A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

10/07/2016 07:15

Com Instagram que bomba, cada vez mais gente troca velha profissão por salões

Naiane Mesquita
A médica Rosana já tem planos para a aposentadoria: ser maquiadora profissional (Foto: Fernando Antunes)A médica Rosana já tem planos para a aposentadoria: ser maquiadora profissional (Foto: Fernando Antunes)

Os cabelos são “divos”, as “makes” arrasam e os seguidores no Instagram aumentam todos os dias. É tanto sucesso e glamour que as duas profissões estão em alta no mercado, o que faz com que muitas pessoas deixem de lado a antiga ocupação para tentar um lugar ao sol no ramo da moda.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

O professor do curso de maquiagem profissional do Senac Beleza e Moda, César Annunciação, 34 anos, explica que a profissão conquistou credibilidade nos últimos anos e isso o mudou o mercado. “Os profissionais ganharam respeito da indústria e dos consumidores, o que movimentou o mercado. A beleza é um dos setores que mais fomentam a economia, foi uma ascensão natural. Com isso a procura pela profissionalização aumentou”, afirma.

No curso, o glamour dos profissionais da internet chama a atenção (Foto: Fernando Antunes)No curso, o glamour dos profissionais da internet chama a atenção (Foto: Fernando Antunes)

Na aula tem de tudo. Fisioterapeutas, turismólogas, advogadas e jornalistas. A ideia é alcançar um novo mercado, que em muitos casos, é glamouroso. A médica pediatra Rosana Acosta de Jesus dos Anjos, 51 anos, está prestes a se aposentar. Foi então que ela decidiu reviver um sonho antigo e aprender as técnicas dos pinceis. Para ela, a maquiagem vai muito além da beleza exterior.

“Sempre gostei do que você pode fazer para melhorar a vida das pessoas, como médica era natural esse pensamento. O que eu reparei nos consultórios é que as pessoas estão muito doentes, tristes, uma consequência da saúde mental, emocional. E acho que o bem-estar, a autoestima reflete muito nisso”, esclarece.

Depois de 29 anos de medicina, ela decidiu estudar de novo e seguir a carreira de maquiadora profissional. “Tudo que você faz que te da prazer é de certa forma glamouroso”, acredita.

Do outro lado, no curso de cabeleireiro, Laura Vasconcelos Lopes Pomini, 35 anos, decidiu deixar um pouco de lado a empresa da família e focar no crescimento pessoal. Na brincadeira toda ainda levou a irmã. “Sempre tive loucura de fazer um curso de cabeleireiro, mas acabei adiando porque não queria deixar meu marido sozinho na empresa. Depois de um tempo criamos coragem e entramos no curso. Estamos gostando muito e até pensando em abrir um salão”, conta.

Formada em Turismo desde 2006, Laura acabou se decepcionando com o pequeno campo de atuação da profissão e descobriu no glamour dos salões o seu lugar. “Eu sempre gostei de mexer no cabelo das pessoas, da minha mãe, por exemplo. Lógico que tem um glamour, a família apoia muito até porque são as primeiras cobaias. De complicado mesmo só a colorimetria, que é encontrar a cor ideal para o seu cabelo, o resto é bem tranquilo”, defende.

Para ela, é claro que ainda falta um longo caminho até ser uma das cabeleireiras tops do Instagram, mas não tem problema. “Não chego a ser um Rodrigo Cintra, do Esquadrão da Moda, mas um dia chegamos lá”, brinca.

Segundo César, o glamour da profissão, principalmente do maquiador, é resultado da internet e dos produtos cada vez mais sofisticados. "Ninguém fica sem maquiagem, se você quer celebrar algo na sua vida, você busca uma maquiagem, um penteado, uma escova. Você pensou em sair com seu namorado, seu esposo, você tranquilamente pensa em maquiagem. Maquiagem hoje de acordo com a tecnologia e inovação eu vejo muito essa questão de evidenciar o que é de belo na pessoa", explica. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.