A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

29/05/2015 16:38

Depois de gigantes da celulose, Cargill duplicará capacidade de produção

Liana Feitosa
Governador comentou nesta quinta-feira (28) ampliação de indústria de biodiesel de Três Lagoas. (Foto: Fernando Antunes)Governador comentou nesta quinta-feira (28) ampliação de indústria de biodiesel de Três Lagoas. (Foto: Fernando Antunes)

A fábrica de biodiesel Cargill, que fica em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, vai aumentar sua produção em 52%. Serão investidos R$ 240 milhões em quatro projetos integrados: ampliação da capacidade de processamento de grãos, construção de refinaria de glicerina, ampliação dos modais ferroviário e, posteriormente, modais hidroviários.

Veja Mais
Fibria aprova investimentos de R$ 7,7 bi para duplicar unidade de MS
Eldorado conclui projeto e dá início a duplicação de fábrica por R$ 8 bi

Nesta quinta-feira (28), durante coletiva de imprensa na governadoria, Reinaldo Azambuja (PSDB) falou sobre a ampliação. “Dia 10 a Cargil vem aqui anunciar que dobra de tamanho o esmagamento de soja em Três Lagoas, isso porque o Estado tem ambiente de segurança, de competição e uma boa lei de incentivos”, afirmou o governador.

Segundo a indústria, o objetivo é aumentar a capacidade de processamento de soja de 2.100 toneladas por dia para 3.200 toneladas/dia. Dessa forma, a fábrica produzirá mais farelo e óleo para produção do biodiesel. Atualmente, a fábrica está operando com 80% de sua capacidade total.

Contratações - Para tornar possível o empreendimento, serão contratados 25 novos funcionários. A obra contará com aproximadamente 500 trabalhadores. A previsão é que as ampliações e construções levem dois anos para serem concluídas.

No entanto, ainda faltam licenças do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), que ainda não foram emitidas, segundo a Cargill. Como parte do processo de licenciamento para início das obras, foram realizados o EIA-RIMA (Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental).

O objetivo é avaliar tecnicamente as interferências sociais, econômicas e ambientais do empreendimento na comunidade de Três Lagoas.

A indústria instalada em Três Lagoas é voltada para a fabricação de biodiesel, produto que também dá origem à glicerina, ingrediente usado em aplicações industriais. Com a construção da refinaria do projeto, será produzida uma glicerina com 99% de pureza, cujas aplicações são direcionadas às indústrias de cosméticos, alimentos e bebidas.

Mais - Outra indústria que recentemente anunciou expansão na mesma cidade é a Eldorado Brasil, de celulose, que vai duplicar sua linha de produção. A unidade receberá investimentos de R$ 8 bilhões e terá capacidade produtiva de 25 milhões de toneladas de celulose por ano. O término da obra está previsto para o primeiro semestre de 2018.

Também foi aprovado projeto de duplicação da unidade de Três Lagoas da Fibria. A fábrica de celulose fará investimento estimado em R$ 7,7 bilhões para ter capacidade de produção de 3 milhões de toneladas por ano.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions