A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

23/09/2014 15:20

Obras do Marco são reproduzidas em outdoor e espalhadas pelas ruas

Lado B
Obra de Humberto Espíndola, nos Altos da Afonso Pena. (Foto: )Obra de Humberto Espíndola, nos Altos da Afonso Pena. (Foto: )

Nos próximos dias, quem for observador vai perceber uma exposição a céu aberto pelas ruas de Campo Grande. O projeto Arte na Rua espalha 12 obras de artistas plásticos em outdoors e por diferentes pontos da cidade.

Veja Mais
Poeta Ferreira Gullar morre aos 86 anos devido a problemas respiratórios
Com gorros de Papai Noel, artistas realizam performance contra calote de editais

A ideia é promover o acervo do Marco (Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul). A curadoria é de Rafael Maldonado e Maria Adélia Menegazzo.

Dentre as selecidonado, está um dos artistas de talento mais reconhecido no Brasil. Humberto Espíndola surge com o quadro “Pecus e Pecunia discutem a divisão”, produzido em 1978. Para todo mundo poder ver, a reprodução da obra em tamanho extra foi instalada nos altos da Avenida Afonso Pena, quase na entrada do Parque das Nações Indígenas.

O corumbaense Jonir Figueiredo também aparece na coletânea, com uma das pinturas mais famosas dele, com um tom irônico no trabalho. A obra escolhida foi “Colete de Jacaré I – Export Brasil”, de 1984, onde ao lado da pele do jacaré, aparece o carimbo exportação com os termos redigidos em inglês.

Também há trabalhos de artistas que nasceram bem longe daqui. Masahico Fujita é naturalizado brasileiro, mas veio de Tóquio. Nos quadros dele, a técnica a óleo serve para retratar paisagens, praias, navios e trabalhadores urbanos. Ele é representado pela obra "Campo Grande Ontem", de 1990.

O publicitário Fernando Marson é de Guaxupé (MG), mas colabora com as artes plásticas sul-mato-grossenses desde a década de 80. Ele imprime a temática do boi e a simbologia kadiwéu, com cores fortes. Na mostra em outdoors, ele apresenta “Paisagem Kadiwéu II”, de 1987.

Agora é só andar por aí com mais tempo e aproveitar a arte.

Obra de Masahico Fujita.Obra de Masahico Fujita.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.