A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

06/05/2016 08:53

De pallet e lona, piscina foi feita na raça por R$ 600,00 e com ajuda da família

Paula Maciulevicius
Na crise, piscina de pallet foi solução para casal.  (Foto: Arquivo Pessoal)Na crise, piscina de pallet foi solução para casal. (Foto: Arquivo Pessoal)

Foi através de vídeos de internet que o casal Raphael e Maria Luiza resolveu não adiar mais a ideia de ter piscina em casa. Os orçamentos que chegaram até R$ 10 mil ficaram para lá, depois que eles viram que era possível ter o mesmo lazer com lona e pallets.

Veja Mais
Traços da nossa arquitetura, desde o “Gabinete Téchnico de Desenho" na Calógeras
Casa de madeira mantém as lembranças de 92 anos de dona Nazira na 14 de Julho

O investimento foi de R$ 600,00 e só chegou a este valor porque o casal teve de comprar o pallet, caso contrário, a diversão sairia pela metade. A família toda entrou na dança e durante um mês, o empresário junto do irmão e do cunhado colocaram a mão na massa aos finais de semana e nas noites de segunda a sexta. "Todo mundo entrou até porque eles iam usar depois", brinca Raphael Rizzo, de 35 anos.

Como a esposa é arquiteta, foi mais fácil pensar nas adaptações necessárias para conduzir a obra nos fundos da casa no bairro Oliveira, em Campo Grande. "Ela foi falando como achava que tinha de ser feito. Ficou pronto há um mês, mas consegui aproveitar pouco, porque logo fez frio", lamenta Raphael.

O espaço não era muito grande, mas comportava exatamente a piscina de 3m x 2m. "A gente queria fazer diferente e deu certo", conta a arquiteta e dona da piscina, Maria Luiza Rizzo, de 33 anos. 

O primeiro passo foi saber a quantidade necessária de pallet para a compra. Uma média de 30, para então desmontar um por um. "É que ele vem com um espaçamento muito grande entre uma ripa e outra e tem que ser bem fechadinho, para não vazar. Depois começa realmente a montagem, de por em pé, usando travas com madeira", explica a arquiteta. 

Antes da lona cobrir a estrutura, os donos da casa 'afofaram a terra', evitando que ficassse qualquer coisa pontiaguda que comprometesse a piscina. Por baixo, uma lona reforçou na resistência para então começar a armação. "Junto da lona colocamos viga como se fosse a borda da piscina, aí já dava para encher", ensina a arquiteta. 

Para tornar a piscina autolimpante, o casal instalou um filtro. A medida dá para 5 mil litros de água e o uso, de cinco até seis pessoas confortavelmente. Agora, resta esperar o calor chegar no final de semana.

Tem mais sugestões sobre projetos simples como esse? Então envie para nós pelo Facebook. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.