A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

17/10/2011 09:06

Ilha do Padre fecha em Bonito e dono agora se dedica à luta contra o celibato

Ângela Kempfer
Ilha do Padre, à venda por R$ 6 milhões. (Foto: Divulgação).Ilha do Padre, à venda por R$ 6 milhões. (Foto: Divulgação).

Com 2,6 hectares, um dos principais pontos turísticos de Bonito está fechado há um mês e meio. Os passeios não são mais vendidos a quem quer conhecer a Ilha do Padre. Apenas desembarque de botes é permitido pelo dono, o padre Roosevelt de Sá Medeiros, que agora diz se dedicar apenas a luta pelo fim do celibato na igreja Católica.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

“Cuidei daquilo lá por 40 anos, não vou mais me sacrificar. Cansei de briga, vou tentar vender e pronto”, diz o padre sobre briga com o governo do Estado contra a desapropriação do lugar que recebia mais de 120 mil visitantes por ano.

A história da área começa com processo de usucapião há décadas, mas Roosevelt diz que herdou a área da família e transformou em complexo turístico com dez cachoeiras no Rio Formoso. “Ganhei dos meus pais, como herança, e desde então vivi pela ilha”.

Agora, quem responde pela área são os advogados, diz ele. Até Luan Santana foi apontado como um dos interessados na compram. O padre garante que não. “Nem conheço o Luan Santana, acho difícil ele ter tentado comprar sem que eu ficasse sabendo”.

O pai do cantor sertanejo também nega qualquer interesse. “Não tem nada disso não. O que o Luan já comprou por aí... tá de brincadeira. Um monte de gente já me ligou para perguntar isso, mas é mentira”, garante Amarildo Santana.

Segundo a Agência Ar, uma das principais operadoras de Bonito, até setembro ainda eram vendidos passeios para o balneário.

O secretário de Turismo do Município, Augusto Mariano, conta que os advogados do padre avisaram que, para conforto e sigilo aos candidatos à compra, o dono preferiu fechar o balneário para que os interessados visitassem o local com maior tranqüilidade. “Sabemos que alguns demonstraram interesse, pessoas do Brasil e de fora também”, comenta.

Padre hoje celebra missas pela Igreja Católica Brasileira. (Arquivo)Padre hoje celebra missas pela Igreja Católica Brasileira. (Arquivo)

Na propaganda de venda, a corretora NSA coloca a área como “única”, ilha com 650 espécies de aves, 262 de peixes, 80 espécies de mamíferos, 50 de répteis e 1.7 mil plantas catalogadas e apresenta até o número de borboletas: 1.100.

O padre diz que só vende o lugar por R$ 6 milhões, valor divulgado desde 2003, quando falou pela primeira vez da venda.

Na época, o governo Zeca do PT publicou decreto para desapropriação da Ilha, mas de lá para cá o processo não avançou. “Não houve a regularização, nem o pagamento do proprietário. Então não teve validade”, explica o secretário de Turismo.

O padre também já foi prefeito de Bonito. Um dos episódios protagonizados por ele ocorreu há 8 anos. A Polícia encontrou escondido embaixo da cama de Roosevelt, o ex-presidiário Gilson Pereira Padilha, de 23 anos, com cerca de 70 gramas de cocaína e maconha. O homem acabou acusando o ex-padre tráfico.

Roosevelt foi condenado em primeira instância e excomungado da Igreja Católica, em fevereiro de 2003. Recorreu e acabou inocentado por falta de provas. Em 2006 entrou com ação por danos morais contra o Estado, no valor de R$ 1,5 milhão.

Ao ser excomungado, Roosevelt criou em Campo Grande a Igreja Católica Apostólica Brasileira e no dia 14 de agosto deste ano foi nomeado bispo da congregação, que tem entre as diferenças com os católicos tradicionais a possibilidade de casamento aos padres e aos divorciados.

Desde que fechou a Ilha este ano, o Padre passou a se dedicar a outras causas. Hoje, ele viaja para os Estados Unidos para encontro que vai discutir ações pelo fim do celibato na Igreja Católica Romana. “Essa é minha bandeira. Já há um movimento dentro da própria Igreja Católica Apostólica romana para que o casamento seja liberado e vamos engrossar essa briga”, detalha.

Oito anos depois de colocar a Ilha do Padre à venda, Roosevelt diz não ter um destino definido para o dinheiro da negociação, apesar de ,já ter dito que pensava em construir uma sede da Igreja Católica Brasileira em Mato Grosso do Sul. "Quero me desfazer logo desse problema, só isso", resume.




Eu nasci e me criei em Bonito, me crismei com padre Roosevelt ,conheço a ilha como a palma da minha,lugar lindo maravvilhoso onde tem um toquue DEUS todo especial, fico muito triste em saber quew esta a venda.

 
ELENIR ESCOBAR BARBOSA em 25/10/2011 04:54:23
Olá leitores do Campo Grande News, Dom Roosewelt sempre foi um batalhador, ex-prefeito de Bonito-MS, ajudou elevar a cidade de Bonito como Patrimônio Turistico do Brasil. Sempre sua generosidade e humildade prevaleceram, hoje a Igreja Católica Apostólica Brasileira, fundada em 1945, está presente em muitos países levando o nome de cada país. Roosewelt vai colaborar com a Igreja Brasileira em MS.
 
Padre Wender (IGREJA CATOLICA APOSTOLICA BRASILEIRA) em 18/10/2011 12:13:07
Comentários ocorridos na época davam conta que o decreto de desapropriação foi polítca e seria destinada a pesquisas da UCDB. Credibilidade que não deve ser descartada. Afinal, o governo era do Zeca e o padre estava sendo acusado de alguns crimes e a igreja o condenou. Mesmo sendo absolvido pela justiça o Roosewelt desestimulou-se e aquela maravilha obra da natureza ficou nas mãos do bom senso.
 
JOÃO TRINDADE em 17/10/2011 12:39:32
se o padre desse pra min toma conta daquele lugar numca que ele ia querer vender,
quer vender porq todos que passaram por la só deram dor de cabeça,e tiraram proveito.
Obs pra vc que ta lendo,e conhece o padre fala pra ele não vender,lugar pra ele passa o resto da vida dele em paz.
 
anderson nogueira em 17/10/2011 11:31:36
Suellen se der negócio com o padre eu ainda oferecei uma biz 2002 sem partida elétrica. Acredito que terei a preferência de compra depois dele ouvir minha proposta. Caso eu fique com a ilha contratarei as cozinheiras e farei um preço baratinho para você e outros futuros visitantes. Tenho um Fiat 147 que entra no negócio também. Duvido muito Luan Santana cobrir minha proposta agora.
 
Edmundo Honorato Junior em 17/10/2011 11:29:09
Tivesse prefeito competente e secretário de turismo com visão, tinha que fazer o que os outros prefeitos já fizeram no Balneário Municipal e na Gruta do Lago Azul, manter a desapropriação,que ainda não foi revertida e o muncipio botar o preço que pode pagar, para abrir a area prá população. É um pena que não tem administrador competente em Bonito!!
 
Claudio Trela em 17/10/2011 11:25:06
O governo no interesse de preservar as riquezas natuais do Estado tem a obrigação de agir e de desapropriar o quanto antes a região é tornal o local público como todos deveriam ser, as riquezas naturais deve pertencer a todos e não a uma minoria que acha que pode fazer o que quiser.
 
Junior Souza em 17/10/2011 11:17:26
Edmundo, se ele aceitar casa financiada to na fila também! Mas tem que vir com as cozinheiras de lá que fazem um peixe pra lá de bom!
 
Suellen Kemp em 17/10/2011 11:14:32
Um dos mais belos passeios de Bonito. Tomara que o novo proprietário abra para o público...
 
NILZA FLORES DA ROCHA CARUSO em 17/10/2011 11:10:51
é uma pena se esse lugar for adquirido por alguem que tem por somente a finalidade exploração lucrativa do local, em pouco tempo esse recanto da natura não estará mais belo, o quanto antes.
 
jose carlos silva em 17/10/2011 10:25:00
e uma pena um lugar tao lindo sendo fechado espero que quem compre nao destrua essa naturareza esuberante que e a ilha do padre.
 
katcilene flores em 17/10/2011 10:13:30
A solução pro nosso povo eu vou dar. Negócio bom assim ninguém nunca viu. Tá tudo pronto é só vi pegar (Raul Seixas). Aceita uma casa de Cohab no negócio? Ótima localização, asfalto, água encanada, energia elétrica, parcelas do financiamento em dia. Senhor padre aguardo contato, se não fechar negócio com o Luan Santana, entre em contato. Aguardarei.
 
Edmundo Honorato Junior em 17/10/2011 10:02:00
Senhor padre Roosewelt, por favor, não vende por dinheiro nenhum, aquilo que é teu por direito. Seja perseverante e terás vitória em tuas lutas. Te desejo boa sorte. o senhor merece.
 
Angel Dourado em 17/10/2011 06:51:52
Se eu tivesse R$.6.000.000.compraria esse paraiso e iria viver la,mas e o governo porque não compra e tomba esse patrimonio.ou a prefeitura, depois é so cobrar passeio para turistas "orientados" com guias para não depredar.que lógo o dinheiro retorna. "vigiados"
 
lucas da Silva em 17/10/2011 05:06:22
Edmundo.oferecendo uma biz 2002 sem partida? o Luan Santana não vai ter igual,e eu acho que se voce colocar o fiat 147 no negocio, com certeza o Luan vai cair fóra. eu ofereço uma geladeira,uma tv 20 preto e branco e um carro só esta faltando o chassi,e 4 rodas, o resto esta em perfeito estado.
 
Cezario de Oliveira em 17/10/2011 04:56:40
Vivi por cinco anos (2002 a 2007)em Bonito nesta epoca ja se falava em venda desapropriação ,etc
Poderia a cidade de Bonito tentar a recuperação da area e continuar a visitação dos turistas pois ela bem conservada é um dos locais gostoso e Bonito da cidade
 
Alexandre Peluci em 17/10/2011 04:00:46
Fico triste em saber das atitudes de tal Pe., pois não poderia entrar nesta guerra, mesmo sendo proprietário da região, vejo que deveria aplicar sua teoria à prática, bom senso, caridade, desapego aos bens materiais, enfim, pensar numa melhor solução que irá beneficiar à ele e a comunidade num todo;
 
Ana Paula Fenelon em 17/10/2011 02:01:58
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.