A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

05/05/2015 06:45

Folk "ostenta som"! Conheça Folk na Kombi, grupo criado em SP, com pitada de MS

Leandro Marques
Banda tem músico sul-mato-grossense Jonavo, pelo santista Bezão e pelo carioca Felipe Camara. (Fotos: Leo Neves)Banda tem músico sul-mato-grossense Jonavo, pelo santista Bezão e pelo carioca Felipe Camara. (Fotos: Leo Neves)

Acompanhando o movimento folk, em ascenção no País, três músicos apostam forte nesta tendência. Mais que oportuna, o crescimento do estilo musical tem revelado novos talentos que bebem de sua fonte, como os meninos do Folk na Kombi, de São Paulo.

Veja Mais
Danielle Winits vive Marilyn Monroe em peça que estreia em janeiro na Capital
Fim de semana tem Naiara Azevedo e contação de histórias

Movimento iniciado no século XIX, folk music, em tradução ao pé da letra, significa “música folclórica”, pois vem do termo “folk lore”, música gerada pelo saber popular. Seria como o sertanejo no Brasil, música orgânica, de raiz e muito popular. Bob Dylan é um de seus principais ícones e, mais perto, aqui no Brasil, ainda temos as bandas Suricato e Vanguart, como exemplos de folk atual.

Originada de uma trinca de amigos com gostos musicais coincidentes, o Folk na Kombi é formado pelo músico sul-mato-grossense Jonavo, pelo santista Bezão e pelo carioca Felipe Camara, todos paulistanos de coração. Com trabalhos solos ou em outros projetos, os três carregam consigo suas experiências, referências e paixão pelo Folk. “O início de tudo foi um projeto que o Bezão e eu trabalhávamos, era um programa de TV e a ideia era levar música pelos lugares dentro de uma Kombi”, lembra Jonavo. Projeto no papel, os caras precisavam de uma Kombi… a do pai do Felipe, recém restaurada, servia? Sim, esta mesma!

O piloto de “Folk na Kombi” foi gravado e a ideia mexeu com o ânimo dos três artistas e o grupo musical surgia. Foi gravado um DVD com foco no autoral - os três compõem - e em breve, teremos o prazer de assisti-lo (está em finalização!). :-D

A ideia dos 3 é levar música pelos lugares dentro de uma Kombi.A ideia dos 3 é levar música pelos lugares dentro de uma Kombi.

O início - Vivendo há três anos em São Paulo, o artista campo-grandense Jonavo foi buscar novas referências e aprimoramentos em seu trabalho. Músico conhecido e querido na cena artística de Campão, o destino fez com que assistisse ao show do Felipe Camara, na banda Opera Mono, e admirasse seu trabalho. Logo fariam um som juntos e a química bateu. Com Bezão não foi diferente, mas com um diferencial: o folk.. “O folk nos uniu, o amor pela música”, ressalta Jonavo.

Bezão é um músico experiente, toca desde os 11 anos de idade, começou pela bateria, mas, com o tempo e seus gostos, acabou indo pras cordas. Já tocou samba e, por 15 anos, integrou o grupo Rossa Nova, apadrinhada por Zé Rodrix, onde teve os primeiros contatos com o “rock rural”. Anos depois, junto com o parceiro Alexandre Lemos, fez o “Folkeando”, conheceu Jonavo na ocasião e se juntou ao cara..

Felipe nasceu no Rio de Janeiro, mas desde bebê vive em São Paulo. Jovem e talentoso, ele começou no violão aos 9 anos, fez partes de bandas amadoras nos tempos de escola, mas profissionalmente leva a experiência nas bandas “Fábrica Brasil”, “Bona Fide”, “Etanol”, “Ópera Mono” como base de seu trabalho atual. Ele entrou no grupo de mala e kombi, o automóvel é de seu pai e caiu como uma luva no projeto dos rapazes, já que hoje, nas produções de foto, vídeo e em quase todas as viagens, ela está junto!

Veja o videoclipe de “Dançar eu Vou”, faixa que faz parte do primeiro DVD do Folk na Kombi, brevemente disponível ao público!

Veja + no blogdobalaiodegato.com.br os bastidores da sessão de fotos do Folk na Kombi, em uma fábrica vazia em Diadema - SP!




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.