A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

16/09/2013 06:41

Patinação ocupa ginásio e vira alternativa para quem não suporta musculação

Anny Malagolini
Aulas de patinação até para quem quer começar do zero (Foto: João Garrigó)Aulas de patinação até para quem quer começar do "zero" (Foto: João Garrigó)

Para movimentar o corpo e fugir da rotina das academias, um exercício que lembra brincadeira de criança virou alternativa. Em Campo Grande, mulheres acima dos 40 anos buscaram nas 4 rodas da patinação uma forma diferente de manter a boa forma e conseguiram.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

Há quase cinco anos, três vezes por semana, uma das quadras do ginásio Poliesportivo Dom Bosco fica tomada pela diversão da patinação artística, sob orientação do advogado André Valnei da Silva, de 38 anos, que é patinador.

Ele é gaúcho e conta que em Porto Alegre o esporte é popular. Quando veio para Campo Grande, se surpreendeu com a falta de um espaço para o treino e decidiu, por conta própria, alugar uma quadra para patinar sozinho e não perder a técnica. Amigos de amigos foram se aproximando e não demorou muito para surgir um grupo. “Achei estranho não tem nada de patinação aqui, no Rio Grande do Sul é tão comum”, conta ainda espantado.

Rebeca, com 49 anos, arrisca algumas manobras(Foto: João Garrigó)Rebeca, com 49 anos, arrisca algumas manobras(Foto: João Garrigó)

Hoje, o grupo tem 20 participantes, com alunos a partir dos cinco anos de idade.

Ele comenta que a maioria das alunas chega até as aulas com a ideia fixa de queimar calorias. “Todo quer emagrecer e acabar com a celulite”. Para a alegria de quem também busca melhorar a silhueta, o professor afirma que o esporte é uma das melhores formas de tonificar o corpo, já que ajuda na definição muscular, principalmente das coxas, pernas, glúteos, abdome e costas. Uma hora de patinação chega a queimar 800 calorias.

Na quadra, a diversão é levada a sério e, antes de subir nos patins e dar inicio as acrobacias é preciso fazer um longo exercício aeróbico e fazer uma série de contração muscular, mesmo método utilizado no Pilates.

Nas aulas são ensinadas técnicas artísticas com três elementos: figuras, saltos e giros. As alunas, mesmo aquelas que nunca subiram nos patins, são estimuladas pelas lembranças da infância e só. “Chegam sem nenhuma experiência, realmente começam do zero, mas isso não é problema”, comenta.

Os quase 50 anos e os olhares atravessados dos filhos de 16 e 22 anos não impediram a funcionária pública Rebeca Rodrigues de entrar para a patinação. Há 4 anos treinando, hoje ela é uma das que se destacam.

Ela conta que descobriu as aulas por acaso e movida pela curiosidade foi até a quadra. “Achei lindo, e eu nunca tive oportunidade. Quando eu era criança tinha aqueles patins, Bandeirantes”, comenta.

A boa forma com as aulas de patinação é evidente e hoje a musculação é dispensada. “A idade tem limitação, mas não há nada que eu não possa fazer”.

Outra aluna é professora universitária Geisa Helmond, de 45 anos. Brasiliense, ela conta que já praticou patinação no gelo, mas na Capital, pela falta de pista para a outra modalidade, decidiu encarar a quadra e viu ali um novo esporte. “As pessoas acham graça, mas eu vejo como um esporte”.

Quem quiser começar a treinar, vai pagar a partir de R$ 350,00, custo que pode chegar a 4 mil reais, mas André explica que os modelos mais caros são ideais apenas para competições profissionais.

A mensalidade custa R$130,00 e as aulas tem duração de 1 hora, as segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 19 horas. O treino ocorre no Ginásio do Dom Bosco, na rua 14 de julho, 5.200, no Monte Castelo.

Geisa, de 45 anos, trocou a patinação do gelo pela das quadras (Foto: João Garrigó)Geisa, de 45 anos, trocou a patinação do gelo pela das quadras (Foto: João Garrigó)



Amo este esporte e so tive a oportunidade de iniciar a aprender depois de muitos anos-
Gostaria de saber se tem turmas para in line tb?
Aguardo contato.
 
simone Terra em 13/01/2014 19:17:29
adorei, amo patinar, estou com 38 anos, mas aqui na minha cidade, governador valadares, MG, não há nada sobre patinação, até comprei outro patins para mim, encomendei nos eua, pois aqui nem acha para comprar e gosto desse de patinaçao artistica. André Valnei da Silva, não conhece ninguém por aqui para ter a mesma idéia sua? a patinação precisa ser divulgada no nosso país.
 
joelma alves em 04/11/2013 17:25:34
Quem quiser andar de Patins in line, temos um grupo de patins de Campo Grande, andamos na orla morena, mais informações https://www.facebook.com/pages/Patins-Campo-Grande-MS/548554161857772
 
Felipe Valdameri em 26/09/2013 18:21:59
é muito legal, mas não substitui a musculação de jeito nenhum, especialmente depois dos 40, quando se perde massa magra c/ muita facilidade. Queima umas calorias e tal, mas duvido quem ganhe massa muscular patinando ...
"Não vou muito longe p/ quem publicou isso ai em cima, mas compara o corpo de uma patinadora c/ o corpo de uma fisiculturista, compara a coordenação motora de uma patinadora, os batimentos cardíacos e todo um todo, nem vou falar de respeito pelo seu próprio corpo, se notar não se vê em competições de patinação atletas caírem em exame de anti dopping pq são muito mais disciplinados não tendem a usar esteroides e anabolizantes, e outra o objetivo de quem patina não é encorpar pelo contrario, então quem comentou isso precisa rever mais o que se escreve antes de falar besteira"
 
Marden Cesar em 17/09/2013 08:41:35
Quem quiser entrar em contato basta ligar para o telefone 067-8451-6754.
 
André Volnei da Silva em 16/09/2013 22:08:03
é muito legal, mas não substitui a musculação de jeito nenhum, especialmente depois dos 40, quando se perde massa magra com muita facilidade. Queima umas calorias e tal, mas duvido quem ganhe massa muscular patinando ...
 
Cassia A. Souza em 16/09/2013 21:19:27
e lindo de ++++
 
edival de melo em 16/09/2013 13:21:23
Nossa eu amei, sou apaixonada por patinação! Gostaria de saber se há também a modalidade in line? Qual o telefone para contato?
 
Vanessa Chaves em 16/09/2013 09:58:48
Na UFMS todo sábado à partir das 14 hs tem o Roller Derby também (voltado ao público feminino). Detalhe: É GRÁTIS.
Mais detalhes https://www.facebook.com/pages/MEAT-Machine/532113516835129
 
Edson Bobadilha em 16/09/2013 08:37:48
Manda o nº do telefone, achei d+.
 
Edinalva Garcia em 16/09/2013 08:32:05
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.