A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

30/06/2016 06:10

Hotel Angeluz para idosos prioriza o bem-estar de seus hóspedes

Informe Publicitário
O Angeluz fica na Rua Antônio Abdo, 200, no Taveiropolis - Foto DivulgaçãoO Angeluz fica na Rua Antônio Abdo, 200, no Taveiropolis - Foto Divulgação

Durante as festas juninas, as bandeirinhas e os balões enfeitam a área externa do Angeluz, Hotel Residência para Idosos. A decoração foi pensada pelos profissionais do espaço como uma forma de tornar ainda mais alegre o cotidiano dos pacientes do local, a maioria com necessidade de manter um tratamento médico constante, principalmente de Alzheimer.

O hotel residência foi criado há seis anos pelos irmãos Sidney Peralta Júnior e Karen Colombo, ao lado da mãe, Ana Maria Colombo Peralta e do pai Sidney Ramão Peralta. O sonho era antigo e se tornou uma necessidade de mercado ao analisar a carência de espaços como este, que ofereçam qualidade de vida a idosos. “Em 2020, o Brasil será um país mais velho. As estatísticas mostram esse declínio na idade da população e Campo Grande será uma das principais cidades com um grande número de idosos, perdendo apenas para São Paulo e Rio de Janeiro”, afirma Sidney Peralta.

Fonoaudióloga realiza tratamento em vários pacientes (Fotos: Marcos Ermínio)Fonoaudióloga realiza tratamento em vários pacientes (Fotos: Marcos Ermínio)
Arte terapia também faz parte do dia a dia da casaArte terapia também faz parte do dia a dia da casa

O Angeluz oferece um atendimento diferenciado, que busca a qualidade de vida por meio de atividades diárias acompanhadas de fisioterapeutas, nutricionistas, técnicos em enfermagem, professor de educação física e fonoaudióloga. Ao todo são 20 profissionais especializados no tratamento de idosos, principalmente com casos de Alzheimer e Parkinson. “Os pacientes tem fisioterapia três vezes na semana, acompanhamento de uma nutricionista para uma melhor alimentação e uma fonoaudióloga duas vezes na semana”, explica Karen.

A empresa patrocina o aperfeiçoamento de todos os profissionais que trabalham no local. “Nós desejamos sempre que o nosso pessoal cresça profissionalmente por meio do estudo e da qualificação, por isso oportunizamos a participação em congressos e cursos. Isso reflete na qualidade do serviço que a empresa oferece”, acredita Sidney Peralta.

A enfermeira responsável pela equipe, Laurigia Dantas Simões, por exemplo, é especialista em atendimento de urgência, emergência e no tratamento de Alzheimer. Com investimento da Angeluz, ela acabou de retornar do Congresso Internacional de Geriatria e Gerontologia, realizado em Fortaleza no mês de junho.

“Foram abordados todos os tipos de doenças na terceira idade, desde a demência até o Alzheimer. Neste congresso foi exposta a importância dessas casas institucionalizadas para a reabilitação desses pacientes, que precisam muito de uma rotina e da aplicação de um medicamento na hora certa. Isso faz muita diferença na qualidade de vida deles”, aponta Laurigia.

Os proprietários Sidney, Karen e Ana Maria no AngeluzOs proprietários Sidney, Karen e Ana Maria no Angeluz
Enfermeira responsável é graduada em geriatria Enfermeira responsável é graduada em geriatria

Além do atendimento de enfermagem, a fisioterapia e a fonoaudiologia são extremamente importantes no alcance da qualidade de vida. Alguns pacientes que tem dificuldade de se alimentar por meio de comidas sólidas devido a uma disfagia, por exemplo, apresentam melhoras em duas sessões de eletro estimulação para deglutição. “O paciente pode desenvolver a disfagia por vários motivos, de derrame a Alzheimer, então o tratamento é muito eficaz para a melhora da alimentação. O tratamento evita ainda que ele tenha pneumonia ou até use uma sonda nasal”, indica a fonoaudióloga Karla Nantes.

Nada disso teria um resultado tão positivo na vida dos idosos se não fosse acompanhado de carinho e bem-estar. Todos recebem visitas diárias e realizam passeios acompanhados pelos profissionais a feiras do bairro e na praça poliesportiva Elias Gadia. “Na feira, eles escolhem as frutas e verduras que vão consumir, pagam, conferem o troco, fazem tudo. Queremos que eles se sintam úteis, participem do funcionamento da casa. Nas quintas-feiras há culto ecumênico. Tentamos tornar o ambiente o mais confortável possível para eles”, diz Ana Maria Colombo Peralta, uma das proprietárias do espaço.

O apoio da família também é primordial. As visitas são liberadas todos os dias e ainda há um sistema de segurança de câmeras onde os familiares podem acompanhar 24 horas o paciente atravez do site do hotel: www.hotelangeluz.com.br

O Angeluz fica na Rua Antônio Abdo, 200, no Taveiropolis. Informações pelo telefone (67) 3331-0155.

Acompanhe o Angeluz nas redes sociais - Instagram e Facebook.

imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.