A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

03/03/2014 20:32

Bloco "Capivara Blasé" leva para a rua até folião vestido de "Jesus"

Paula Maciulevicius
Entre os animados estiveram Jesus, que foi para a rua abençoar o Carnaval de Campo Grande. (Fotos: Marcos Ermínio)Entre os animados estiveram "Jesus", que foi para a rua "abençoar o Carnaval de Campo Grande". (Fotos: Marcos Ermínio)

O bloco que foi para a rua pela primeira vez neste Carnaval 2014 mostrou que tem folião bem oposto ao ‘blasé’. Em Campo Grande, na Esplanada Ferroviária, nem a chuva da tarde de hoje e nem a queda na temperatura trouxe desânimo aos carnavalescos do bloco “Capivara Blasé”. Teve gente animada, do homem das cavernas até “Jesus”, que saiu de casa com samba no pé e sorriso no rosto.

Veja Mais
Tem de ter coragem para encarar um "The Voice" no Centro de Campo Grande
Quem conhece diz que só preocupação com filho pode manter BBB longe de “tretas”

Criado pelo Mercado Cênico, o bloco é uma homenagem ao mamífero que virou figura queridinha da cidade e uma brincadeira com o comportamento da população da Capital, que não generalizando, mas em grande parte, não demonstra reação alguma a nada. Muito pelo contrário, prefere até expor o tédio apenas por afetação.

Rolando desde o final da tarde, no palco já passaram Ana Cabral, Sossega Leão e ainda tocam Juci Ibanez e a bateria da escola de samba Vila Carvalho. Para os foliões que não arredam os dedos do teclado, tem internet com sinal aberto. Uma forma que o diretor do Mercado Cênico, Vitor Samudio, encontrou para chamar quem ainda está em casa.

De homem das cavernas, Patric trouxe o samba da pré-história. De homem das cavernas, Patric trouxe o samba da pré-história.

“É justamente essa interação do bloco, até porque o pessoal fica sabendo é pelo Facebook mesmo, vendo as fotos de quem está aqui, quem não está e quem ainda está por vir”, resume o ator, que neste Carnaval encarnou o ‘farinheiro’, uma versão do pré-candidato à Presidência da República, Aécio Neves. O bloco ainda vai coroar o muso ou a musa Blasé 2014.

Vestido de homem das cavernas, o vendedor Patric Rodrigues Dias, de 29 anos, parecia ter mesmo encarnado o personagem. Volta e meia ele ‘urrava’ para as pessoas ao redor, como se ainda fosse da pré-história e não tivesse uma língua materna. “Está dando um show porque dizem que não existe Carnaval aqui. Mas vai ser daqui para melhor, desde que seja assim, sem briga”, comentava.

A roupa branca, a barba e a coroa de espinhos chamava a atenção e não tinha quem não associasse o professor Leonardo Machado, de 25 anos, a Jesus. Caracterizado como o “Messias”, ele diz que veio para “abençoar o Carnaval de Campo Grande”.

“As pessoas dizem vem cá Jesus, vamos tirar foto. Normalmente faz sucesso, quando o capeta não está perto”, brinca.

Ainda no ritmo do Carnaval, o jovem disse que é onipresente e que precisa estar em todos os lugares. Brincadeiras à parte, “Jesus” defende a festa nos blocos de rua. “Eles estão cada vez mais mostrando espaço. O povo mesmo se reúne em bloco”, finaliza.

A festa acontece na rua Doutor Temístocles, em frente à sede do Mercado Cênico e segue até 23h. Na terça de carnaval, quem encerra a folia em Campo Grande é o Cordão Valu, também na esplanada, a partir das 16h.

A festa acontece na rua Doutor Temístocles, em frente à sede do Mercado Cênico e segue até 23h.A festa acontece na rua Doutor Temístocles, em frente à sede do Mercado Cênico e segue até 23h.



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.