A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

12/09/2014 17:07

Prefeitura terá serviço móvel de conscientização ambiental

Liana Feitosa e Alan Diógenes
Prefeito diz que administração anterior interrompeu todas as iniciativas voltadas para a preservação ambiental. (Foto: Marcos Ermínio)Prefeito diz que administração anterior interrompeu todas as iniciativas voltadas para a preservação ambiental. (Foto: Marcos Ermínio)

Um veículo adaptado irá percorrer Campo Grande para desenvolver trabalhos de conscientização ambiental. A iniciativa - da prefeitura, por meio da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) - faz parte de projeto de Educação Ambiental Itinerante e foi lançado hoje (12) na Vila Popular. Segundo o prefeito Gilmar Olarte (PP), durante a administração de Alcides Bernal (PP) não foram desenvolvidos projetos na área.

Veja Mais
Mais de 15 mil queimadas são registradas em setembro no país, MS teve 169
De galho em galho, macaquinha vira xodó de moradores no Tijuca

"O governo antigo interrompeu todos os projetos voltados para o meio ambiente. Havia uma van destinada ao Centro de Educação Ambiental Odilza Fernandes Bittar, mas, no governo anterior, desviaram essa van para atender a saúde", conta Olarte. Segundo o prefeito, o MPE (Ministério Público Estadual) interferiu na questão e, quando ele assumiu a administração da cidade, decidiu retomar o trabalho da van.

A van, equipada com projetor e som, vai visitar escolas e universidades públicas e privadas para realizar diversas atividades voltadas à educação ambiental. De acordo com Antônio Carlos Silva Sampaio, coordenador do CEA (Centro de Educação Ambiental) Imbirussu, as iniciativas serão desenvolvidas por funcionários desse centro e terão foco em crianças, principalmente aquelas que estão em idade escolar.

O CEA - "Desenvolveremos um trabalho voltado para as crianças, promovemos atividades que ensinam como fazer o descarte correto do lixo, como economizar os recursos hídricos. Essa é uma educação ambiental voltada para a sustentabilidade", explica. "Com esse programa, os alunos saem da sala de aula e veem na prática o desenvolvimento da sustentabilidade", completa.

Para isso, apresentações musicais, teatrais e culturais serão realizadas em bairros, escolas e associações de moradores com o objetivo de levar informações sobre reciclagem, poluição, sustentabilidade, preservação ambiental. "A ideia é mudar o paradigma e ajudar aquela pessoa que já é adulta através das crianças", afirma Antônio Carlos.

Para ele, o público adulto tem mais dificuldade de modificar o pensamento e adotar hábitos sustentáveis. Já a criança, quando aprende desde cedo o que pode fazer pelo meio ambiente, se torna um adulto com práticas adequadas e pode influenciar outros adultos com seus hábitos.

De acordo com o coordenador, a iniciativa tem patrocínio e apoio da Solurb, da concessionária Águas Guariroba, da rede educacional Anhanguera, consórcio Guaicurus, Ong WWF, Semed (Secretaria Municipal de Educação), Semadur (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano) e Unaes (Centro Universitário de Campo Grande).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions