A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

28/09/2016 13:15

Fiscalização em lago de usina solta 50 kg de peixes e apreende 1,5 km de redes

Adriano Fernandes
Foram apreendidos também 1.500 metros de redes de pesca armadas no lado da usina.(Foto: Divulgação PMA) Foram apreendidos também 1.500 metros de redes de pesca armadas no lado da usina.(Foto: Divulgação PMA)

Cerca de 50 quilos de peixes que estavam presos às redes de pesca colocadas ilegalmente no lago da usina Sérgio Motta, no rio Paraná, entre os os municípios de Bataguassu e Anaurilândia foram soltos durante fiscalização da PMA (Polícia Militar Ambiental), na madrugada desta quarta-feira (28).

Veja Mais
Urnas eletrônicas começam a ser entregues para votações de domingo
Dia das Crianças vai movimentar R$ 146 milhões com R$ 119 por presente

Além da soltura do pescado foram apreendidos também 1.500 metros de redes de pesca armadas no lado da usina. Os pescadores fugiram ao ver a movimentação dos policiais.

O uso de petrechos de pesca nos lagos das Usinas Hidrelétricas do Rio Paraná é permitido apenas para pescadores profissionais, devidamente identificado e com redes que tenham malhas a partir de 140 milímetros.

Quando não respeitadas essas especificações a prática é considerada crime ambiental. A legislação só permite no máximo 100 metros de redes armadas, localizadas pelo menos, a 150 metros de distância uma da outra.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions