A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

02/05/2016 06:15

Sonhos de família que viaja pelo País fazem sucesso há 10 anos em Campo Grande

Thailla Torres
Com saborosos recheios de creme, doce de leite e goiabada, os sonhos fresquinhos é o que faz sucesso no mesmo lugar. (Foto: Fernando Antunes) Com saborosos recheios de creme, doce de leite e goiabada, os sonhos fresquinhos é o que faz sucesso no mesmo lugar. (Foto: Fernando Antunes)

Há 10 anos a cena se repete na Avenida Tamandaré. Durante a manhã, Ellen Cristina Simões, de 28 anos, abre o guarda-sol e monta a mesa para começar a vender sonhos. Com saborosos recheios de creme de baunilha, doce de leite e goiabada, eles são fresquinhos, justamente o que faz sucesso no mesmo lugar e já fidelizou inúmeros clientes. 

Veja Mais
Aproveitando época da guavira, chef ensina petit gâteou e brownie da fruta
Hamburgueria K Burguer traz deliciosas novidades

O que ninguém imagina é que os sonhos da família Simões já rodaram várias cidades do Brasil. O bolinho frito e recheado é uma tradição familiar, passada por gerações.

Atualmente a família se dedica exclusivamente na produção do doce. O local onde fica Ellen é uma via movimentada e em poucas horas pessoas que passam a pé, de carro ou vizinhos que já conhecem o doce, fazem a famosa paradinha para a escolha do sonho.

"Quem não conhece, chega rapidinho e pega. Mas tem cliente que há anos compra com a gente e pelo carro eu já até sei o sabor. É só encostar que eu coloco na sacolinha. Tem gente que leva pra família toda no fim de tarde", explica Ellen que está no ponto há 2 meses.

Ellen está há 2 meses ajudando a família na venda de sonhos. (Foto: Fernando Antunes) Ellen está há 2 meses ajudando a família na venda de sonhos. (Foto: Fernando Antunes)

Ela conta que começou vender sonhos para o pai na Avenida Tamandaré há cerca de 2 meses. Antes, quem vendia era a tia Ivani Simões. A tia ficou no mesmo lugar vendendo por cerca de 9 anos, mas em 2016 decidiu voltar para a terra natal em Porto Velho, capital de Rondônia.

Enquanto Ellen vende, o pai Amauri Simões, de 47 anos, e a mãe dela ficam em casa, na Vila Popular, organizando a produção do dia seguinte.

Amauri explica que são feitos cerca de 200 sonhos por dia e todos são vendidos. "Eu não sei fazer outra coisa, me sinto bem fazendo sonhos e gosto muito do meu trabalho e ser o meu patrão", diz orgulhoso.

Durante uma venda e outra, Ellen relata ao Lado B que a tradição de fazer sonhos veio do tempo da avó. "Minha avó ensinou os meus pais e meus tios a fazerem. Desde pequena lembro da família trabalhando com isso e sei que eles gostam de viajar".

Ela chegou em Campo Grande quando tinha 18 anos, na companhia da família. Hoje, além do pai e da mãe, há primos que também trabalham na produção de sonhos em outras regiões da cidade.

A vontade de todos era passsar por vários estados levando os doces que ela diz fazerem sucesso pela dedicação e amor inclusos na receita. "Já passamos por Cuiába, Curitiba, Porto Velho e Manaus", lembra. 

Mas foi em Campo Grande, onde até então seria uma parada temporária, que eles acabaram criando raízes. Hoje Amauri mora com a esposa, a filha Ellen e os netos, e garante que aqui foi o lugar que todos se sentiram melhor. "Eu me apaixonei pelo clima daqui. Em cada lugar, geralmente tinha um período difícil, aqui nós vendemos todos os dias", comemora Amauri.

A filha reforça: "Aqui foi o lugar que mais gostamos e não temos previsão de sair" afirma Ellen.  

A barraca de sonhos fica na Avenida Tamandaré, s/n, próximo a rua Fernando de Noronha no Vila Planalto. E o atendimento é de segunda a sexta, a partir das 11h30. 

Curta a página do Lado B no facebook. 

A família vende de segunda a sexta. (Fotos: Fernando Antunes) A família vende de segunda a sexta. (Fotos: Fernando Antunes)
Com sabores de dar água na boca. Com sabores de dar água na boca.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.