A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

14/12/2012 07:30

Boteco tem cara de família e velha guarda fazendo o som

Ângela Kempfer e Anny Malagollini
Osni, de branco, toca baixo ao lado dos amigos.Osni, de branco, toca baixo ao lado dos amigos.

A casa de madeira, com uma varada bem de interior, agora é ponto de encontro para músicos da velha guarda em Campo Grande. É um daqueles lugares com alma, com uma atmosfera que por si só justifica chegar e sentar.

Veja Mais
Begèt de Lucena e Mari Depieri são as vozes do Som da Concha de hoje
Festival de Artes começa com público fraco, mas tem vocação para ser resistência

A mesa posta lembra a de uma família e é assim que todo mundo se comporta no “Buteco do Osni”, no bairro Flamboyant, super à vontade.

Na rua principal, depois das 20 horas, o que toca é Música Popular Brasileira. O prato principal é peixe ensopado ou frito, com arroz, pirão e salada. Os bem dispostos podem pegar o prato e se servir sem cerimônia, pelo preço único de R$ 20,00, mas também há petiscos no cardápio.

Na cozinha, Nadir dá o tempero. É a esposa do sujeito que resolveu abrir o boteco depois de anos tocando na noite. Osni dá nome ao bar e a personalidade também. A cerveja é na temperatura que o proprietário gosta e o repertório como ele sempre sonhou em ganhar a vida.

“De repente me peguei tocando com velhos amigos e agora quando vejo o bar cheio fico orgulhoso. É a extensão da minha casa.”

Aos 54 anos, Osni resolveu ter um bar do jeito que sempre imaginou. Alugou o prédio de uma antiga lanchonete, já depredado pela molecada, abriu o “Buteco” há um ano e de quarta a domingo reúne amigos para tocar.

Um deles tem papel importante nesta história. O ex-responsável pela banda da Polícia Militar, “Maestro Assis”. Amigo querido, o senhor de 72 anos sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e com os movimentos comprometidos ficou deprimido. “Então chamei ele para tocar. As pernas não mexiam, mas os braços sim”, conta Osni.

Hoje o maestro toca saxofone ao lado de outros companheiros de música, como Tio Biga, baterista e percussionista que surge do nada em uma noite de quarta-feira com o pandeiro debaixo do braço e pede para tocar.

Ele e Osni são paulistanos e contam que se conheceram na esquina mais famosa de São Paulo, a Ipiranga com a São João. “Era lá onde os músicos se encontravam. Depois, nos reencontramos aqui em Campo Grande”, lembra.

Para a clientela, uma dica, como a maioria já tocou por anos em barzinhos para ganhar a vida, hoje querem ouvir só o que gostam. Por isso, é preciso atenção com os pedidos.

“Sempre pediam sertanejo, por exemplo, e eu tocava. Mas agora quero fazer o que eu gosto”, explica Osni.
A solicitação por “um Chico Buarque” é atendida prontamente, por ser figura fácil no repertório dos amigos músicos.

“A música alimenta nossa alma”, justifica o maestro Assis.

O “Buteco do Osni” funciona de quarta a sexta, das 20h até 24h. Sábado e domingo abre para o almoço. O bar fica na Rua Brasilândia 688, perto da Praça do Flamboyant.

Mesa é posta com peixe frito e ensopado.Mesa é posta com peixe frito e ensopado.



Adoro lugares simples mas com Almaaaaa
 
Alice Cardoso em 07/04/2013 10:53:37
Fui lá ontem 22dez12, no almoço apenas para conhecer e passar uma meia horinha.
Acabei passando toda a tarde lá. A turma musical é excelente....
 
Frederico Valente em 23/12/2012 12:40:10
Eu senti um orgulho imenso em ler essa materia, e ver que o meu pai e o que ele faz esta sendo reconhecido na cidade de Campo Grande, ele é um musico muito talentoso, e reconhecido por todos os lugares onde passa!
Só tenho a desejar mais e mais sucesso a Ele e Nadir!
 
Alissa Pressinato Viana em 22/12/2012 13:29:02
merecemos um lugar assim em !! aqui em nossa cidade temos pouco este tipo de distração !! ou é muito pouco divulgado !!
 
yolanda salomão em 15/12/2012 10:38:56
O lado B sempre com uma boa dica! Valeu!
 
Edson dos Santos Marques em 15/12/2012 05:31:01
maestro Assis é uma referencia musical foi meu maestro na banda da pm
 
Messias neves em 14/12/2012 21:47:31
Muito bom saber que em nosso bairro existe um lugar agradável para curtirmos uma boa música. Agora, só falta a prefeitura fazer a sua parte, a de revitalizar e manter viva a praça do flamboyant, que fica em torno e a frente ao bar do Osni.
 
vera lucia a. dos santos em 14/12/2012 21:34:06
Não Conheço o Bar. Mas sempre procurei um lugar como esse em Campo Grande
e nunca encontrei. Vou marcar com os amigos uma geladinha e boa musica, com certeza.
É disso que os maduros precisamos um bom local failiar, um bom peixe e cerveja gelada.
 
vania silva em 14/12/2012 20:01:27
Angela, parabéns, sempre procurando mostrar coisas maravilhosas da nossa capital. Moro no Residencial Flamboyant e não sabia. Vou lá com certeza prestigiar o bairro, os músicos, o buteco do Osni, curtir música de boa qualidade e encontrar os vizinhos que provavelmente depois desta matéria vão todos também. Um abraço Angela, continue com matérias exclusivas e excelentes para nós leitores. Mil beijos da SORAYAPANTANEIRA!
 
SORAYA AYALA em 14/12/2012 17:47:01
gosto muito da mpb e do perfil do boteco ainda vou lá, quem sabe?
 
Jose Ferreira Filho em 14/12/2012 14:09:48
estou sempre por lá uma excelente pedida praquem curte a simplicidade das coisas e das pessoas, com alegria e felicidade, campo grande carecia de um local assim tranquilo. familiar boa comida ( bom preço) e cerveja gelada.
parabens osni ( aquele jaba passo por ai a noite pre receber) uma abraço, adauto vivendas parque.
 
adauto almeida em 14/12/2012 12:38:18
Parabéns, pela matéria e especialmente para as jornalistas Ângela Kempfer e Anny Malagolini . Sucesso a todos.
 
Celso Saraiva em 14/12/2012 12:27:12
Que legal...tem até o mestre Assis, grande personalidade, sabe tudo de música, é lógico que vou lá curtir.
 
Durval Sabino em 14/12/2012 11:14:31
Com certeza vou lá. Adooooro peixe frito e MPB acompanhando hehehe
 
Maria Lúcia Moreira em 14/12/2012 11:00:24
Curti muito a esquina da Ipiranga com São João, (bar famoso) acho que o Osni sabe tudo de boteco, vou conhecer e certamente virar fregues. justos
 
geraldo justo em 14/12/2012 10:38:45
O lugar é bem bacana, conheço e dou o ar da graça sempre q posso.Indico, a peixada é boa,música de qualidade,cerveja no ponto.
Parabéns a matéria ficou bem bacana!!!
Um gde abraço aos amigos músicos.

Renata Christóforo.
(Prod. cultural/prop. do Bar e Restaur. Madah).
 
renata christóforo em 14/12/2012 10:35:50
Obrigado pela dica, vou sim.. Parabens aos donos do boteco, ao editor que postou no face e as jornalistas Ângela Kempfer e Anny Malagollini.. muito legal, Campo Grande tem disso...valeu
 
José Aurélio em 14/12/2012 10:17:48
Conhecí toda essa turma aí nos aureos tempos. Fui aluno do Mestre Assis de violão , quando ainda era sargento da PM e morava em um hotel alí na Antonio Maria Coelho, abaixo do cine Rialto. O Vandir conheço desde o primeiro Festival da Cançao em CG, no Glauce Rocha no inicio dos anos de 1970(ele ainda era guri)... Bicho, o tempo passou para todos nós. Salve - salve Meus Cumpadís , Vida Longa a Todos Nós !!!!!

 
roberto higa em 14/12/2012 09:43:12
Que bacana, perto de casa, vou prestigiar!
 
Patrícia Nicolau em 14/12/2012 09:39:02
Tô chegando precisamos muito de espaço assim tudo de bom.
 
Meire Pereira de Souza em 14/12/2012 09:14:55
Notívago aposentado, mas ainda vivo e ativo, conheço o Maestro Assis e, provavelmente, devo conhecer o Osni e o Tio Biga. Com certeza, vou conhecer esse mocó.
 
Nei Carvalho em 14/12/2012 09:10:14
Parabéns que Deus esteja sempre perto de vocês abençoando esse lindo lar.
 
Joel Silva em 14/12/2012 08:55:44
Campo Grande, tem varios espaços para nossa geração de cinquentões, tem musicos de
verdade, da para tomar uma cervejinha tranquilo para desopilar o figado, sem a tal da lei seca, que por sinal não sou contra, voces podem notar que todas os boletins de ocorrencia com bebida é da turma dos jovens que curtem o tar de sertanejo universitario, nois veio é mais tranquilo, tem lugar para todos
 
silvio silverio em 14/12/2012 08:49:46
Bom saber que ainda ter bar com musica boa em campo grande...chega de tchu tcha tcha!!!!
 
Murilo Pmbal em 14/12/2012 08:49:05
Não conheço mais vouuuuuuu...
 
nelson aguiar em 14/12/2012 08:41:05
"Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João"
 
gabriel lescano em 14/12/2012 08:38:32
Uma delícia esse bar! Tô indicando pra quem curte música boa e pra quem gosta de ficar à vontade! Matéria linda, Anny!
 
Paula Suebeneichler em 14/12/2012 08:36:39
MUITO BOM..CONHEÇO ESSE BAR,POREM NÃO SABIA QUE ESTAVA NA ATIVA NOVAMENTE E COM UM SOM LEGAL,VOU LÁ COM CERTEZA FICA PERTO DA MINHA CASA!!!
 
maria ligia em 14/12/2012 07:56:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.