A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

27/02/2014 08:59

Ministra diz que ferrovias estão garantidas e rodovias dependem de “detalhes”

Leonardo Rocha
Ministra diz que ferrovias são prioridades do governo federal e que rodovias faltam alguns ajustes (Foto: Assessoria - Guilherme Martimon)Ministra diz que ferrovias são prioridades do governo federal e que rodovias faltam alguns ajustes (Foto: Assessoria - Guilherme Martimon)

O governador André Puccinelli (PMDB) esteve, ontem (26), junto com a bancada federal de Mato Grosso do Sul em reunião com a ministra do Planejamento, Mirian Belchior. As ferrovias EF 267 (Pantanal) e EF 484 (Ferroeste) foram definidas como prioridades, já as rodovias BR-419 e Sul - Fronteira faltam alguns ajustes para serem incluídas no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) pelo governo federal.

Veja Mais
André se reúne com ministra para garantir R$ 9 bilhões no PAC 3
André diz que bancada está “empenhada” em trazer R$ 9 bilhões ao Estado

A ministra afirmou à comitiva de Mato Grosso do Sul que as duas ferrovias são consideradas “essenciais” pelo governo federal, pois integram o PIL (Programa de Infraestrutura Logística), e devem ser realizadas a partir do ano que vem.

Em relação às duas rodovias, Belchior ponderou que ainda precisam de “ajustes” da União, pois houve um “contingenciamento” de R$44 bilhões no orçamento de 2014. Ela ressaltou que todo conteúdo apresentado pelas bancadas federais serão analisados, para saber se podem se integrar com as obras do PAC 3.

O governador ressaltou que a pavimentação da BR-419, que liga os municípios de Aquidauana a Rio Verde do Mato Grosso, assim como a construção da rodovia Fronteira-Integração dependem apenas de “notas técnicas” do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Ele acredita que com o esforço e dedicação da bancada federal, estas obras irão ser incluídas no PAC 3. “União da bancada, projetos comuns de interesse do Estado, atenção redobrada da ministra Miriam Belchior, e ela sabendo que nós já fizemos a lição com os projetos executivos prontos, serão recompensados”.

A ministra inclusive elogiou a bancada do Estado em relação à proposição de uma pauta única, com objetivos e projetos definidos. O senador Waldemir Moka demonstrou “confiança” na inclusão dos projetos do Estado, e que tato as rodovias como as ferrovias irão ser fundamentais para o crescimento econômico.

Projetos – Para a construção e pavimentação de 224 quilômetros da rodovia Sul-Fronteira devem ser investidos R$ 300 milhões, além de R$ 380 milhões para BR-419.

Já o projeto da construção das duas ferrovias é que mais vai precisar de recursos, cerca de R$ 8 bilhões. A intenção é ligar Mato Grosso do Sul aos Estados do Paraná e São Paulo. A previsão é a construção de 800 quilômetros de ferrovias.




E as BRs 262 e 267?
 
Daniel Albuquerque em 27/02/2014 09:22:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions