A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

31/03/2014 06:25

Placas do Texas e da Flórida em Campo Grande? 140 veículos vieram de longe

Paula Maciulevicius
As placas de fora estão em carros de passeio, caminhonetes, trailers e carretas.As placas de fora estão em carros de passeio, caminhonetes, trailers e carretas.

Texas, Flórida e Acapulco, no México. Nos últimos dias os campo-grandenses se depararam com placas de carros que vieram de longe, muito longe. Além das cidades escritas, os próprios modelos, alguns ‘incomuns’ por aqui, chamaram atenção. O Lado B só foi descobrir de onde vinham nesta sexta, depois da estreia do circo Tihany Spetacular, nos altos da avenida Afonso Pena.

Veja Mais
Na passagem do circo pela cidade, bailarina largou tudo e fugiu com espetáculo
Circo inspirado em Las Vegas e Broadway terá aparição de helicóptero no palco

As placas de fora estão em carros de passeio, caminhonetes, trailers e carretas. No total, é uma frota de 140 veículos particulares de funcionários ou que trazem todo o espetáculo sob rodas. Como o circo é montado em Las Vegas, os proprietários dos carros moram nos Estados Unidos e México e viajam de carro para cada cidade onde a temporada for passar.

Não é só o nome que desperta curiosidade. As placas são diferentes das brasileiras, são coloridas, com imagens que fazem referência do Estado de onde vieram e uma sequência de letras misturadas aos números.

Placas diferentes: além da cor, misturam letras e números.Placas diferentes: além da cor, misturam letras e números.
E mostram a nacionalidade de cada motorista, bem como a diversidade que compõe o circo. E mostram a nacionalidade de cada motorista, bem como a diversidade que compõe o circo.

As identificações traduzem o que o circo é, rico em nacionalidades. Na turnê “AbraKdabra”, são 68 artistas de 25 países recrutados em festivais internacionais de Monte Carlo, Paris, Budapeste, China e Moscou.

“Traz a diversidade, dá uma ideia de onde as pessoas são”, comenta o relações públicas do Tihany, Enrique Alvarado.

Pode até ser que os motoristas vejam os carros pela cidade andando em comboio. No entanto o mesmo não acontece pelas estradas do Brasil. Enrique explica que o circo não faz caravana. “Cada um tem seus hábitos, seus horários, uns preferem sair mais cedo, outros não”, relata.

Entre os veículos estão Dodge Ram, Jipe, Nissan, Ford e Mercedez Bens. Já os trailers são todos americanos. Em cada País que o Tihany adentra, os carros passam pelo processo de importação. O mesmo acontece em cada saída, afirma o relações públicas.

Mistério revelado, a diversidade do circo está além das placas. O Tihany está nos altos da avenida Afonso Pena, com as seguintes sessões: terça a quinta: 20 horas; sextas, sábados e feriados: 16 e 20 horas e aos domingos: 11:00, 15:00 e 19:00. Os ingressos podem ser comprados na bilheteria meia hora antes de cada espetáculo e saem a partir de R$ 40 até quinta e de sexta a domingo, com preço mínimo de R$ 50.

Entre os veículos estão Dodge Ram, Jipe, Nissan, Ford e Mercedez Bens. (Fotos: Elverson Cardozo)Entre os veículos estão Dodge Ram, Jipe, Nissan, Ford e Mercedez Bens. (Fotos: Elverson Cardozo)
Ônibus com placa da Florida faz parte da frota do circo (Marcos Ermínio)Ônibus com placa da Florida faz parte da frota do circo (Marcos Ermínio)



Legal. E mostra como o Brasil, contrario a Europa, é pouco acostumado a ver carros estrangeiros rodando. No entanto, não entendei: "Em cada País que o Tihany adentra, os carros passam pelo processo de importação. O mesmo acontece em cada saída".
Conforme o tratado de Vienna de 1968, turistas podem sempre rodar em outro pais (quando signatorio do tratado) sem importação/exportação. É só passar a fronteira e ter os documentos do carro. Se eu viaje para Argentina ou Paraguay por exemplo, não tem necessidade de importar meu carro la. O que não pode é ser residente de um pais, e usar carro com placas de outro pais. Ai sim é necessario fazer a importação (alias, em Brazil, importar veiculo usado -exceto reliquia- é proibido; nem pessoa fisica, nem pessoa juridica pode). Veja o site do Detran.
 
Marc Boncz em 31/03/2014 13:38:06
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.