A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

28/07/2015 06:12

Bacon provoca quebra pau na internet e grupo derruba avaliação de bar

Ângela Kempfer
Bacon da discórdia!Bacon da discórdia!

Parece maluquice, mas em dias de redes sociais nada sociáveis tem guerra rolando em Campo Grande por causa do bacon. E o pior, tudo começou com um post no Dia do Amigo, na semana passada.

Veja Mais
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes
Do Corinthians ao canteiro de obra, zagueiro que virou servente tem nova chance

No dia 20 de julho, o Trutis Bacon Bar publicou foto de uma vaca ao lado de um porco e a imagem de um hambúrguer na sequencia. Para finalizar, usou a frase “Best Frinds” e a gracinha: “Trutas: Os veganos que nos desculpem, mas bacon é fundamental”. Para o tiro de misericórdia contra quem abomina a morte de animais, a arte foi finalizada com a palavra “Forever”.

Foi a gota d’água para a legião cada vez maior de pessoas que aboliram a carne da alimentação e não consomem qualquer produto que tenha origem animal.

A reação foi organizar um movimento para reduzir ao máximo a avaliação do Trutis no Facebook. Em poucos dias, as 4,7 estrelas ostentadas pelo bar despencaram para 2,5. Mais de 600 pessoas entraram na página para atribuir 1 ao estabelecimento, a menor nota possível no sistema que tem como pontuação máxima o 5.

Post que irritou os veganos no Dia do Amigo.Post que irritou os veganos no Dia do Amigo.

Diante da crise, a administração do bar resolveu convocar uma reunião de emergência. Chamou os clientes para ajudarem a melhorar a avaliação e providenciou outro post, mas sem as desculpas esperadas pelos veganos. Pelo contrário, em tom bem áspero.

“É lamentável que um grupo de pessoas, que julga achar correto apenas seu posicionamento, interagir de maneira mesquinha e cruel tal como fomos classificados por alguns veganos e vegetarianos! O posicionamento do Trutis Bacon Bar é simples, muuuuuito simples! Nosso Bar é feito para as pessoas que gostam de bacon e consomem produtos de origem animal. Nós não vamos até um restaurante vegetariano porque não somos vegetarianos”.

O resultado foi mais quebra pau, com artilharia pesada dos dois lados e sugestões para aulinhas de marketing. “Aaaah, criticar os veganos e vegetarianos pode, mas ser criticado de volta não? Lei do retorno, bb!”, publicou vegetariana contrária a postura do bar.

Outra pontuou: “O problema não é vocês gostarem de bacon e sim ofender quem não gosta. Quem começou tudo isso foi a página ao ofender os veganos gratuitamente, jamais estaríamos aqui se alguém não tivesse começado essa palhaçada . Respeitem cara, é só isso”.

Mas esses são apenas os posts tranquilos nessa batalha virtual. “Usaram palavras como cretinos, babacas, idiotas, desejando que nossa família morra de câncer, filhos de uma puta e muitas outras palavras que não fazem parte de um protesto saudável. É assim que vocês pregam o amor a vida? Um estilo de vida deve ser exemplo e não discurso de ódio! Ameaças em in box, esse terrorismo digital enchendo a pagina de fotos de cadáveres humanos não nos assustam”, publicou o Trutis no Facebook.

O empresário Loester Souza garante que antes mesmo da postagem do Dia do Amigo, muitas mensagens in box surgiam com ameaças “de extremistas”.“Há muito tempo a gente é alvo desses radicais que fazem ameaças sérias in box. Mas agora fizeram um movimento para derrubar a nossa avaliação. Isso é muito perigoso. O que nos revolta é o fato de gente que nunca pisou no bar avaliar com nota 1. Fomos investigar e descobrimos que a maioria das notas ruins eram de São Paulo, Santa Catarina, de fora aqui do Estado”, diz.

Teve terrorismo forte, garante Loester. "Teve o absurdo de alguém dizer que se é pelo direito de comer o que se quer, que coloquem a filha na máquina de carne e depois comam", lembra.

Mas nem todo mundo foi nesse caminho. Paula Dalazen entrou na discussão, mesmo morando hoje no Canadá. A vegana de 26 anos tem uma postura moderada nesta polêmica. “Os dois lados estão errados pra mim. Eu não sou ativista de forma alguma. Mas mexeu muito comigo a forma deles de pedir desculpa, como se não tivessem feito nada de errado", critica.

Para ela, o problema maior foi potencializar o preconceito que já existe contra vegetarianos e veganos. “Eu sinto mais preconceito na internet do que na vida do dia a dia. Nós nos unimos sim pra comentar o post e tentar fazê-los entender que estavam errados em usar nosso nome como brincadeira. Eles deveriam ter pedido desculpa e parado por aí", avalia.

E essa história parece que não vai acabar tão cedo. O bar resolveu criar o “Dia do Orgulho Bacon” e em 1º de agosto vai servir muita carne suína, mas sem esquecer os clientes veganos. “Vamos fazer metade de bacon de soja, algo que já servimos há muito tempo aqui. Respeitamos os vegetarianos e veganos, só não podemos aceitar radicalismos”, diz Loester.

Pois é, sobrou intolerância até para o bacon...

Curta o Lado B no Facebook!




Que ridículo...petistas saqueando o Brasil e o povo preocupado com uma bobagens dessas! Que triste!
 
Demis em 28/07/2015 17:54:12
Querida Ana, plantas tendo ou não sistema nervoso também são indefesos, não defendendo a morte dos animais ou das plantas, mas o leite que você bebeu quando pequena veio de quem?? Será que veio de um produto derivado de plantasl? Aaaah, mas para tirar o leite não mataram a vaca.... é... mas para sustentar a vaca para alimentar o leite dos seus e nossos filhos precisou de 7 kg de vegetais e assim dando aquele velho ciclo que conhecemos, logo, não existe certo ou errado, ou o ser humano faz fotossíntese ou aprendemos a respeitar quem come carne ou folhas, assim como temos que respeitar as outras diferenças em nossa sociedade.
Pensa na galinha linda e indefesa que iria virar aquele ovo utilizado para fazer o pão de cada dia :)
 
Padilha em 28/07/2015 17:36:05
Caro Padilha, se você se preocupa tanto com o "sofrimento" dos vegetais quanto faz parecer em seu comentário, sugiro que consuma menos carne, já que, para a produção de 1 kg de carne, são consumidos, em média, 7 kg de vegetais na alimentação do animal. No mais, penso que você sabe que as plantas não possuem sistema nervoso, nem são capazes de sentir dor, razão pela qual sugiro que a sua bem intencionada preocupação se volte em favor de quem precisa dela: os animais, seres indefesos e que sofrem com a exploração humana.
 
Ana em 28/07/2015 14:05:18
Apesar de também não concordar com a postura agressiva de alguns diante do post, não se pode generalizar nem os carnistas, nem os veganos/vegetarianos. Pessoas sem noção existem em todos os lugares. A respeito da postagem do restaurante, achei sarcástica, não gostei. Realmente fere quem se preocupa com o bem-estar animal. A postura do restaurante, tanto na postagem quanto na resposta às reclamações, não foi inteligente, se eles pretendem aumentar sua clientela. Eu mesma nunca havia ido ao bar, e, diante da conduta de seus proprietários, jamais pretendo ir.
 
Ana em 28/07/2015 13:59:46
E quem protege as plantas que os vegetarianos comem?? Como um pobre alface poderá se defender de um devorador faminto na hora de sua refeição?? Quem terá misericórdia de um tomate que nasceu para enfeitar a vida das pessoas com sua graça e cor vermelhinha, que quando está em sua fase adulta é picotado por uma faca afiada para servir as mesas de pessoas que apreciam os frutos, legumes, verduras???
 
Padilha em 28/07/2015 13:39:58
Quanta agressividade! Ademais, avaliar negativamente um estabelecimento que nunca se frequentou caracteriza dano, sim. A empresa poderia acionar os 'espertinhos' judicialmente. Não gostaram do post? Que façam campanha por este motivo, e não avaliem mal o estabelecimento sem conhecer. Não gostar de uma publicidade é muito diferente de não gostar do local, de ser mal atendido, de servirem comida de má qualidade, etc.
 
Ari em 28/07/2015 09:34:27
Estão querendo desculpas? Pois esta não foi a primeira palavra do post? Engraçado, criam polêmica até onde não tem.
 
Ana em 28/07/2015 09:31:24
Gente que absurdo.. como pode a pessoa se ofender com um post destes??? totalmente inofensivo, que falta do que fazer... Um post engraçado até...
Os politicamente corretos estão vencendo a batalha.. que povo chato... Deus me livre desse povo...
#tamojuntoTRUTISBACON
 
Bacon em 28/07/2015 09:21:43
Força Trutis, é orgulho bacon e tamo junto!!! Nenhum animal foi maltratado durante a postagem polêmica do dia do amigo! Não sodomizamos os bichos, apenas nos alimentamos da carne deles. São abatidos com ética e respeito, não porque gostamos de fazê-lo, mas porque é natural e completa o ciclo da vida. #somostodosTrutis
 
Bergo em 28/07/2015 08:24:24
É bem simples, ninguém é realmente feliz sem gostar de bacon...
 
Marco em 28/07/2015 07:51:38
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.