A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

20/10/2016 17:09

Rose fará em Campo Grande o que Reinaldo faz pelo Estado, diz Aécio

Ricardo Campos Jr. e Mayara Bueno
Márcio Monteiro, Reinaldo Azambuja, Rose Modesto e Aécio Neves; tucanos em plena campanha (Foto: Marcos Ermínio)Márcio Monteiro, Reinaldo Azambuja, Rose Modesto e Aécio Neves; tucanos em plena campanha (Foto: Marcos Ermínio)
Senador Aécio Neves visita Campo Grande nesta quinta em apoio à candidata Rose Modesto (PSDB)  (Foto: Marcos Ermínio)Senador Aécio Neves visita Campo Grande nesta quinta em apoio à candidata Rose Modesto (PSDB) (Foto: Marcos Ermínio)

“Não tenho essa pretensão de virar o jogo eleitoral em Campo Grande. Quem vai fazer isso é a população”, afirmou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) durante visita à cidade nesta quinta-feira (20), em apoio à candidatura de Rose Modesto (PSDB). Para ele, a tucana será capaz de fazer no município o mesmo que Reinaldo Azambuja (PSDB) faz no comando do Governo de Mato Grosso do Sul.

Veja Mais
Citação em delações não indica culpa, diz Reinaldo sobre Aécio
Além de Aécio, Doria e Alckmin também entram na campanha de Rose

O presidente nacional da legenda não economizou elogios ao governo estadual. Disse que a candidata ao segundo turno, caso eleita, “já tem o privilégio e a solidariedade da parceria com um dos governadores mais respeitados do Brasil”.

Além disso, acrescenta que a bancada tucana é a mais influente no Congresso Nacional. “Acho que ela [Rose] vai construir essa aliança, que se inicia com a população, mas também com o governo. Ninguém administra nada sozinho, ainda mais em momentos de dificuldades pelos quais passa o Brasil, sem parceria e sem gestão de qualidade e eficiência”, pontua.

Mato Grosso do Sul, conforme Aécio, foi o estado onde o PSDB mais cresceu proporcionalmente em número de prefeitos eleitos e diz que isso também é reflexo da administração de Azambuja.

“Isso consolida a vitória do governo. É uma consequência da respeitada e bem avaliada administração do estado, daquilo que ele vem fazendo para a sociedade, que aprova a sua conduta também pela sensibilidade que ele tem para estabelecer as suas prioridades”, afirmou o tucano.

O senador lembrou ainda o resultado positivo que obteve em Mato Grosso do Sul nas eleições de 2014, onde obteve 56,33% dos votos válidos. Para Aécio, vir à Capital é uma oportunidade de agradecer a confiança da população local.

Em todo o país, o PSDB tem 19 candidatos no segundo turno. “Essa eleição foi a melhor do partido em desempenho, enquanto o PT teve queda de 50% no número de prefeituras. Eu falo do PT porque sempre foi nosso principal adversário. Das 93 maiores cidades do país, 14 elegeram prefeitos do PSDB, fora as que ainda têm candidatos na disputa”.

O resultado, para Aécio, reflete a firmeza tucana na condução do afastamento de Dilma Rousseff (PT) e ao apoio ao conjunto de medidas do presidente Michel Temer (PSDB), que na opinião dele foi recebido pela população como caminho mais correto para melhorar o país.

Além do senador, visitam Campo Grande os líderes da bancada tucana no Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e na Câmara, Antônio Imbassahy (PSDB-BA).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions