A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

07/06/2014 11:51

Tradição há 20 anos, Festa do Divino traz folclore de Coxim para Capital

Zana Zaidan
Tradicional em Coxim, Festa do Divino acontece há 20 anos em Campo Grande (Foto: Divulgação)Tradicional em Coxim, Festa do Divino acontece há 20 anos em Campo Grande (Foto: Divulgação)

A cultura de Coxim será trazida para Campo Grande, com muita música, comidas típicas, folclore e fé. Acontece neste domingo (8) a festa do Divino Espírito Santo, a mais tradicional manifestação religiosa da cidade ao Norte de Mato Grosso do Sul. A expecativa é reunir 2 mil pessoas. 

Veja Mais
"Toma aqui uns 50 reais", Naiara Azevedo abre fim de semana eclético
Ludmilla é uma fofa e mostra o que o funk pode ensinar ao nosso sertanejo

Há 20 anos promovidos na Capital, os eventos religiosos e festivos serão realizados no Clube Recreativo Funlec/Cedesc, no bairro Chácara dos Poderes. A comemoração, enraizada na história coxinense há 122 anos, é organizada pelos chamados “festeiros”, escolhidos por sorteio a cada ano.

“Antes, aconteciam em casa, mas a comunidade cresceu, extrapolaram os muros, mas a essência religiosa e a tradição estão mantidas”, conta Wilsomar da Silva, o “Somai”, festeiro deste ano. 

Conforme manda a tradição, a preparação começa antes da festa propriamente dita. Na segunda-feira, aconteceu a troca de bandeiras com os festeiros de 2013, além de orações. Os “Foliões da Bandeira”, conta Somai, é um grupo, normalmente composto por um violeiro, um sanfoneiro e um taroleiro, que passam a acompanhar o Alferes no “Giro da Bandeira”, e passam de casa em casa, comércios e repartições públicas, levando as Bênçãos do Divino e arrecadando prendas e donativos para os dias da Festa.

Em cada etapa, os Foliões entoam uma música com diferentes mensagens – a anunciação da chegada da Bandeira; o agradecimento pela acolhida e hospitalidade; pelas prendas recebidas e a despedida da Bandeira.

Programação - A partir das 8 horas, será servido o bolo quebrador, típico da culinária coxinense. Às 9, o padre Micael Carlos Andrejzwski, da arquidiocese de Coxim, celebra a missa do Divino Espírito Santo. Em seguida, um vídeo mostrará um histórico dos festejos.

A partir das 11 horas, começa o baile, com os grupos Rancho Grande e Pantaneiros, com o famoso churrasco do buraco e o prato empamonado. Também serão servidos doces de abóbora, mamão, caju, doce de leite. O almoço, com tudo incluso, exceto as bebidas, sai por R$ 20 por pessoa.

A festa é finalizada com a escolha da nova comissão de festeiros - Festeiro Mor, Capitão do Mastro e o Alferes da Bandeira – que tomam posse e, com a família, passa a conduzir os preparativos para a Festa do Divino de 2015.

O dia do Divino Espírito Santo cai no Domingo de Pentecostes, celebrado 50 dias após o Domingo de Páscoa.

O Clube Recreativo Funlec/Cedesc fica na rua Água Azul, 849, no Jardim Veraneio.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.