio do litro do biocombustível faz com que o etanol esteja mais vantajoso ao consumidor do Estado do que a gasolina. A conta considera vantagem quando o preço do etanol custa abaixo de 70% do valor da gasolina.

No Estado, o preço médio da gasolina em agosto foi de R$ 3,324 o litro, de acordo com a ANP. Já o etanol, registrou média de R$ 2,307 o litro. A agência considera que a questão econômica é um dos fatores que levaram ao aumento no consumo de etanol em Mato Grosso do Sul.

Após duas quedas seguidas, dólar tem alta de 1,05% e fecha a R$ 3,25
Cotado a R$ 3,256 na venda, após dois dias seguidos de baixa, o dólar comercial fechou esta quinta-feira (29) com alta de 1,05%. Com isso, a moeda no...
Índice sobe 6% e Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas
Campo Grande tem 177 mil pessoas endividadas, sendo que 13% não terão condições de pagar suas contas. O índice medido pelo IPF/MS (Instituto de Pesqu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions