A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

10/02/2015 06:45

Battlefield: Hardline inova a franquia sem perder a qualidade de sempre

Edson Gody
Battlefield: Hardline inova a franquia sem perder a qualidade de sempre

A franquia Battlefield sempre foi sinônimo de jogo multiplayer de qualidade. Mas tudo indica que a série ganhará uma nova face com a nova versão do game, Battlefield: Hardline, com lançamento previsto para 17 de março. A nova softhouse responsável pela série, a Visceral Games, decidiu investir também no modo história do jogo, que tem aquela cara de série de TV policial. Mas tudo isso sem deixar o multiplayer de lado, que continua com excelente qualidade e com inovações interessantes.

Veja Mais
Last Guardian e Mario Maker no 3DS puxam lançamentos de dezembro
Dos três modelos da linha PlayStation 4, qual se encaixa melhor para você?

Ao contrário dos títulos anteriores, Hardline não envolve exércitos, seja na segunda guerra como no início da franquia, como nas guerras modernas utilizadas nos últimos jogos da série. O game se passa em um ambiente urbano, onde a disputa fica entre policiais e bandidos (Counter Strike vêm bastante à mente aqui...). No modo história, o game trará um enredo bem ao estilo das melhores séries de TV policiais americanas, trazendo inclusive aqueles takes onde são mostradas cenas do capítulo anterior (Alan Wake veio à mente aqui...). O personagem principal do jogo é um policial americano de origem latina trabalhando na cidade de Miami. A partir daí se desenrolam história e os problemas que você terá que enfrentar no game.

Trata-se de uma grande evolução para a franquia nesse ponto, pois gradativamente ela foi recebendo mais atenção ao seu modo história “single player”, oferecendo ao game muito mais do que o tradicional multiplayer. E tudo indica que esse modo será bastante imersivo, pois a forma de narrativa utilizada, que faz essa mistura de trabalho cinematográfico com game, deve prender com sucesso a atenção do jogador.

Já no modo multiplayer, a qualidade rotineira da franquia está mantida, porém com algumas diferenças. A começar pelos cenários, que são menores que os tradicionais mapas dos games anteriores. Como não se trata de um cenário de guerra, essa mudança não atrapalha em nada a diversão com o game. Apenas em algumas batalhas com veículos essa redução de tamanho pode influenciar um pouco negativamente, tornando o jogo um pouco repetitivo.

Já a velocidade do game dividiu opiniões. Durante as pesquisas que fiz para escrever esta matéria, vi gente reclamando que a movimentação do game ficou mais lenta, da mesma forma que vi gente falando que ficou mais rápida. Particularmente não senti tamanha diferença nem para mais e nem para menos, o que é bom, considerando a qualidade que a franquia sempre teve no quesito jogabilidade.

Ainda no multiplayer, além de modos tradicionais como o “conquista”, onde se tem que dominar posições inimigas para vencer, foram criados também alguns modos bem no estilo “polícia e ladrão”, como o “Hotwire” (ligação direta), que é basicamente uma variação do modo conquista, com a diferença que ao invés de posições no mapa, você precisa conquistar/roubar carros, e também um modo (Bank Job) onde você tem que roubar um banco, ou se jogar no papel da polícia, impedir que esse roubo aconteça.

Pelo beta do game que foi disponibilizado esse mês e por essas informações que obtivemos sobre o modo história, tudo indica que a Visceral Games (famosa pela série Dead Space) será bem sucedida nessa sua primeira tentativa no universo Battlefield. Agora você, proprietário de um Playstation 3, 4, Xbox 360, One ou PC, pode aguardar ansioso o dia 17 de março. Que bom que o beta está aí para já ir matando a vontade de curtir esse belo jogo.

A coluna de games do Lado B tem o apoio da loja Retro GamersVisite também o meu site, o Video Game Data Base.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.