A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

25/03/2012 15:25

Moradores reclamam de excesso de velocidade na Ernesto Geisel

Viviane Oliveira

Moradores atribuem os acidentes a alta velocidade, sinalização, imprudência e falta de iluminação

Erosões ao longo da avenida Ernesto Geisel também contribui com os acidentes de Trânsito. (Foto: Pedro Peralta)Erosões ao longo da avenida Ernesto Geisel também contribui com os acidentes de Trânsito. (Foto: Pedro Peralta)

Depois de dois acidentes em menos de 24 horas, moradores reclamam da falta de sinalização, iluminação e excesso de velocidade na avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, via que liga a região Sul ao Norte e recebe diariamente intenso tráfego de veículos.

A dona de Casa Marivane da Silva, 39 anos, que mora em frente ao estádio Guanandizão há 20 anos, atribui os acidentes a alta velocidade e imprudência dos motoristas.

“Eles acham que porque a avenida é extensa e tem pouca sinalização podem abusar. Aqui deveria receber mais cuidado do poder público, temos tudo de bom neste bairro, só falta tranqüilidade no trânsito e mais policiamento”, reclama Marivane que outro problema também é à criminalidade no local.

Conforme os moradores as erosões ao longo da avenida Ernesto Geisel também contribui com os acidentes de Trânsito.

O pintor Marcelo Vinicius Ferreira, 32 anos, conta que os acidentes são constantes no local. “A noite não tem sinalização. Fica quase impossível alguém ver estas placas de desvio na via.

Ele relata que já viu muito motoqueiro colidir nas manilhas que ficam na beira do asfalto por conta das erosões. “O lugar mais crítico é próximo a avenida Manuel da Costa Lima, cada dia a erosão aumenta mais e a noite fica um breu”, acrescenta.

Para a pensionista Etelvina Moreira Rabelo, 70 anos, mora no bairro há 30, muita coisa mudou neste tempo de moradia na via. Antes era calmo, mas não tinha este progresso que tem hoje, o que está faltando para cada motorista é consciência e respeito com o próximo.

Carro que caiu no córrego ficou com a frente totalmente destruída. (Foto: Pedro Peralta)Carro que caiu no córrego ficou com a frente totalmente destruída. (Foto: Pedro Peralta)
Cedina ficou ferida após derrubar um poste de energia elétrica. (Foto: Simão Nogueira)Cedina ficou ferida após derrubar um poste de energia elétrica. (Foto: Simão Nogueira)

Acidentes - Na manhã deste domingo um caminhão guincho retirou um Uno, de cor azul, que caiu na tarde de ontem no córrego Anhanduí, em frente ao estádio Guanandizão.

De acordo com o proprietário do veículo, o pecuarista Araildo Faustino Barbosa, 66 anos, deixou o carro há 3 dias em uma oficina na Salgado Filho para conserto. “Ontem fui comunicado pelo dono que um funcionário da mecânica tinha sofrido um acidente com o meu carro”, conta.

O veículo foi retirado do córrego na manhã de hoje sem nenhum pneu. “Além de ter ficado com a frente destruída, ainda tiveram coragem de roubar os quatro pneus”, lamenta. No carro estava um casal. Os dois foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e passam bem.

No sábado (24), Cedina Magna da Silva Batista, 27 anos, que conduzia um Corsa, ficou ferida após derrubar um poste de energia elétrica. O acidente também foi em frente ao estádio.

Uma equipe da Guarda Municipal passava pelo local e auxiliou no socorro à vítima e no controle do trânsito. Foram acionados os bombeiros e a Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito). A mulher foi socorrida por populares e levada ao posto de saúde do Guanandi.

Com a queda do poste, a condutora chegou a sofrer choque, conforme o relato dos guardas municipais. Segundo a Ciptran, o veículo seguia no sentido bairro/centro, quando teve um desvio de direção para a direita e bateu no poste.




Esses acidentes não ocorrem por falta de sinalização e sim por desrespeito no transito, excesso de velocidade, passo por essa avenida todos os dias e parece uma pista de corrida.
 
Pedro Matos em 26/03/2012 07:55:30
Me desculpem tds os que culpam os motoristas,mas trafégo sempre pela Ernesto Geisel, e nas imediações do horto florestal antes um pouco, sentido bairro/centro, tem caroços no asfalto que forçam o volante do carro para os lados,se o carro estiver com uma velocidade avançada,o volante pode ser tomado e acabar batendo em outro carro ou caindo no corrego,um alérta ai para a prefeitura.
 
Teresa Moura em 26/03/2012 03:03:30
ATENÇÃO! Para sua segurança utilize a faixa da direita..."Você tem 2 opções nessa via, bater na manilha e destruir o seu carro, pois se não tivesse esse obstáculo você cairia no buraco ou desviar para à direita."

Até quando o assoreamento vai continuar vencendo a batalha contra a Prefeitura de Campo Grande.
 
Luciano Silgueiros em 25/03/2012 07:50:13
Coloca o pessoal da AGETRAN lá 24 horas por dia, até que a prefeitura arrume o local. Simplesmente isso.
 
Orlando Satoshi em 25/03/2012 06:51:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions