A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

02/06/2014 07:00

Da maquiagem à unha dá para entrar no clima da Copa sem ser cafona

Paula Maciulevicius
Nos olhos: O azul nos olhos fica bem marcado, seguido do verde e de um amarelo bem mais claro. (Fotos: Marcos Ermínio)Nos olhos: O azul nos olhos fica bem marcado, seguido do verde e de um amarelo bem mais claro. (Fotos: Marcos Ermínio)

Na contagem regressiva para o Mundial, o Lado B, foi pedir ajuda a um profissional para produzir um look que, dê para usar, dentro das cores do Brasil. Se o verde e amarelo vêm com tudo nos cosméticos, na prática ele não deve ficar em evidência. O segredo está nos tons alusivos à bandeira nacional, no degradê das sombras e na discrição das unhas.

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

O maquiador Junior Frankin, de 27 anos, do salão de beleza Morena Mulher, explica que pode usar os tons verde, amarelo e azul deixando subentendido o estilo. “Na verdade, o que se vai fazer é uma releitura do estilo nacional”, afirma.

O azul nos olhos fica bem marcado, seguido do verde e de um amarelo bem mais claro. Neste caso, o preto ganha a função de suavizar a maquiagem e a boca ganha só o nude.

“Aqui eu dei preferência ao azul para fazer o marcado dos olhos, escureci e fui clareando. Mistura amarelo e verde em tons mais discretos e marco bem os olhos com preto, que é o que vai dar suavidade neste momento”, conta. O maquiador adverte para a escolha das sombras. “Ela tem que ter aplicação de brilho, ser mais cintilante, se colocar exatamente dos tons da bandeira, fica muito abstrato”, avisa.

Em verde e amarelo, esmaltes devem ficar nas francesinhas.Em verde e amarelo, esmaltes devem ficar nas francesinhas.
Películas são a aposta para dar um 'up' na produção.Películas são a aposta para dar um 'up' na produção.
A regra para o spray é clara: nunca no topo e sim por dentro, próximo da nuca.A regra para o spray é clara: nunca no topo e sim por dentro, próximo da nuca.

Na hora de preparar o make, como as cores são fortes, deve-se dar preferência primeiro aos olhos e depois à pele. A base, neste caso fica para depois que os olhos já tiverem prontos. É uma dica valiosa para manter a pele limpa e evitar que parte da sombra interfira na cor da base.

O blush precisa seguir o tom de bronze. “Exatamente para remeter à ideia de estar bronzeado, que não deixa de ser uma marca do Brasil”, comenta.

Em 30 minutos, Junior mostrou que é possível usar as cores sem parecer uma fantasia. “Você tem que misturar as cores em degradê, de forma que cada tom vá entrando no outro sem perceber e tem que ser esfumado. Fica agradável e de forma harmoniosa”, detalha o maquiador.

O make exibido já foi feito até em noiva, para deixar claro que se não houver jogo, é possível sim usar a mesma maquiagem em uma formatura, por exemplo. Já para o dia, o azul pode dar lugar ao verde e ser clareado com um dourado, amarelo ou até mesmo branco.

Para inovar mais, Junior aposta nas unhas. As francesinhas vêm com tudo e podem estar sim no verde e amarelo, mas ainda com cautela. “Não tem necessidade de pintar toda a unha e nem de fazer bandeirinhas. A francesinha é a melhor opção, com esmalte nude ou transparente, tem a filha única que pode ter película”, comenta.

A bandeira pode ficar restrita às filhas únicas, que nas películas, colocam aos mãos no clima, mas ainda com descrição.

Nos cabelos, os sprays verde e amarelo podem ser uma opção para brincar com as mechas. O ideal é separar o cabelo como se fosse realmente pintá-lo. “Fazer mechas grossas dentro do cabelo e mais próximo da têmpora e da nuca, de modo que o colorido apareça de acordo com os movimentos, só quando joga o cabelo para frente é que vai conseguir ver”, explica Junior.

A regra para o spray é clara: “nunca no topo, tem que ficar subentendido, não em evidência”, esclarece.

O spray sai dos cabelos com água, até a segunda lavada. Ele pode deixar as mechas um tanto ressecadas e a dica aí é hidratar o cabelo após o uso.

“Tendo uma maquiagem com algum efeito que remete não tem necessidade de colocar a cor da bandeira na roupa. Não vamos pecar no excesso”, pontua o profissional. O que pode é deixar para abusar nas cores se o Brasil chegar à final.

A produção toda, de maquiagem, cabelo e unhas, fica em torno de R$ 170. Só a maquiagem pode sair a partir de R$ 90, mais R$ 60 da aplicação nos cabelos e em torno de R$ 20 as unhas.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.