A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

12/11/2013 08:59

Doméstica vira dona de padaria e sarau ao trocar Campo Grande por distrito

Anny Malagolini
De empregada doméstica, a mulher de 43 anos passou a ser dona de padaria, a “El Shadai”. (Fotos: Cleber Gellio)De empregada doméstica, a mulher de 43 anos passou a ser dona de padaria, a “El Shadai”. (Fotos: Cleber Gellio)

Percorrendo o caminho inverso de quem sai do interior para a Capital em busca de oportunidades, os campo-grandenses Jaqueline Bed e Jorge Faria se mudaram para Piraputanga, para no sossego ser donos do próprio nariz.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Ela hoje é dona de padaria, ele de um bar, ambos são personagens de uma transformação e tanto, apesar da distância pequena entre a cidade e o distrito na beira do rio.

Como jornalista já tem fama de boêmio, Jorge decidiu assumir a fama, mas não foi só isso, garante. “Me apaixonei”. O motivo: a beleza de Piraputanga. Há mais de 20 anos, ele se mudou com a família e ali comprou uma pequena propriedade rural, onde montou o "Bar do Jorge".

Ele conta que decidiu, depois de trabalhar no caos de uma redação, na época, sem muitos recursos. “Para fazer uma ligação interurbana era preciso esperar uma semana”, relembra, sobre a dificuldade de comunicação em Campo Grande.

Ao conhecer Piraputanga, se encantou com a simplicidade e a bondade das pessoas. “Na cidade grande as pessoas são difíceis, um atrapalha o outro, não tem sossego”.

Como jornalista já tem fama de boêmio, Jorge decidiu assumir a fama e montou um bar.Como jornalista já tem fama de boêmio, Jorge decidiu assumir a fama e montou um bar.

Para Jaqueline, o que mais conta é a possibilidade de melhorar. De empregada doméstica, a mulher de 43 anos passou a ser dona de padaria, a “El Shadai”. Há seis meses, ela trocou Campo Grande por Piraputanga e colocou em prática as receitas que eram feitas só para a família, desde pão, doces, até broa de milho.

Jaqueline conta que ela, o marido e os 4 filhos chegaram a trabalhar em fazenda, no município de Terenos, por dez anos. De volta a Campo Grande, o jeito foi se virar como empregada doméstica.

Tudo começou a melhorar quando um sobrinho sugeriu a sociedade, para que montassem juntos algum negócio em Piraputanga, já que o local recebe muitos turistas e as opções para comer são poucas.

A sociedade não deu certo, mas mesmo assim, Jaqueline conta que resolveu investir no distrito e comprou o ponto onde já funcionava uma padaria. Virou empresária por apenas R$ 35 mil, pagos em prestações de R$ 1,6 mil.

Com acesso apenas a uma frequência de rádio, sem internet e telefone, a vida no distrito é voltada ao trabalho, mas Jaqueline não reclama. “A vida aqui é melhor, tenho segurança e sossego”.

Quem não gosta muito é uma das filhas, Camila Rosa da Silva, de 18 anos. Para uma jovem, a “paradeira” do lugar assusta, mas ela jura que a preocupação também é com o futuro. “Quero estudar e aqui não tem onde ir. Sinto falta”, reclama.

Para animar os moradores, Jaqueline criou um sarau. Ao menos uma vez no mês, moradores se reúnem em frente à padaria, com violões, e a “cantoria” segue até a madrugada na "El Shaddai".

Mãe tem vida melhor, tranquilidade e sossego. Já a filha diz que a 'paradeira' do lugar assusta.Mãe tem vida melhor, tranquilidade e sossego. Já a filha diz que a 'paradeira' do lugar assusta.



Frequento PIRAPUTANGA a 12 anos pois e a cidade natal de meu sogro, sempre observei varios talentos "escondidos" lá, quando minha tia comprou a PADARIA ... vi a oportunidade de mostrar para os turistas e para os proprios moradores esses talentos então idealizei o " SARAU EL SHADAI", que graças a DEUS tem dado muito certo... e lembro ainda dias 16/11/2013 proximo SARAU...CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS... PARABENS TIA BEDA E TIO ELI E AO SEU JORGE... GRANDES EXEMPLOS....
 
ROBSON ARANTES em 15/11/2013 17:35:14
Vi a reportagem do Ademir, sua esposa e filhos, todos meus conhecidos e tenho certeza que se tratam de pessoas de bem, trabalhadores e que merecem o sucesso que têm.

Quanto à Padaria e ao Bar do Jorge, acho que os conheço de boa fama, porém faço questão de prestigiar ambos os lugares em minha próxima visita e será um prazer grande conhece-los e certamente ouvir boas histórias desse paraíso que é Piraputanga.
 
José Roberto Marin Ferraz em 13/11/2013 14:23:36
Jorge Farias , no meu entendimento, já é parte do patrimônio público de Piraputanga. rsrs. Homem inteligente, dono de uma voz belíssima e sempre atento a tudo aquilo que acontece na região, faz de seu "calçadão" um lugar de parada obrigatória. Lá todos podem saborear os deliciosos pastéis da Dona Lourdes ou até mesmo deliciosas porções de peixe, preparados com o maior carinho. Se tem alguém que ama Piraputanga, essa pessoa é o Jorge Farias.
 
Delair barbosa Salles Marzola em 13/11/2013 12:07:16
Primeiramente quero parabenizar o Campo Grande News pelas duas matérias que fizeram sobre esse lugar que é maravilhoso "Piraputanga" aconselho a todos visitar esse distrito lindo de pessoas do bem um encanto que só passando por lá para saber um grande abraço a todos piraputanguenses e me considero um até porque sou apaixonado por Piraputanga, um grande abraço a todos amigos que por lá tenho.
 
Leilson Silva em 12/11/2013 16:23:40
parabéns tia ...que essa padaria tenha muito sussesso ..vai bombar com o sarau...conta com nois..que deus abençoe muito sua padaria ...piraputanga merece pessoas especiais como vcs...
 
flavia gisele carvalho da rocha em 12/11/2013 15:57:24
piraputanga e minha terra natal..lugar abençoado..pessoas maravilhosas como a dona da padaria que e minha irmã ..tudo que ela faz e com muito carinho..atendimento dez ...que deus continue abençoando...
 
sonia teixeira carvalho em 12/11/2013 15:54:32
parabens, pela reportagem, conheço o sr. Jorge, dono do bar,onde há uma cervejinha geladinha, vale apenas, inclusive nasci em Piraputanga, mais precisamente no prédio da estação ferroviária
 
waldemar gomes de carvalho junior em 12/11/2013 15:22:10
quero dizer que também conheço este lugar maravilhoso pois eu amo Piraputanga o meu pai já deve uma casa ai e o senhor Jorge eu sei quem é, só quero parabeniza a Jaqueline por de escolhido o luga muito bom as pessoas são todas maravilhosas.sempre confiante.
 
rosimeire gomes morais em 12/11/2013 13:59:04
Grande Jorge Faria. Tanto ele quanto sua esposa, pessoas maravilhosas. Nada melhor que sentar em baixo daquela sombra deliciosa e saborear aquela cerveja geladissima do Calçadão do Jorge apreciando a paisagem maravilhosa. Grande Abraço amigo Jorge Faria. Em breve estarei aí com a família.
 
João Teixeira em 12/11/2013 13:32:30
Um grande abraço pra você Jorge Faria, qualquer hora passo novamente por ai pra te rever. felicidades eternas pra ti e sua família.
 
Wilson Galeano em 12/11/2013 13:26:03
Bela matéria, é isso aí, muito bom ler coisas da nossa gente, nossa terra!
O "Calçadão do Farias" é parada obrigatória pra quem chega ou para quem sai de Piraputanga. Já perdi as contas do tanto de cerveja que já bebi ali, na grandiosa sombra do pé de Sete Copas.
Os pastéis da Dona Lourdes são o máximo e quem ali sentar, terá o prazer de conversar por horas com esse simpático homem, conversa agradável, sempre muito bem informado sobre tudo que acontece na região e no estado, um exímio homem público.
Sempre que posso, visito o amigo Farias, vale a pena visitar Piraputanga e sua gente.
 
Juliano Vaka em 12/11/2013 12:34:01
Piraputanga, cidade Natal de minha mãe Gerci, mais conhecida como Gel, cresci visitando aquele distrito, não troco minhas férias lá, por lugar nenhum, eu, meu filho Jhonny e meu esposo Osmar amamos aquele lugar, quanto a padaria tudo é maravilhoso, principalmente aquele sanduíche com ovo feito na hora...adorooo...
 
Maura Rivarola em 12/11/2013 12:26:33
Conheço o Jorge e a Padaria, são impares em se tratando de Piraputanga, com todo o esforço "deles", fazem com que o distrito seja "humanizado" e "agitado", porém creio que seria interessante o pessoal de Aquidauana "prefeitura", em épocas de festas e feriados, dar uma atenção especial para aquele lugar que aumenta a população consideravelmente.
participei do carnaval lá neste ano, e falo que foi muito legal. porém a "bandinha" que ate tive o prazer de tocar por algumas horas, foi patrocinada por um local, o sr. Saliba, e este deveria ser feito pelos orgão gestores. mas isso e assunto para outra hora.
Parabéns pela matéria.
 
Marcio Barbosa em 12/11/2013 11:12:09
A matéria faz justiça a outras duas personalidades ímpares de Piraputanga. Ao pãozinho quente buscado bem cedinho, e à figuraça que é Jorge Farias, dono do espaço "geladooo" mais bonito do local. Não há como não se encantar com a vista maravilhosa, as histórias antigas de personagens da vila contadas pelo Jorge e ao pastelzinho divino que sua esposa nos brinda. Sem falar que no último carnaval, o "calçadão do Jorge" parou Piraputanga, com a turma do Saliba agitando todas. Parabéns ao Jorge e esposa pelo atendimento e simpatia maravilhosos.
 
Paulo Roberto em 12/11/2013 10:05:49
PARABENS, VOCES MERECEM,POIS O PAO OS SALGADOS SÃO UMA DELICIA, O ATENDIMENTO EXCELENTE,SEMPRE COM UM SORRISO E DE BEM COM A VIDA, AINDA MAIS NESTE PARAISO QUE É PIRAPUTANGA, ONDE A NATUREZA É O CARTÃO DE VISITA.
 
ELIZABETH TORRES LEITE em 12/11/2013 09:29:29
Parabéns , vocês merecem destaque e serem lembrados, pois a dedicação de vocês é muito boa, o pão é uma delicia, salgados e etc. o atendimento excelente, gentil e atenciosos sempre sorrindo para a vida ainda mais neste paraíso que é Piraputanga.Felicidades.
 
ELIZABETH TORRES LEITE em 12/11/2013 09:23:49
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.