A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

11/11/2016 21:09

Ao som de Marcelo Loureiro, começa o Festival América do Sul Pantanal

Nyelder Rodrigues
Músico sul-mato-grossense é uma das atrações do primeiro dia do Festival em Corumbá (Foto: Divulgação)Músico sul-mato-grossense é uma das atrações do primeiro dia do Festival em Corumbá (Foto: Divulgação)

Começou nesta sexta-feira (11) mais uma edição do Festival América do Sul Pantanal, tradicional evento que acontece em Corumbá - cidade localizada a 419 km de Campo Grande - e reúne diversas atrações, desde músicas, teatro e exposições. Neste ano, o festival será realizado até segunda-feira (14), véspera de feriado.

Veja Mais
Na contagem para o Carnaval, amigos criam coletivo para movimentar cena cultural
Festival América do Sul levará mais de 60 atrações a Corumbá

Hoje, às 22h15, se apresenta na praça Generoso Ponce o músico sul-mato-grossense Marcelo Loureiro, logo após cerimônia de abertura, que ocorre no mesmo local - palco também de mostras diversas - neste momento. Já nos Muhpan (Museu de História do Pantanal), desde às 19h acontece a exposição Obras Recentes, de Edson Castro.

Já no sábado (12), o festival começa cedo, às 8h, com Quebra-torto com letras, no Moinho Cultural Sul-americano. Na vizinha Ladário, a praça Nossa Senhora dos Remédios recebe o circo, com Dandus Acrobático, da Cia. Theastai, e também a música de Cururueiro Sebastião de Souza Brandão, a partir das 9h.

No lado boliviano da fronteira, o teatro chega às 9h com Filhotes do Brasil - Buzum!. Voltando para Corumbá, às 11h, o Sesc Porto Geral realiza a mesa redonda "O futuro das crianças e jovens da América do Sul". No decorrer do dia, diversas outras atrações preenchem a programação do Festival América do Sul.

Às 21h, e música de Jerry Espíndola anima a praça Generoso Ponce. Depois do sul-mato-grossense, é a vez do baiano Carlinhos Brown. No domingo (13), a Genoroso Ponce recebe às 20h o espetáculo "Se você me olhasse nos olhos", do Ginga Cia. de Dança. Depois, Carlos Colman se apresenta, sucedido pelo ritmo chileno de Pascuala Ilabaca e Fauna.

Segunda-feira, último dia do evento que conta com cerca de 15 horas diárias de atrações, será marcada também por intensa programação, aproveitando o feriado no dia seguinte. Fecham o festival Mariene de Castro, que canta na Generoso Ponce às 22h30, e o Boemia Cultura, às 23h59, no Moinho Cultural Sul-americano.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.