A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

27/11/2013 06:44

Com estrutura de concreto, Fábrica onde ficará o Papai Noel será climatizada

Paula Maciulevicius
Ainda sob tapumes, Fábrica de Sonhos vai ter 100 metros quadrados e promete estrutura resistente e que dispensa reformas. (Fotos: Marcos Ermínio)Ainda sob tapumes, Fábrica de Sonhos vai ter 100 metros quadrados e promete estrutura resistente e que dispensa reformas. (Fotos: Marcos Ermínio)

No lugar do Castelo, a Fábrica de Sonhos do Papai Noel. Ao invés da vistosa árvore de Natal, a Fundac (Fundação Municipal de Cultura), decidiu por aumentar a quantidade delas espalhadas pela Cidade, porém em tamanho bem menor. Nas palavras do diretor-presidente da Fundação, Julio Cabral, será um Natal mais criativo e com menos glamour que ganha às ruas de Campo Grande no dia 12 de dezembro.

Veja Mais
Coletivo de DJs organiza festas com música para 'dançar mais e reparar menos'
Com poucas opções, veja onde curtir as festas de fim de ano em Campo Grande

Na Cidade do Natal, a ideia da fábrica é uma adequação ao conceito de que Papai Noel não vive em castelo e sim fabricando presentes. O salão será de 100 metros quadrados, climatizado e com espaço para um palco, que pode ser utilizado em apresentações posteriores. A atual gestão promete que dessa vez, os altos da avenida Afonso Pena não serão lembrados só no Natal e que o local deve ser utilizado para cultura.

Diretor da Fundac fala que este ano, decoração será concentrada em pontos e sai das ruas.Diretor da Fundac fala que este ano, decoração será concentrada em pontos e sai das ruas.

“Um dos motivos de se ter mudado o salão era esse. A fábrica está sendo feita de placas de cimento, para maior durabilidade e poder ser reaproveitada sem necessidade de ter que passar por reforma”, explicou Cabral. Segundo ele, a estrutura pode durar de 5 a 10 anos.

A atração de abertura ainda não foi divulgada, no entanto Julio Cabral afirmou que vai seguir a mesma linha dos personagens infantis ‘Galinha Pintadinha’ e ‘Patati Patatá’. Além da apresentação nacional, artistas regionais devem subir ao palco do dia 12 até o dia 6 de janeiro, quando a magia do Natal volta para a caixa.

Inaugurada em 2008, a Cidade do Natal foi cenário de polêmica em outubro, quando foi mostrada a destinação dos quiosques abandonados, seguida do anúncio de demolição, feito pelo prefeito Alcides Bernal. No último dia 21, a Cidade foi aberta para a Festa das Nações Maçônicas, que já confirmou segunda edição. O local passou por reforma que incluiu a restauração dos chalés, como um adiantamento para o dia 12.

Já nas ruas, a decoração vai deixar de lado a avenida Afonso Pena e a rua 14 de Julho, que tradicionalmente eram enfeitadas na época Até o momento, a prefeitura diz que as luzes de Natal serão concentradas em pontos. A Morada dos Baís e a frente do Paço Municipal já estão certos, mas outros locais aparecem entre as opções: Mercadão e Praça Ari Coelho.

“Não vamos ter decoração nas ruas e sim em pontos da cidade, mas a maior parte vai estar na Cidade do Natal”, afirmou Cabral.




Nossa cada dia que passa sinto mais saudades de Minas Gerais, se pudesse ia embora de Campo Grande hoje.
 
RAFAEL DE SOUZA MIRANDA em 27/11/2013 13:54:02
Ou legal agora temos uma cidade do natal climatizada.. gostei muito mesmo... parabéns...
 
fernando cabral de moura em 27/11/2013 13:51:00
MELHOR MAS MUITO MELHOR QUE A CIDADE DO NELSINHO,QUE CUSTOU OS OLHOS DA CARA E FOI FEITA COM MADEIRA DE DEMOLIÇÃO,UM LIXO! PARABENS BERNAL POR SUA OUSADIA!
 
CLODOALDO LEMES DE SOUZA em 27/11/2013 13:50:43
Parabéns Prefeito!!! Acho muito comodo todo ano enfeitar a Afonso Pena e a 14 de julho, isso sem contar que muitas vezes as luzes nem funcionam. A população está acostumada com a mesmice, não aprova mudanças. Temos muitos locais bonitos em Campo Grande onde os turistas poderão estar visitando. Ninguém sai de outro local para ver uma rua ou outra. Do meu ponto de vista não decorava nada e investia na saúde e educação, é disso que precisamos. Uma avenida iluminada não fará diferença nenhuma na minha vida, mais saúde e educação me darão capacitação para viver melhor. Dica para essa população mente vazia. Continue assim Bernal pois muitos criticam por não ter conhecimento do verdadeiro caos.
 
Michelly Gomes em 27/11/2013 13:07:26
#forabernal
 
DENISE FERREIRA em 27/11/2013 12:13:07
deveriam colocar na FUNDAC alguém que realmente entendesse de cultura...
 
gusmão augusto em 27/11/2013 12:05:53
Nossa!! Que Lamentável!!! A população de Campo Grande tem o que realmente merece!! Me sinto triste pelas atitudes desse prefeito... Campo Grande merece muito mais e ser adornada, linda e conquistar turistas!! A Cidade do Natal já era tradição e os turistas adoravam! Se quer decorar pontos específicos é ótimo, mas não deixe de enfeitar as principais ruas da cidade como a Afonso Pena e a 14 de Julho. O povo trocou o PMDB por mudanças, mas ja vai completar 1 ano e nenhuma mudança aconteceu principalmente na saúde que ele tanto criticou na época da campanha! Pra mim quero o PMDB de volta!!
 
Raphael Victor em 27/11/2013 11:35:52
UMA PENA NÃO DECORAR A AFONSO PENA E A 14 A DATA MAIS BONITA DO ANO.MAS FAZER O QUE ELE É O MANDA CHUVAS AGORA SE EU FOSSE ELE NÃO FARIA DECORAÇÃO ALGUMA INVESTIA TUDO EM SAÚDE JÁ QUE NÃO VAI ENFEITAR A AVENIDA PRINCIPAL DA CIDADE REALMENTE DECEPCIONADA COM AS ATITUDES DO BERNAL.
 
Giovana A N Trelha em 27/11/2013 11:01:16
Como que vai fazer uma estrutura de concreto num espaço do Governo Estadual? E que reforma foi essa de 150 mil, que abriu 4 casinhas e apenas pintaram elas. estranho isso.
 
Claudio Portilho Ribeiro em 27/11/2013 10:53:44
O pior é em Três Lagoas que nem decoração de natal tem direito, as ruas não lembram em nada a data festiva, a cidade que não investe nessas datas perdem a tradição e magia natalinas.

 
Rayani Cruz em 27/11/2013 10:43:34
Enquanto ele faz casinha de papai noel climatizada, o SUS está sem luvas, seringas, agulhas... Por favor né prefeito!
 
Bruna Batista em 27/11/2013 09:00:03
É incrível como o povo de Campo Grande é "matuto" e não gosta de mudança! Tradição? Luz de Natal em ruas específicas? Sem falar que a decoração que sempre foi usada até hoje era pífia e digna de cidades do interior! Acho que a preocupação deveria ser com a cultura e o desenvolvimento local e não com decorações natalinas que duram, em média, dois meses! Não é a toa que a capital não evolui! Tudo o que envolve mudança e desenvolvimento, ninguém quer por conta da "tradição"! Eh, interiorzão!
 
Ricardo Boretti em 27/11/2013 08:51:09
Parabens, é uma boa estratégia mas ao mesmo tempo deixar de enfeitar a 14 e a Afonso Pena é uma judiação, uma quebra de tradição de mais de 50 anos, voces podiam fazer ao menos uma concentração de luzes na Afonso Pena da Rui Barbosa até a Calógeras e da 14 da 15 de Novembro até a Rio Branco, só no centrão mesmo, privilegiando a praça da 14, mesmo que a reforma da mesma tenha sido feita na gestão anterior, a praça é um marco de Campo Grande e merece ter iluminação no L formado pela 14 e pela Afonso Pena.
 
maximiliano nahas em 27/11/2013 08:32:31
Já estou em campo grande á 16 anos é vai ser o primeiro natal com cara de semana santa que já passei aqui... tristeza nas rua da cidade,
 
saulo bitencurt em 27/11/2013 08:25:13
PELO AMOR DE DEUS, QUE POBREZA! A GENTE CHEGA NA DATA MAIS BONITA DO ANO, NO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO, E NOSSA CAPITAL NÃO TEM A CAPACIDADE DE SE ENFEITAR, DE ATRAIR TURISTAS, DE TER O ESPÍRITO NATALINO, DE FESTIVIDADE... AFF, QUE SAUDADE DA CIDADE DO NATAL, DA AFONSO PENA TODA DECORADA, COISA MAIS LINDA! DAS PESSOAS ENTUSIASMADAS QUANDO ANDAVAM PELO CENTRO DA CIDADE, PELOS ALTOS DA AFONSO PENA... LAMENTÁVEL PARA CAMPO GRANDE TUDO ISSO, VIU!
 
Silvia Ferreira em 27/11/2013 08:13:06
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.