A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

03/03/2014 20:32

Bloco "Capivara Blasé" leva para a rua até folião vestido de "Jesus"

Paula Maciulevicius
Entre os animados estiveram Jesus, que foi para a rua abençoar o Carnaval de Campo Grande. (Fotos: Marcos Ermínio)Entre os animados estiveram "Jesus", que foi para a rua "abençoar o Carnaval de Campo Grande". (Fotos: Marcos Ermínio)

O bloco que foi para a rua pela primeira vez neste Carnaval 2014 mostrou que tem folião bem oposto ao ‘blasé’. Em Campo Grande, na Esplanada Ferroviária, nem a chuva da tarde de hoje e nem a queda na temperatura trouxe desânimo aos carnavalescos do bloco “Capivara Blasé”. Teve gente animada, do homem das cavernas até “Jesus”, que saiu de casa com samba no pé e sorriso no rosto.

Veja Mais
Avião de Xuxa faz pouso de emergência após ser atingido por raio
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje

Criado pelo Mercado Cênico, o bloco é uma homenagem ao mamífero que virou figura queridinha da cidade e uma brincadeira com o comportamento da população da Capital, que não generalizando, mas em grande parte, não demonstra reação alguma a nada. Muito pelo contrário, prefere até expor o tédio apenas por afetação.

Rolando desde o final da tarde, no palco já passaram Ana Cabral, Sossega Leão e ainda tocam Juci Ibanez e a bateria da escola de samba Vila Carvalho. Para os foliões que não arredam os dedos do teclado, tem internet com sinal aberto. Uma forma que o diretor do Mercado Cênico, Vitor Samudio, encontrou para chamar quem ainda está em casa.

De homem das cavernas, Patric trouxe o samba da pré-história. De homem das cavernas, Patric trouxe o samba da pré-história.

“É justamente essa interação do bloco, até porque o pessoal fica sabendo é pelo Facebook mesmo, vendo as fotos de quem está aqui, quem não está e quem ainda está por vir”, resume o ator, que neste Carnaval encarnou o ‘farinheiro’, uma versão do pré-candidato à Presidência da República, Aécio Neves. O bloco ainda vai coroar o muso ou a musa Blasé 2014.

Vestido de homem das cavernas, o vendedor Patric Rodrigues Dias, de 29 anos, parecia ter mesmo encarnado o personagem. Volta e meia ele ‘urrava’ para as pessoas ao redor, como se ainda fosse da pré-história e não tivesse uma língua materna. “Está dando um show porque dizem que não existe Carnaval aqui. Mas vai ser daqui para melhor, desde que seja assim, sem briga”, comentava.

A roupa branca, a barba e a coroa de espinhos chamava a atenção e não tinha quem não associasse o professor Leonardo Machado, de 25 anos, a Jesus. Caracterizado como o “Messias”, ele diz que veio para “abençoar o Carnaval de Campo Grande”.

“As pessoas dizem vem cá Jesus, vamos tirar foto. Normalmente faz sucesso, quando o capeta não está perto”, brinca.

Ainda no ritmo do Carnaval, o jovem disse que é onipresente e que precisa estar em todos os lugares. Brincadeiras à parte, “Jesus” defende a festa nos blocos de rua. “Eles estão cada vez mais mostrando espaço. O povo mesmo se reúne em bloco”, finaliza.

A festa acontece na rua Doutor Temístocles, em frente à sede do Mercado Cênico e segue até 23h. Na terça de carnaval, quem encerra a folia em Campo Grande é o Cordão Valu, também na esplanada, a partir das 16h.

A festa acontece na rua Doutor Temístocles, em frente à sede do Mercado Cênico e segue até 23h.A festa acontece na rua Doutor Temístocles, em frente à sede do Mercado Cênico e segue até 23h.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.