A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

03/12/2015 06:34

Com paella aos domingos e menu especial, casa tem culinária espanhola

Naiane Mesquita
O Jamón Ibérico, mais conhecido como Pata Negra, é um presunto famoso espanhol e a inspiração para o nome da casa. (Foto: Gerson Walber)O Jamón Ibérico, mais conhecido como Pata Negra, é um presunto famoso espanhol e a inspiração para o nome da casa. (Foto: Gerson Walber)

A decoração é intimista, com mesas de seis lugares e sofás espaçosos. O toque espanhol fica por conta dos xales bordados com flores delicadas e franjas que caem no manequim. No Pata Negra – Gastrobar Y Tapas Español, as prioridades são o contemporâneo na arquitetura e o tradicional no menu.

Veja Mais
Bar serve comida alemã e cliente ainda pode conhecer fábrica de cerveja
Mistura de peruana com oriental, tendência para 2017 é cozinha que une 2 países

Restaurante investe na gastronomia espanhola. (Foto: Gerson Walber)Restaurante investe na gastronomia espanhola. (Foto: Gerson Walber)
Pan Tumaca Tradicional com tomate com Jamón Ibérico ou presunto Pata Negra. (Foto: Gerson Walber)Pan Tumaca Tradicional com tomate com Jamón Ibérico ou presunto Pata Negra. (Foto: Gerson Walber)

A combinação surgiu dos sócios, a arquiteta Kamala Escalante, 40 anos, e o chef Joaquin Diez Villanueva, 35 anos. Os dois, que além de dividirem o negócio, também são casados, decidiram abrir um local que valorizasse a gastronomia espanhola, a terra natal de Joaquin, que nasceu na cidade de León, no velho continente.

“Eu cozinho desde os 12 anos, sempre tive um interesse pela cozinha e muitos amigos que trabalhavam com gastronomia, mas como proprietário, essa é a primeira vez”, afirma o chef.

O talento na gastronomia é de casa. “Minha avó cozinhava muito bem, minha tia também. Lembro que eu comecei a cozinhar sozinho, porque minha mãe me proibia de chegar perto do fogão e como a maioria das coisas que as pessoas proíbem, era a primeira ação que fiz quando ela saia de casa e me deixava sozinho. Eu comia antes de ela chegar pra não descobrir que eu havia cozinhado”, ri Joaquin.

Ambiente foi decorado por uma das sócias, a arquiteta Kamala Escalante. (Foto: Gerson Walber)Ambiente foi decorado por uma das sócias, a arquiteta Kamala Escalante. (Foto: Gerson Walber)

Das experiências em casa até o Brasil foram alguns anos. Morando em Campo Grande desde 2009, o desejo de abrir o restaurante surgiu aos poucos, por influência dos amigos e da esposa, Kamala.

“São tapas elaboradas e pratos elaborados. Queremos mostrar a gastronomia espanhola e a forma como o espanhol se alimenta, sempre aos poucos, em pequenas porções e com o vinho como acompanhamento”, afirma Kamala.

Para a arquiteta, o bar e restaurante preenche uma lacuna que existia no cenário gastronômico de Campo Grande. “Pensamos em algo contemporâneo, sem o exagero, que se assemelha aos bares de lá. É como quando você visita um bar brasileiro fora do país e vê várias bandeiras do Brasil e muitos elementos, não é assim um restaurante verdadeiramente brasileiro”, exemplifica.

Kamala Escalante investiu nos xales tanto na inauguração quanto na decoração da casa. (Foto: Gerson Walber)Kamala Escalante investiu nos xales tanto na inauguração quanto na decoração da casa. (Foto: Gerson Walber)

No cardápio, o destaque é para o Pata Negra, um presunto ibérico especial e famoso no país. Em tábuas, as fatias de presuntos de diferentes sabores variam de R$ 34,90 até R$ 69,90. Para abrir o apetite, a entrada também é um dos destaques é o Pan Tumaca Tradicional, com tomate ou Jamón Ibérico (Pata Negra). O preço do simples é de R$ 7,50 enquanto o com presunto sai por R$ 16,50.

Nos tapas, há saladas e tortilhas e nos pratos principais, a Paella de Mariscos, por R$ 59,90, um filé mignon ao Solomillo com Vinho Tinto, por R$ 69,90 e um bacalhau com Pisto Manchego, que seria o peixe acompanhado com legumes. O prato serve duas pessoas e custa R$ 74,90.

O corredor que dá acesso ao bar fica ao lado da livraria Le Parole. O corredor que dá acesso ao bar fica ao lado da livraria Le Parole.
Restaurante tem sofás e  investe no conforto. Restaurante tem sofás e investe no conforto.

Um dos diferenciais do restaurante será para os almoços de domingo. O local abrirá com um preço fixo, de R$ 74,90, com entrada de tortilha e batata, o prato principal de Paella e um sobremesa, que neste domingo (6), será o Creme Catalana, uma espécie de pudim, com cobertura de açúcar caramelizado. “É necessário quebrar o açúcar para chegar ao creme”, define Joaquin.

O horário de funcionamento será às quintas, sextas e sábados, das 19 horas às 1h da manhã. Aos domingos o local terá dois horários de almoço, das 11h às 13h e das 13h às 15h. O Pata Negra fica na rua Euclides da Cunha, 1126. Informações pelo telefone (67) 9325-6336 ou pelo site www.patanegragastrobar.com.

Pata Negra começa a funcionar a partir de hoje (Foto: Gerson Walber)Pata Negra começa a funcionar a partir de hoje (Foto: Gerson Walber)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.