A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

04/03/2016 10:18

Procura por ovos começou em janeiro e venda chega a 20 unidades por dia

Mariana Rodrigues
Os ovos de colher são os mais encomendados este ano e superaram os ovos tradicionais. (Fernando Antunes)Os ovos de colher são os mais encomendados este ano e superaram os ovos tradicionais. (Fernando Antunes)

Cada vez mais caros, os ovos de Páscoa vendidos em supermercados estão perdendo a vez para os caseiros. Prova disso é a quantidade de encomendas recebidas diariamente por quem trabalha na fabricação deste produto. Quem resolveu apostar na confecção de ovos de chocolate em casa comemora a vendas de até 20 ovos por dia, faltando quase um mês para a data.

Veja Mais
Na crise, fabricação de ovos pode virar profissão e garantir renda extra
Com preço do ovo de Páscoa, dá para comprar até 5 barras de chocolate

Os ovos de colher são os preferidos pelos clientes e a procura começou em janeiro. Jussara Dentos Palhano, 45, trabalha há seis anos com a confecção de ovos e doces em geral. Para ela, esse ano foi atípico, tanto pela antecipação das encomendas, quanto pela quantidade vendida. "Já vendi mais de 100 ovos antes da Páscoa de janeiro até agora", explica ela há quase um mês da Páscoa.

Para organizar toda a demanda, ela padronizou três tamanhos sendo de 150, 350 e 500 gramas, com recheios variados. O ovo menor custa R$ 8 e o maior R$ 40. Em média, Jussara entrega 20 unidades de ovos de colher por dia. "Esse ano até eu me surpreendi, nunca havia vendido tanto", comemora. Ela optou por fazer os ovos de colher devido a grande procura, já que até agora não recebeu nenhuma encomenda de ovos de chocolate tradicionais.

Jussara conta que começou a vender os ovos no dia 25 de janeiro e em fevereiro passou o mês todo fazendo ovos de Páscoa. "Eu sempre trabalho nessas datas comemorativas e para mim o mês de janeiro e julho são os mais parados. Neste ano foi diferente, já que comecei as vendas no início do ano, sendo que no ano passado comecei a receber encomendas faltando 15 dias para a Páscoa".

Jussara Dentos Palhano, trabalha há seis anos com a fabricação de ovos e já vendeu mais de 100 unidades. (Foto: Fernando Antunes)Jussara Dentos Palhano, trabalha há seis anos com a fabricação de ovos e já vendeu mais de 100 unidades. (Foto: Fernando Antunes)

Nos finais de semana a venda de ovos aumenta para 30, por dia. "Pensei em contratar uma pessoa para me ajudar para poder dar conta da demanda, pois vai aumentar ainda mais a procura próximo da Páscoa. Acredito que esse ano vou vender mais de 200 ovos", conta ela e acrescenta ainda, que dependendo da procura, vai encerrar as encomendas no dia 19 de março.

Preço - Osmilda Souza Coutinho Silva, 41 anos, faz ovos de Páscoa há cinco anos, esse ano ela teve que aumentar o valor dos seus produtos devido a matéria-prima que subiu, mesmo assim ela comenta que já vendeu 15 unidades antes da data comemorativa. "O consumidor está pesquisando mais, procurando preços melhores", afirma.

Ela faz ovos trufados, de colher e o tradicional, mas o que recebe mais encomendas é o de colher. "Só pede ovos tradicionais quem não quer passar a data em branco ou quer gastar um pouco menos", conta. E para quem deixa para a última hora, ela deixa ovos prontos a pronta entrega.

Os ovos de Páscoa feitos pela Osmilda custam entre R$ 19 o tradicional de 250 gramas e o mais caro sai por R$ 79, que é o de colher e pesa um quilo. Neste ano ela pretende faturar R$ 3 mil com as vendas dos ovos de chocolate.

Devido ao preço mais em conta, os ovos caseiros vem ganhando espaço se comparados aos de supermercado. (Foto: Fernando Antunes)Devido ao preço mais em conta, os ovos caseiros vem ganhando espaço se comparados aos de supermercado. (Foto: Fernando Antunes)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions