A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

06/05/2013 08:11

Aventureiros fazem trilha em área de preservação ambiental do Guariroba

Viviane Oliveira
Pelo menos 4 mil quilômetros da vegetação nativa em volta da mata ciliar está devastada. (Foto: Marcos Ermínio)Pelo menos 4 mil quilômetros da vegetação nativa em volta da mata ciliar está devastada. (Foto: Marcos Ermínio)

O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito civil para apurar uma denúncia de dano ambiental na área do córrego Tocos, afluente do Guariroba, que fica na saída para Três Lagoas, a 58 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Em pleno século XXI, cerca de 20 mil casas usam água de poço na Capital
Prefeitura vai pagar bônus a sitiantes que preservarem córrego Guariroba

Desde 2008 a promotoria em defesa do meio ambiente faz um trabalho de recuperação do APA (Área de Preservação Ambiental) do Guariroba junto com funcionários e fazendeiros da região.

A denúncia feita por moradores alerta que nos finais de semana um grupo de aventureiros, que acampam no local, fazem trilhas com jipes, motos e triciclos dentro da área de preservação ambiental, que está virando pista de motocross. Pelo menos 4 mil quilômetros da vegetação nativa em volta da mata ciliar, que protege os cursos de água do assoreamento, está devastada. Marcas de pneus dos veículos são visíveis no local.

O caseiro Lorivaldo Porcinio de Araújo, de 47 anos, conta que trabalha em uma fazenda na região há 13 anos e que de uns tempos para cá o número de trilheiros no local vem aumentando. “Eles vem em busca de aventura” disse.

Lorivaldo relembra que quando começou a trabalhar na fazenda só gado passava no “corredor”, que dá acesso as propriedades rurais. “Hoje já mudou bastante aqui”, desabafa.

Depois da denúncia anônima, o MPE enviou ofício para a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) ir até a região para tomar as devidas providências caso o problema for identificado pelo órgão.

“Todo fim de semana tem um grupo deles aqui. O ruim é que aos poucos eles vão acabando com a vegetação em volta da mata”, conta um funcionário, de 66 anos, que pediu para não ser identificado.

A Área de Proteção Ambiental do córrego Guariroba foi criada em 1995. Ela ocupa uma área de 360 km². O Guariroba é o manancial mais importante da Capital, sendo responsável por cerca de 50% da água que abastece Campo Grande e pode ser acessada por meio da BR-262.

A água retirada dele é levada para a estação, onde passa por tratamento que inclui fases de decantação da sujeira, filtragem e adição de cloro e flúor. Depois disso, a água vai para reservatórios e é distribuída pela rede de abastecimento.

A marca no local de marcas de pneus dos veículos é visível. (Foto: Marcos Ermínio)A marca no local de marcas de pneus dos veículos é visível. (Foto: Marcos Ermínio)
Vegetação nativa, que fica em volta da mata ciliar. (Foto: Marcos Ermínio)Vegetação nativa, que fica em volta da mata ciliar. (Foto: Marcos Ermínio)



tenho certeza que se for paga imposto do local pra anda, dai eles liberão.
""nós sempre seremos escravos do sistema""
 
Diego A Goncalves Leal em 06/05/2013 18:39:16
Sacanagem hein... o povo vai pra ficar perto da natureza... praticar um esporte que nao prejudica ninguem, ai o MPE quer axar algo de impecilio ali.. pelo amore de deus hein. Concordo plenamente com Viralama onde que o MPE estava quendo contruiram ali na frente do shopping, eu sei eles estavam enchendo o bolso de grana. Na hora de embargar shows e proibir coisas legais que a população quer eles são numero um em fazer isso, mas me pergunto se o MPE investiga o plenario, a camara, o grandes empresario... CHUPA ESSA MANGA AGORA..........
 
William silva em 06/05/2013 11:56:34
Adrenalina, mano!
A reclamação geral é que CG não tem opções de lazer e por isso reclamam das posições do MPE sobre a proibição de shows, combate a devastação do meio ambiente, inclusive da mantenedora do abastecimento de água da cidade, etc..
 
ricardo rodrigues em 06/05/2013 10:16:38
O ser despresível quem faz isso. Não deve ter conciência nenhuma, falta de responsabilidade total. Pode prejudicar muita gente.
 
jose carlos em 06/05/2013 09:22:04
Viralama Trilheiros OUTRA COISA: ALGUÉM SABE QUE AQUI EM CAMPO GRANDE, ONDE A PLAENGE CONSTRUIU CONDOMÍNIOS DE LUXO, NA CHÁCARA CACHOEIRA, PRÓXIMO AO SHOPPING, EXISTEM VÁRIAS NASCENTES DE ÁGUA? ONDE ESTAVA O MP NA HORA DA CONSTRUÇÃO DESSES EMPREEDIMENTOS? CHEGA DE HIPOCRISIA!
 
VIRALAMA TRILHEIROS em 06/05/2013 09:02:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions