A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

09/03/2016 07:31

Feira São Chico começa modesta, mas com desejo de ocupar de vez o espaço público

Naiane Mesquita
Hambúrguer e arte são vendidos na feira do São Francisco (Foto: Alan Nantes)Hambúrguer e arte são vendidos na feira do São Francisco (Foto: Alan Nantes)

Na rua 14 de julho, seguindo a linha do trem, mais uma ocupação urbana acontece. A Feira do São Chico começou na noite de ontem, com alguns expositores e um público ainda tímido. À venda, lanches da Massa Capivara, verduras frescas, artesanato, vinis e brechós. Com preços populares, a ação tenta se fixar na programação alternativa de Campo Grande.

Veja Mais
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

Milagroso Brechó é itinerante e tem roupas no tamanho 54 (Foto: Alan Nantes)Milagroso Brechó é itinerante e tem roupas no tamanho 54 (Foto: Alan Nantes)

A organizadora da feira, a empresária da Massa Capivara, Camila Santana, 31 anos, afirma que o objetivo da feira é justamente ocupar um espaço público com arte, gastronomia e entretenimento. “Ainda precisamos arrumar algumas coisas, essa é a nossa primeira edição. Quero colocar uma área infantil, estamos com a autorização da prefeitura. Fazer uma ação assim como acontece em frente ao Hotel Gaspar, na Estação Ferroviária”, explica.

Na feira, Camila vende “hambugres”, em referência a arte de Conceição dos Bugres, com carne, cebola caramelizada, molho barbecue e pão caseiro. O preço é de R$ 10,00. “É uma amostra do que vendemos no restaurante”, frisa. Na noite de ontem também estavam à venda em outra banca, o iogurte encantado, uma mistura de iogurte, vodka e morango, cachorro quente e torta de pão de forma.

Feira também tem a venda de hortifrútis (Foto: Alan Nantes)Feira também tem a venda de hortifrútis (Foto: Alan Nantes)

Um dos locais que mais chamavam a atenção da comunidade era o hortifrúti. Patrícia Arashiro, 31 anos, vende verduras frescas há dois anos e de forma itinerante. “São produções próprias, algumas são hidropônicas, mas elas levam alguns agrotóxicos, porém, de forma equilibrada”, ressalta. O preço em média é de R$ 2,00 a R$ 4,00.

Além da área gastronômica, a feira abriu espaço para a produção artesanal de roupas e calçados. A empresária Mariana Alencar, 22 anos, levou o Milagroso Brechó para a feirinha. “Trouxemos mais roupas femininas e sapatos. Temos tamanhos variados, do 36 até 54, o que é um diferencial. Faz três meses que comecei, vou na Orla aos domingos, tenho roupas para homens e crianças também”, aponta. O preço varia em média de R$ 2,00 a R$ 30,00.

Por enquanto, Camila chamou os colegas de trabalho mais próximos para a feira, mas o espaço é aberto a quem quiser participar e principalmente visitar. A Feira do São Chico será realizada todas as terças-feiras, na rua 14 de julho, ao lado do Comper do bairro São Francisco.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.