A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

21/06/2011 22:58

Unesco decidirá reconhecimento do Geoparque Bodoquena/Pantanal em 2012

Paulo Fernandes
Governador André Puccinelli recebeu as pesquisadoras nesta terça-feira (Foto: Marcelo Victor)Governador André Puccinelli recebeu as pesquisadoras nesta terça-feira (Foto: Marcelo Victor)

Criado em 2009, o Geoparque Bodoquena/Pantanal pode estar perto de receber a chancela da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Um geoparque, para a Unesco, é uma área de sítios geológicos de especial importância científica, raridade e beleza, que representa uma região e a sua história geológica, eventos e processos.

Representantes da Rede Global de Geoparques, as pesquisadoras Sylvie Giraud, da Alemanha, e Marie Luise Frey, da França, visitaram durante três dias a região do geoparque e conferiram de perto atrativos turísticos como o Buraco das Araras, em Jardim, e a Gruta do Lago Azul, em Bonito. Detalhes da visita são mantidos em sigilo.

Hoje, as pesquisadoras foram recepcionadas pelo governador André Puccinelli e representantes do conselho gestor. “Checamos se os dados que estavam no dossiê eram realidade, assim como as informações que constam no questionário de avaliação das entidades”, disse Sylvie Giraud ao site governamental Noticias.MS.

O próximo passo será elaborar um relatório com todas as informações da visita e encaminhar até o mês de julho para a Unesco. Os dados serão avaliados até o mês de setembro por um grupo de 12 “experts” da Unesco.

“O resultado com o anúncio da deliberação será divulgado no mês de junho de 2012, no encontro da Rede Global de Geoparques, no Japão”, afirmou Giraud.

Se conseguir a chancela da Unesco, o Geoparque Bodoquena/Pantanal será o segundo das Américas e o 58º da rede mundial de geoparques aprovados pela Unesco.

Geoparque pode projetar MS no cenário mundial, diz André
O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou nesta manhã que o Geoparque Bodoquena ...
Quatro cidades de MS estão entre as 100 que mais desmatam florestas
Mato Grosso do Sul tem quatro cidades entre as 100 do país que mais desmataram a Mata Atlântica, entre 2014 e 2015. Corumbá, na fronteira com a Bolív...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions