A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

16/07/2015 06:12

Deu trabalho, mas turma que se conheceu aos 6 anos consegue se reencontrar

Naiane Mesquita
O encontro rendeu boas risadas e reencontros do grupo (Foto: reprodução Facebook)O encontro rendeu boas risadas e reencontros do grupo (Foto: reprodução Facebook)

Na foto de 1995 é difícil reconhecer de imediato os rostos, coisa de registro antigo. Mas a turma do 1ª série da escola Turma da Mônica, no conjunto União, estava toda lá. Era a 2ª feira de ciências que a unidade de ensino realizava, o que costumava ser um acontecimento no ensino fundamental da época.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

O resgate do momento aconteceu em meio à procura de Rafael Ruffo por imagens antigas da infância. Quando se deparou com aquele momento, a primeira ideia que o hoje designer de interiores teve foi publicar a foto na internet.

"Só havia uma menina da época que eu consegui marcar, mas a partir desse momento ela começou a marcar mais gente e quando vimos quase todos os rostos estavam completos", se recorda Rafael.

A foto da turma que deu origem ao reencontroA foto da turma que deu origem ao reencontro

Não satisfeito, ele resolveu migrar as pessoas do Facebook para o Whatsapp e assim descobrir o que cada um estava fazendo.

"A foto tinha mais de 20 anos. Era da primeira série, teve aquela curiosidade de descobrir um pouco o que tinha acontecido com aqueles amigos. A maioria não tinha mais contato. Fomos procuramos e achando gente por todo o Brasil, de Limeira, São Paulo, a Manaus e Bahia", afirma.

Com todos ali e os laços sendo construídos novamente, a turma teve a ideia de promover um novo encontro e dessa vez, pessoalmente.

Amanda e Erica se conheceram há 20 anos e só se reencontraram na segunda-feira (Foto: Divulgação/ Amanda Lima)Amanda e Erica se conheceram há 20 anos e só se reencontraram na segunda-feira (Foto: Divulgação/ Amanda Lima)

"Desde quando eu postei a foto já começamos a brincar de fazer uma reunião, mas era só coisa de momento. Teve uma hora que a gente parou e decidiu realmente fazer. Depois de vários acordos fechamos o dia 13 de julho, o salão e até a decoração, que foi da Turma da Mônica", explica.

A decoração foi em homenagem ao nome da escola onde todos estudaram, inclusive, o empenho da turma foi tão grande que até a diretora e os professores da época resolveram participar.

"Foi emocionante, muitos eu reconheci pelo Whatsapp, pela foto que mandaram deles e das famílias que construíram. Mas, outros foram lá na hora mesmo. Quando diziam o nome eu lembrava que criança que era", diz a diretora da escola, Cleodoci Andrade de Araújo, 56 anos, mais conhecida como tia Doci.

Em 27 anos de escola, ela diz que nunca houve uma reunião de uma turma da primeira série. "Depois que postei no Facebook começou a chover de gente querendo fazer encontro também. Fiquei surpresa, mas decidi que é melhor uma festa geral, se não vai ser muita comemoração", brinca.

Uma das surpresas da festa foi a jornalista Amanda Lima, 27 anos, que veio de Juazeiro, na Bahia, para encontrar os amigos. "Para nós foi mais divertido e para as professoras mais emocionante. Algumas até choraram", conta.

Amiga de infância de umas das convidadas, ela afirma que foi especial redescobrir o caminho que cada um traçou nos últimos 20 anos. "Eu tinha uma amiguinha, a Érica. Foi muito bom revê-la. O reencontro aproximou todo mundo. Terça-feira teve até uma despedida para mim, que os colegas organizaram para a gente conversar e brincar ainda mais", diz.

Curta a página do Lado B no Facebook.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.