A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

20/08/2013 06:09

Homem acolhe morador de rua, aprende com ele uma profissão e se torna empresário

Graziela Rezende
Empresário criando novas peças. Foto: Simão NogueiraEmpresário criando novas peças. Foto: Simão Nogueira

O olhar minucioso ao colar a espuma de um novo sofá jamais revela como Antônio Donizetti Ferreira, 50 anos, aprendeu a profissão. Sem qualquer curso para aprender a tapeçaria, ele “estuda” novas estampas e cria peças decorativas. Mas o curioso nessa história é que ele aprendeu tudo em 90 dias, com um morador de rua, que um dia bateu em sua porta e foi bem recebido.

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

“Ele foi um filho de Deus que apareceu na minha vida. Se tem alguém que preciso agradecer nessa vida é ele, que me ensinou e garantiu o sustento da minha família”, diz o dono da tapeçaria. O encontro dos dois ocorreu anos após Donizetti sair da roça, com 15 anos de idade, para trabalhar como eletricista e servente de pedreiro.

“Estava trabalhando na cidade, quando conheci minha esposa, que sempre foi costureira. Nós estávamos em casa, aqui em Campo Grande, quando bateu em nossa porta um mendigo, pedindo comida no horário do almoço. Ele retornou mais tarde e pediu janta. No outro dia, a mesma coisa, só que ele também pediu para pousar em casa e contou parte da sua história”, comenta o empresário.

Na época, há 35 anos, Donizetti fala que o homem estava embriagado e era usuário de drogas, porém mesmo assim a família não teve medo de dar abrigo a ele. “Ele contou que por conta do vício foi expulso de Bauru (SP), onde tinha mulher e filhos, só que sempre foi tapeceiro. E aqui ele arrumou um trabalho, mas não tinha dinheiro para se manter e o que recebia gastava com cachaça e droga. No terceiro dia, me convidou para conhecer o trabalho dele e me ensinar tudo”, relembra o empresário.

Foram 90 dias intensos, que ele aprendeu a montar sofás, bancos, cortinas, pufes e diversas peças. “Ele me ensinou a fazer os cortes, montar, colar a espuma e todo o acabamento final. A partir daí trabalhamos juntos por três anos, porém ele disse que voltaria para São Paulo e, após 30 anos, ele veio me fazer uma única visita”, comenta o empresário.

Nas três décadas, muitas coisas ocorreram. Com a esposa costureira, eles abriram um negócio. “Tinha um decorador que encomendava peças da minha mulher, porém ninguém fazia os sofás. Aí montamos a nossa loja. Mudamos seis vezes de local e há nove anos estamos aqui. Já cheguei até a me aventurar em Campinas (SP), mas aqui é o meu lugar”, fala o empresário.

No seu salão, localizado na rua Amazonas, a criatividade aflora. As peças vão desde pequenos bancos para piscina, sofás, colchas com estampa de zebra e até um conjunto de mesa e cadeira “de oncinha”, que chama a atenção de quem passa. “Acho que dá pra quebrar o galho, é melhor que muitas lojas de móveis de Campo Grande”, defende o empresário.

 

Peças a mostra na pequena fábrica do empresário. Foto: Simão NogueiraPeças a mostra na "pequena fábrica" do empresário. Foto: Simão Nogueira



Os moradores de rua poderiam ter mais ajuda, principalmente dos nossos governantes, tratamos como marginais, quando na verdade são seres humanos, esperando uma oportunidade!!!!
 
Ricardo Jacquet em 20/08/2013 18:14:21
PARABENS PELO SEU ATO DE AMOR, POIS NESTE MUNDO DE TANTA MALDADE TEMOS MEDOS DE TUDO, E DE TODOS, FOI UM ATO DE AMOR , E MUITA CORAGEM . O AMOR FALOU MAIS AUTO PARABENS DEUS USA QUEM ELE QUER E COMO ELE QUER , UM FOI BENÇAO PARA O OUTRO
 
elizabeth vargas em 20/08/2013 16:10:58
Parabéns seu Antônio e familia, fazei o bem sem olhar a quem. Jesus se apresente de forma diferente.PARABÉNS.
 
Adalberto Ferreira Tenório em 20/08/2013 15:12:38
Magali Santana, respondendo sua pergunta, essa tapeçaria fica na rua Amazonas esquina com a Rua Espírito Santo. (não sei o numero)
 
Willian Santos em 20/08/2013 15:06:50
DEUS SABE O QUE FAZ, PENA QUE OS GOVERNANTES, NÃO ASSIMILAM, UM EXEMPLO DESSE, DA OPORTUNIDADE A TODOS, ASSIM, NÃO TERÍAMOS LADRÕES, SÃO SERES HUMANOS DESPREZADOS, AGUARDANDO UMA OPORTUNIDADE, NÃO SE DESESPERE, DEUS VEM, SE PREPARE, SEJA AMOROSO, DE MENTE E CORAÇÃO, QUE A OPORTUNIDADE CHEGA, EXCELENTE EXEMPLO, QUE DEUS ABENÇOE.
 
PEDRO BRAGA em 20/08/2013 14:47:04
Emocionante sua história sr Antonio, com certeza Deus nunca vai esquecer a acolhida que deu ao mendigo. Sucesso!!!
 
Loíde Pereira da Silva em 20/08/2013 13:43:52
O mundo está precisando de muitos Antônios.
É bom saber que ainda existe pessoa assim nesse mundo egoísta e incrédulo.
 
kenia araujo em 20/08/2013 12:05:58
Podíamos promover um encontro entre os dois, seria muito bacana saber que o "mendigo" voltou pra sua sua família, que ele também teve um final feliz. Sucesso Sr. Antônio!
 
Katia Guilherme em 20/08/2013 10:40:24
belíssima matéria mas ficou faltando o numero do comercio, foi citado somente rua amazonas, poderiam nos informar?
 
magali santana em 20/08/2013 10:34:40
Parabéns Antonio meu amigo. Sucesso. Abração.
 
Fernando Sanches em 20/08/2013 10:30:11
"NÃO VOS ESQUEÇAIS DA DA HOSPITALIDADE,PORQUE POR ELA ALGUNS , SEM SABEREM HOSPEDARAM ANJOS" . HEBREUS 13:2.
 
Genivaldo Caitano em 20/08/2013 10:20:18
Pequenos gestos, fazem Grandes diferença em nossa Vida!!! Parabéns pela sua atitude
 
Joel Genaro Martinez em 20/08/2013 09:57:00
A bondade do Senhor dura para sempre
Tudo vem de suas mãos é o soberano
Deus
Eu entrego a ti meu sacrifício de louvor
Fruto dos lábios que confessam o teu
nome
Tú es Deus Tremendo que os céus não
podem conter
Pois tua glória Senhor está em todo lugar
TUDO QUE HOJE DEVERIA DE APLICADO E A BONDADE,E POR MUITO AMOR NA VIDA,ASSIM UM MUNDO SERIA MELHOR QUE A HISTORIA DESTE SENHOR,COMO A AQUELA EMPRESARIA ,ASSIM TALVEZ OUTRAS PESSOAS QUE NÃO ESTEJA EM EVIDENCIA,NA MÍDA,PARECE QUE OS VALORES MORAIS MUDARAM,O QUE A GENTE VE SÃO TRAGEDIAS, CORRUPÇÃO E QUE MAIS DA AUDIÊNCIAS, OU EU ESTOU SENDO INJUSTA?obrigada
 
Margarida Gomes Jara em 20/08/2013 09:51:51
Deus usa as pessoas de várias formas? Deus compensou o amor ao próximo? Sério mesmo? Não são raros casos parecidos com este em que uma pessoa bem intencionada acolhe outra e o desfecho não é tão feliz quanto esse. Parabéns ao senhor Antônio pela caridade, iniciativa e visão de aproveitar uma oportunidade. Não confundam esforço e dedicação com recompensa divina.
 
Fernando Silva em 20/08/2013 09:49:06
Parabéns Antonio e família,como seria diferente se nossas autoridades agissem assim,indagando cada morador de rua sobre o porque estão ali morando e o que sabem fazer,e encaminhando os mesmos para uma vida melhor,com certeza iriam se surpreender.
 
Teresa Moura em 20/08/2013 09:24:55
Parabéns , Deus compensou o seu amor ao próximo.
 
Maikelly soares serpa em 20/08/2013 08:27:11
parabéns ao empresário,se cada um fizer a sua parte, teríamos um mundo bem melhor e menos individualista.
 
osvaldo willian da silva em 20/08/2013 08:23:50
"Dai e recebereis", isso é bíblico, logo é certo. Lindo exemplo de coração desse casal, solidariedade e confiança. Disso que precisamos mais atualmente, confiar, valorizar o ser humano quando nem ele mesmo se valoriza mais. Os vícios tiram a auto confiança e auto estima de pessoas muito talentosas e é nesse momento que precisam de um coração semelhante ao de Jesus que acolhe e ame o próximo. Parabéns e sucesso a esse casal!
 
Vânia Ramos em 20/08/2013 08:11:41
Deus usa as pessoas, de varias formas.....
 
luiz carlos em 20/08/2013 06:48:21
AS OPORTUNIDADES SURGEM A CADA DIA EM NOSSAS VIDAS, E ESTA VOCE SOUBE APROVEITAR SEM MEDO DE ABRIGAR UM ANDARILHO, E APRENDER A PROFISSAO COM ELE, E TEM MUITOS NESTA VODA DE RUA EXCELENTES PROFISSIONAIS E MUITOS COM CURSO SUPERIORES VAGANDO NA SUA PROPRIA ESCURIDAO DE SUA VIDA PERDIDA NAS GRANDES FRUSTAÇÕES DE NOSSAS VIDAS................... PARABENS ANTONIO DONIZETI
 
CARLOS SANTOS em 20/08/2013 06:45:37
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.