A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

28/10/2011 08:58

Acidente mostra necessidade de semáforo no cruzamento da rua Goiás com a rua da Paz

Francisco Júnior

A motocicleta conduzida pela vítima foi atingida por um veículo Hyndai I30. Com o impacto, condutor sofreu fratura na perna direita

Motociclista sofreu ferimento na perna direita. (Foto: Simão Nogueira)Motociclista sofreu ferimento na perna direita. (Foto: Simão Nogueira)

Claudinei Arce Cardoso, 24 anos, ficou ferido em um acidente ocorrido agora de manhã no cruzamento da rua Goiás com a da Paz, no bairro Jardim dos Estados, em Campo Grande.

A moto conduzida por ele foi atingida por um veículo Hyndai I30. Com o impacto, Cardoso sofreu uma fratura na perna direita e teve que ser levado para a Santa Casa.

A condutora do veículo, que preferiu não se identificar, disse que seguia pela rua Goiás e não viu o motociclista, que seguia pela rua da Paz. “Tinha veículos estacionados próximo do cruzamento. Eu não percebi que ele vinha na outra rua”, contou. No local há um sinal de pare.

Os dois veículos envolvidos ficaram danificados. Por conta do acidente, o trânsito no cruzamento ficou lento.

A condutora relata que se tivesse um semáforo no cruzamento, o acidente poderia ter sido evitado. “Tem escola aqui perto, tem a Unimed. É necessário urgente um semáforo aqui”.

A assistente administrativo Sandra Mara, 46 anos, que trabalha próximo do local onde aconteceu o acidente, conta que já presenciou várias colisões no cruzamento. “Direto tem acidente aqui. Tem crianças que pegam esse acesso para ir à escola que tem na quadra de cima. Tem vários cadeirantes que passam por aqui. Esse cruzamento é perigoso”.

A também assistente administrativo Mara Siriaco, 46 anos, disse que um funcionário da empresa em que trabalha já foi vítima de um acidente no cruzamento. “Ele foi parar debaixo de um carro” contou.




Não teve nada de fatalidade aí, teve sim imprudencia da condutora. Se fosse fatalidade não teria tido outros acidentes, como diz o texto. Não estou defendendo o motociclista, mas se tinha uma placa de PARE, naõ era só pra enfeitar e sim pra parar. Participo das palavras do Roberto: Muito fácil inventar desculpas para encobrir os próprios erros.

 
Thiago Benarrós em 28/10/2011 12:19:33
trabalho nessa região e direto tem acidente mesmo por aqui, em torno da Unimed, cruzamenos da Goiás, Espírito Santo, da Paz... mas é direto mesmo, sem exagero, toda semana. e não há semaforos mesmo...
 
Maria helena em 28/10/2011 12:14:00
Observem que o acidente é tratado simplesmente como sendo uma PERNA fraturada, é só pensarmos um pouco, se a condutora realizou essa "proeza" amanhã, espero que não, óbito, e mais óbito, em sendo assim, fica o alerta, a suplica a todos, respeitem a lei trânsito e principalmente respeitem e aproveitem a oportunidade da VIDA - VIVER.
 
Silva Souza em 28/10/2011 10:43:14
Toda a atenção é importante no transito, esse acidente possivelmente foi uma fatalidade, contudo como disse a condutora do carro se tivesse um semafaro no local, poderia ter sido evitado o acidente. Desejo melhoras ao rapaz da moto, e que os motoqueiros tenham mais cuidados pois tem uns que se acham que são intocáveis>
 
jose carlos em 28/10/2011 09:36:21
Essa condutora tem que assumir o erro e parar de querer culpar a falta de sinalização, tem placa de pare no local, ela deveria ser mais cuidadosa.....
Muito fácil inventar desculpas para encobrir os próprios erros.
 
Roberto Inzagaki em 28/10/2011 09:23:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions