A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

13/10/2014 06:24

Chá de casa diferente tem chef para ensinar pratos em vez de brincadeiras

Paula Maciulevicius
Chef de cozinha em São Paulo, Bruno Duim, conta que expôs as opções de cardápio e deixou para que a noiva escolhesse. (Foto: Alcides Neto)Chef de cozinha em São Paulo, Bruno Duim, conta que expôs as opções de cardápio e deixou para que a noiva escolhesse. (Foto: Alcides Neto)

Prestes a se casar, a cirurgiã dentista Danielle Startari, de 25 anos, resolveu trocar as brincadeiras de tentar adivinhar o que são os presentes do chá de cozinha por uma aula de Gastronomia. Na teoria, o chá seguiu o protocolo: com lista dos itens de sua preferência nas lojas da cidade e o convite marcando o horário e o local. Na prática, os convidados receberam duas receitas que descreviam os ingredientes e como preparar um risoto e tiras de filé mignon com cebolas carameladas.

Veja Mais
Ex-gerente de fast food vende Nakedtone, além de pizza que é jantar e sobremesa
Com ingrediente mais importante, chef reúne alunos com down para ensinar ceviche

O chá foi realizado neste domingo, no espaço gourmet do prédio onde familiares da noiva moram. Com um chef de cozinha na bancada, os convidados se sentaram em volta para acompanhar passo a passo do preparo. A ideia da aula veio de uma conversa entre um grupo de amigos.

"A gente estava falando que essas brincadeiras já estão ultrapassadas. É uma coisa que acontece em todos os chás e eu queria algo diferente. Como tenho a sorte de ter um amigo que é chef de cozinha e acabou de chegar de um curso em Nova Iorque, escolhi a data em que ele passaria por Campo Grande para fazer", explica a noiva.

Dentista, a noiva Danielle resolveu mudar e deixar as brincadeiras de lado. (Foto: Alcides Neto)Dentista, a noiva Danielle resolveu mudar e deixar as brincadeiras de lado. (Foto: Alcides Neto)

Sem muita aptidão na cozinha, Danielle pensou que como a maioria das convidadas são casadas ou estão noivas, a aula seria uma forma de confraternizar e também ensiná-las para repetir em casa.

"É uma coisa legal e útil. Ele vai explicar os segredos do risoto e como comer não só com o paladar, mas também com os olhos e como montar um prato", descreve a dentista.

Chef de cozinha em São Paulo, Bruno Duim, conta que expôs as opções de cardápio e deixou para que a noiva escolhesse. "Como é para um casamento, precisa ser pensado o que o marido ou a mulher gostam de comer. É inusitado, é a primeira vez que faço isso", comenta.

O menu para a tarde foi risoto de dois queijos, tiras de filé mignon com cebolas carameladas e molho de mostarda Dijon. "São várias etapas, mas é fácil. Qualquer pessoa que não tem noção cozinha consegue acompanhar", afirma o chef.

Com um chef de cozinha na bancada, os convidados se sentaram em volta para acompanhar passo a passo do preparo. (Foto: Paula Maciulevicius)Com um chef de cozinha na bancada, os convidados se sentaram em volta para acompanhar passo a passo do preparo. (Foto: Paula Maciulevicius)

Na primeira explicação às alunas, Bruno Duim ensina que a base de um bom risoto é o fundo e que se tratando de um de queijo, ele optou por usar legumes. "O que dá o gosto do risoto é o fundo, muita gente faz e só coloca água, mas isso não agrega sabor", argumenta. O fundo a que se refere é a água seja dos legumes ou do caldinho industrializado que será a base para o cozimento do arroz arbóreo.

Os legumes da receita eram: cebola, cenoura, alho e salsinha. No geral, dependendo da proteína do risoto, o fundo pode ser de aves, peixes ou carnes.

"Faço com arroz arbóreo e para finalizar, uso creme de leite e os queijos. Esta será a minha proteína, mas risoto é uma coisa muito ampla", comenta.

O tempo médio do preparo da receita é de 40 minutos. Com a receita em mãos, é a hora de começar o chá na beira do forno e fogão. As duas opções serve de duas a três porções.

Risoto levou legumes como fundo na hora de cozinhar o arroz arbóreo. (Foto: Alcides Neto)Risoto levou legumes como fundo na hora de cozinhar o arroz arbóreo. (Foto: Alcides Neto)

Para o risoto de Dois Queijos

Ingredientes
60g de cebola ralada
4 dentes de alho ralado
60g de manteiga
120g de arroz arbóreo
700ml de fundo de legumes quente (dividido em três porções)
150g de queijo parmesão
150g de queijo mussarela
200g de creme de leite
200ml de vinho branco
sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Refogue a cabelo e o alho na manteiga até que esteja macia e translúcida, em 6 a 8 minutos;
Adicione o arroz e misture bem para revesti-lo com a manteiga;
Coloque o vinho branco e deixa parte do álcool evaporar;
Acrescente o fundo e cozinhe, mexendo constantemente, até que o arroz tenha absorvido o líquido;
Repita a operação mais 2 vezes, deixando que cada porção de fundo seja absorvida antes de acrescentar a outra;
Cozinhe o arroz até que esteja al dente e a maior parte do líquido absorvida;
E por último, acrescente os queijos e o creme de leite, mexa bem para que incorpore por completo

Tiras de filé mignon completaram o cardápio com tempero a gosto. (Foto: Alcides Neto)Tiras de filé mignon completaram o cardápio com tempero a gosto. (Foto: Alcides Neto)

Tiras de Filé Mignon com cebolas carameladas e molho de mostarda dijon

Ingredientes

2 a 3 medalhões de Filé Mignon
4 dentes de alho ralado
3 cebelos em rodelas grandes
200ml de creme de leite
60g de mostarda dijon
100g de manteiga
150ml de shoyu
50g de açúcar
50ml de óleo
sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Tempere o filé com sal e pimenta a gosto e serve;
Para o molho: em uma panela doure o alho ralado com a cebola na manteiga por aproximadamente 1 minuto, adiciona e mostarda dijon, depois o creme de leite, tempere com sal e pimenta a gosto e reserve;
Para as cebolas carameladas: Coloque o açúcar para "caramelizar", em seguida adicione o alho com as cebolas em rodelas e deixe por 2 minutos. Coloque o shoyu e deixa as cebolas caramelizando por alguns minutos, sal e pimenta a gosto.
Sele o filé igualmente dos dois lados por 1 a 2 minutos, termine o processo de cozimento em forno à 180°C entre 5 a 8 minutos.

Depois de pronto, o chef explica que é só colocar as cebolas sobre o filé, despejar por cima o molho e servir. O resultado, além de apetitoso, serve de inspiração para outras noivas fazerem o mesmo no chá de cozinha. A aula foi servida depois em combuquinhas às alunas.

O resultado, além de apetitoso, serve de inspiração para outras noivas fazerem o mesmo no chá de cozinha. (Foto: Paula Maciulevicius)O resultado, além de apetitoso, serve de inspiração para outras noivas fazerem o mesmo no chá de cozinha. (Foto: Paula Maciulevicius)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.