A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

27/01/2015 13:05

IPVA vence na sexta-feira e Estado pretende arrecadar R$ 398 milhões

Caroline Maldonado
Até o fim de janeiro, com os pagamentos a vista e a primeira parcela, a previsão é de receber R$ 88 a R$ 90 milhões, segundo o secretário de Estado de Fazenda (Foto: Marcos Ermínio)Até o fim de janeiro, com os pagamentos a vista e a primeira parcela, a previsão é de receber R$ 88 a R$ 90 milhões, segundo o secretário de Estado de Fazenda (Foto: Marcos Ermínio)

Termina nesta sexta-feira (30) o prazo para pagamento a vista do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores). O governo espera receber em torno de R$ 398 milhões com o tributo, neste ano.

Veja Mais
Deputados aprovam projeto que aumenta desconto no IPVA
Governo impõe nova regra à Caixa, mas financiamentos com FGTS continuam

Até o fim de janeiro, com os pagamentos a vista e a primeira parcela, a previsão é de receber R$ 88 a R$ 90 milhões, segundo o secretário de Estado de Fazenda, Márcio Monteiro. É número superior ao do ano passado, porque os valores foram reajustados, mas o secretário não revelou a diferença entre o que já foi arrecadado e o valor estimado para esse ano.

O desconto para pagamento a vista, que esse ano será de 15%, não deve abater a arrecadação do imposto, na avaliação do secretário. “Creio que terá mais gente pagando a vista do que o ano passado por conta do desconto. Então, teremos mais pessoas pagando, mas consequentemente, o desconto maior, o que deve equilibrar as contas”, comentou o Monteiro.

Até o ano passado, o desconto foi de 10% para quem optava por pagar a vista. O percentual foi elevado, por determinação de lei proposta pelo deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), aprovada em 2011.

“Quem pagar a vista vai ter o desconto, mas não temos a previsão exata desse valor. Temos mais ou menos a previsão do que vamos receber até o fim do mês, mas isso só vamos consolidar depois que fechar o mês”, disse o secretário ao explicar que não tem como estimar o impacto do desconto maior na arrecadação.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions