A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

04/11/2015 06:45

Arquitetas usam capivaras e referências da cultura pop em almofadas criativas

Naiane Mesquita
Mariana e Isadora se formaram juntas em arquitetura e decidiram investir na linha de almofadas (Foto: Gerson Walber)Mariana e Isadora se formaram juntas em arquitetura e decidiram investir na linha de almofadas (Foto: Gerson Walber)

Não é de hoje que as capivaras são mascote campo-grandense. Figuraças da cidade que já sabem até atravessar na faixa, com filhotes fofos, que passeiam sempre no Parque das Nações Indígenas.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

Inspiradas por esse símbolo, as arquitetas Isadora Yule, 25 anos e Mariana Tozzo, ambas de 25 anos, criaram uma linha de almofadas com ilustrações repletas de referências da cultura pop.

A Capi-Audrey. (Foto: Gerson Walber)A Capi-Audrey. (Foto: Gerson Walber)

Com o nome de IM PAR Stúdio, junção das iniciais dos nomes das criadoras, a empresa adotou três ilustrações para inicar as vendas: Capi-Batman, Capi-Frida e Capi-Audrey.

“Eu sempre desenhei a toa, ilustrações mesmo. Um dia, nós pensamos em enviar um presente para uma amiga que morava no Rio de Janeiro e havia se formado em arquitetura com a gente. Escolhemos a estampa e pedimos para confeccionar. Gostamos bastante e fez um sucesso que decidimos seguir com a produção”, afirma Isadora.

A favorita dos clientes é a capivara Frida (Foto: Divulgação/ Im Par Stúdio)A favorita dos clientes é a capivara Frida (Foto: Divulgação/ Im Par Stúdio)

A primeira almofada saiu com alguns problemas, entre eles, o desenho desbotado. “Então fomos atrás de materiais que agregassem valor ao produto, um tecido melhor", explica.

Para a qualidade não alterar o valor final, elas usaram algumas estratégias. "Não usamos zíper para não encarecer. Pedimos 30 almofadas e em um mês vendemos todas, só sobraram duas”, lembra a arquiteta.

Mariana conta que nem mesmo a Frida conseguiu manter em casa. “Pediram tanto que tive que vender a minha”, se diverte. O sucesso foi tanto que elas já encomendaram 50 peças, que devem chegar hoje.

“Para dezembro vamos desenvolver novas estampas, de hippie e marinheira. Não quisemos fazer muitas opções logo de cara porque eu achei que seria difícil vender, queria sentir primeiro a preferência dos clientes. O que mais saiu foi a Frida”, explica Isadora.

As arquitetas ressaltam que o público feminino acaba sendo o alvo das almofadas. “Elas são as que mais compram produtos de decoração. Fizemos a de Batman até para atrair o público masculino, mas são as mulheres que acabam comprando para dar de presente. As crianças gostam bastante também”, frisa.

As almofadas custam R$ 50,00. Informações na página do Studio. 

Já curtiu a página do Lado B?

A coleção lançada pelas arquitetas (Foto: Divulgação/ Im Par Stúdio)A coleção lançada pelas arquitetas (Foto: Divulgação/ Im Par Stúdio)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.